conecte-se conosco


Brasil de Pelotas

Sinop e luverdense empatam na primeira partida da semifinal

Publicado

Luverdense e Sinop empataram sem gols, na primeira semifinal do Campeonato Mato-grossense 2018 na noite deste sábado, no estádio Passo das Emas.

As duas equipes criaram várias chances de marcar, porém sem efetividade dos atacantes e mérito também ao goleiro do Galo, Naldo que fez duas grandes defesas em cobranças de faltas.

“Nosso sistema defensivo esteve muito bem e o ataque criou também. O adversário enfrentou um Sinop
Bem postado e não teve êxito. O empate foi justo pelo que as duas equipes jogaram”, disse o goleiro Naldo.

O resultado comemorado pelos comandados de Foiani e pelo grande número de torcedores sinopenses presentes no estádio, das organizadas Galo Doido e Zona Norte.

O jogo de volta será no próximo fim de semana, e novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Escalações

Luverdense: Diogo Silva, Gabriel Passos, Willian, Pablo e Paulinho; Sodré, Lorran e Rubinho; Ariel, Pimentinha e Rafael Silva.

Sinop: Naldo, Everton, Tayron, Hítalo e Gilmar; Duda, João Paulo, Katê (Pity) e Dourado (Maranhão), Cabralzinho (Cajano) e Juazeiro.

Acidente

Dourado teve um dente quebrado e levou dois pontos no Lábio inferior. Foi substituído e levado ao hospital. O lance foi com o Zagueiro Pablo que também levou quatro
Pontos na perna.

Comentários Facebook

Brasil de Pelotas

Técnico vê Brasil-RS com pontuação "segura" e elogia "leitura" da Série B

Publicado

Rogério Zimmermann, técnico, Brasil de Pelotas, Brasil-Pel, Série B (Foto: Jonathan Silva / GE Brasil / Divulgação)Rogério Zimmermann prega cautela na reta final da Série B (Foto: Jonathan Silva / GE Brasil / Divulgação)

No início da disputa da Série B de 2016, o Brasil de Pelotas tinha apenas o intuito de não retornar à terceira divisão do futebol brasileiro. Apesar de desacreditado, o Xavante surpreendeu com uma campanha em que dificilmente ficou abaixo da metade da tabela. Hoje com 45 pontos, está a três do G-4, na oitava colocação, um desempenho considerado ?seguro? pelo técnico Rogério Zimmermann.

Nesta sexta-feira, pela 31ª rodada, vai a Salvador enfrentar o Bahia em uma disputa direta por uma das vagas na primeira divisão. O treinador vê o elenco ?mais tranquilo? nesta reta final de temporada. Por outro lado, o clube ainda toma todas as precauções para evitar euforia antes da hora, pois a permanência na Série B ainda é tratada como ?próxima? e não definitiva.

? Chegar até aqui com uma pontuação segura deixa todo mundo mais tranquilo. Mas quando dizemos ?tranquilo? é sempre querendo o melhor dentro de cada jogo. Recebemos elogios pela maneira que jogamos, pela entrega, pela postura tática. Acho legal chegarmos nesse momento da competição a três pontos do G4. A ideia é sempre a permanência, mas sempre tivemos como referência quem estava na frente, sem deixar ninguém distanciar. Agora está tudo em aberto, nada definido ? destacou Zimmermann em entrevista coletiva.

Com 24 pontos a ser disputados, o Brasil-RS prefere fazer os cálculos mais evidentes, sem contar confrontos direto e retrospectos dos adversários. Como o Bragantino, 17º colocado e primeiro do Z-4, tem 30 pontos e pode chegar a 54, o Xavante estabelece que ainda não está 100% livre do rebaixamento.

? Ainda faltam 24 pontos, e isso faz com que nossa avaliação possa mudar. Mas acho que o Brasil soube fazer a leitura do campeonato. Tudo que aconteceu até aqui nós tínhamos planejado e conseguimos colocar em prática ? comentou Zimmermann.

Brasil de Pelotas treino Salvador (Foto: Reprodução / Facebook / G.E. Brasil)Brasil de Pelotas treinou na quinta-feira em Salvador (Foto: Reprodução / Facebook / G.E. Brasil)

Diante do Bahia, o Brasil não terá o volante Washington, o artilheiro Felipe Garcia e o atacante Elias, todos suspensos. Nem deve entrar na vaga do primeiro, enquanto Nathan, Jonatas Belusso e Marcos Paraná lutam pelas outras duas vagas..

? Sempre que se troca um jogador, se muda um pouco a característica, mas a maneira de jogar continua igual. As opções são muito boas, os jogadores são experientes. Quem entrar, vai jogar no seu devido lugar. Todos merecem chance de começar jogando. Não tivemos nem uma semana para trabalhar, até porque os primeiros treinos depois da volta de Pernambuco (derrota para o Náutico) foram de descanso ? acrescentou o comandante.

>> BAHIA X BRASIL DE PELOTAS – SÉRIE B – 31ª RODADA

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador.
Data e horário: sexta-feira (14/10), às 21h30.
Time provável: Eduardo Martini; Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon (Brock); Leandro Leite, Marcão (Nem), Diogo Oliveira, Nathan e Jonatas Belusso (Marcos Paraná); Ramon.
Desfalques: Washington, Felipe Garcia e Elias.
Arbitragem: Antônio Rogério Batista do Prado, auxiliado por Ricardo Pavanelli Lanutto e Bruno Salgado Rizo (trio paulista).

Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs


Comentários Facebook
Continue lendo

Brasil de Pelotas

"Desafios" jogo a jogo: sem projetar futuro, Brasil enfrenta Sampaio Corrêa

Publicado

Brasil de Pelotas Brasil-RS técnico Rogério Zimmermann (Foto: Divulgação / G.E. Brasil)Time de Rogério Zimmermann venceu Ceará na última sexta-feira (Foto: Divulgação / G.E. Brasil)

A 10 rodadas do fim da Série B, o Brasil de Pelotas ainda flerta com a primeira divisão. Na quinta colocação, a um ponto do terceiro e quarto colocados, o Xavante enfrenta o lanterna Sampaio Corrêa nesta terça-feira, às 21h30, no Bento Freitas. Porém, mesmo que as probabilidades apontem chance quase nula de rebaixamento, o clube se vacina no “jogo a jogo” de qualquer empolgação que possa desviar o foco da temporada: não voltar à terceira divisão.

LEIA MAIS> Maurício Saraiva: um busto para Rogério
> Trintões respaldam “história” do Brasil

De acordo com as estatísticas do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), não existe mais possibilidade de descenso ao Brasil. Por outro lado, estima 31% de chance de chegar à Série A. Direção e comissão técnica trabalham com outra projeção.

? O pensamento é o mesmo, da manutenção na Série B. Vamos ficar tranquilos a partir do momento que quatro equipes não puderem mais nos alcançar na pontuação. Existem maneiras de permanecer. Pode passar todo o tempo na zona de baixo, sempre naquele confronto. E tem essa maneira que a gente está conseguindo, na parte de cima, tendo como parâmetro os times do G-4 ? afirmou o técnico Rogério Zimmermann em entrevista ao GloboEsporte.com.

Brasil de Pelotas Brasil-RS tabela Série B (Foto: reprodução)

? Nós vamos jogo a jogo. Matematicamente, se considerados os campeonatos anteriores, ainda existe a possibilidade (de rebaixamento). Vamos jogar a nossa vida contra o Sampaio Corrêa e nos afastar cada vez mais da Série C. Se pudermos caminhar com cinco quilos nas costas, por que andar com 60? Vamos jogar tudo nos jogadores e comissão técnica? ? acrescenta o vice de futebol Cláudio Montanelli.

O pensamento do Xavante encontra seus exemplos nos campeonatos anteriores. Nos últimos seis anos, a pontuação do 16º colocado ? primeiro fora do rebaixamento ? variou entre os 43 e 48 pontos. Mas na questão do aproveitamento está bem acima: hoje tem 52,4%; os times que se salvaram de 2010 a 2015 tiveram entre 38% e 42% (veja na tabela acima).

Corda esticada

O sucesso do Brasil após 28 rodadas na Série B está no pacto feito entre treinador e jogadores na estreia na competição, em maio, quando venceu o Paraná por 2 a 0 no Bento Freitas. Conscientes de que fazem parte de um grupo inferior às equipes de maior investimento, como Vasco, Bahia, Náutico, Ceará e Criciúma, os atletas compraram a ideia de enxergar cada rodada como um novo desafio, sem maiores pretensões, atuando “no limite”.

Jogar uma decisão 38 vezes é um desafio. O mais difícil é isso. O Brasil não começou a se mobilizar agora. No primeiro jogo, contra o Paraná, lá em maio, fizemos o pacto na primeira partida. Se não fizesse isso lá atrás, talvez hoje estivesse mais difícil estar com essa pontuação
Rogério Zimmermann, técnico

? Para conseguir os resultados, temos sempre que ir no máximo. Se a gente fosse jogar por jogar, não ganharíamos ao natural. Se corrermos um pouco menos, não conseguimos o resultado. Usamos todos os recursos possíveis, treinamentos, alimentação. E os jogadores fazendo tudo ao alcance deles ? exalta Zimmermann.

Recuperado de problema muscular que o tirou da última partida, o lateral-esquerdo Marlon volta à titularidade. Já o zagueiro Leandro Camilo retorna de suspensão e deve entrar na vaga de Teco. Ramon, poupado contra o Ceará, retoma a posição no ataque.

>> BRASIL DE PELOTAS X SAMPAIO CORRÊA – SÉRIE B – 29ª RODADA

Local: Bento Freitas, em Pelotas.
Data e horário: terça-feira (04/10), às 21h30 (horário de Brasília).
Provável escalação: Eduardo Martini; Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia, Elias e Diogo Oliveira; Ramon.
Arbitragem: Paulo Vollkopf (MS), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Cícero Alessandro de Souza (MS).
Transmissão: o Premiere transmite ao vivo e o GloboEsporte.com acompanha em tempo real.

Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs


Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana