conecte-se conosco


Esportes

São Silvestre é definida na reta final entre homens e mulheres; veja quem venceu

Publicado


São Silvestre de 2018 foi a 94ª edição da corrida
Sergio Barzaghi/GazetaPress/Divulgação

São Silvestre de 2018 foi a 94ª edição da corrida

Nesta segunda-feira, na cidade de São Paulo, aconteceu a 94ª edição da tradicional Corrida Internacional de São Silvestre, que contou com aproximadamento 30 mil corredores. A prova de 15 quilômetros, sempre realizada no dia 31 de dezembro, fecha oficialmente o ano esportivo no Brasil.

A categoria “Cadeirante” da São Silvestre  de 2018 teve largada às 08h20 (horário de Brasília), enquanto o pelotão de elite feminino saiu às 08h40. Logo em seguida, às 09h05, foi a vez da largada do pelotão de elite masculino e atletas da categoria geral. 

O etíope  Belahy Bezabh  superou o compatriota Dawit Admasu na reta final e chegou na frente, conquistando o seu primeiro título. Admasu buscava o tricampeonato e teve que se contentar com o segundo lugar no pódio.

Classificação masculina

  1. Belahy Bezabh (Etiópia)
  2. Dawit Admasu (Etiópia)
  3. Amdework Walelegn (Etiópia)
  4. Emmanuel Gisamoda (Tanzânia)
  5. Maxwell Rotich (Uganda)

O melhor brasileiro foi Giovani dos Santos, oitavo colocado. A última vez que um atleta do Brasil venceu a competição foi Marilson dos Santos, em 2010.

Volte em instantes para mais informações sobre o resultado entre os homens.

A grande vencedora na prova feminina foi a jovem queniana  Sandrafelis Tuei , de 20 anos de idade, que ultrapassou a compatriora Pauline Kamulu nos metros finais da corrida, já no fim da subida da Brigadeiro – vale ressaltar que Kamulu liderou o percurso de ponta a ponta e perdeu gás no fim, ficando em segundo.

O pódio foi todo africano, dominado por Quênia e Etiópia. Jenifer Nascimento Silva terminou como a melhor brasileira, na oitava posição.

Classificação feminina

  1. Sandrafelis Tuei (Quênia) – 50min02s
  2. Pauline Kamulu (Quênia) – 50min19s
  3. Mestawut Truneh (Etiópia) – 52min45s
  4. Esther Kakuri (Quênia) – 52min47s
  5. Birthukan Alemu (Etiópia) – 53min06s

Volte em instantes para mais informações sobre o resultado entre as mulheres. 

Na prova de cadeirantes, o vencedor na categoria masculina foi Heitor Mariano dos Santos, cravando o tetracampeonato. Entre as mulheres, a grande campeã foi Vanessa Cristina de Souza, conquistando o bicampeonato.

Percurso detalhado da São Silvestre


Corrida de São Silvestre nas ruas de São Paulo, sempre no dia 31 de dezembro
Divulgação

Corrida de São Silvestre nas ruas de São Paulo, sempre no dia 31 de dezembro

A largada da corrida aconteceu na Avenida Paulista, na altura do número 2000, na esquina com a Rua Augusta, com a chegada acontecendo na mesma avenida, no número 900. Confira quais foram as vias dos 15 quilômetros da prova:

  • Av. Dr. Arnaldo
  • Rua Maj. Natanael
  • Rua Des. Paulo Passalaqua
  • Av. Pacaembu
  • Viaduto Gal. Olímpio Silveira: passagem
  • Av. Dr. Abrahão Ribeiro
  • Av. Norma Giannotti
  • Av. Rudge
  • Viaduto Orlando Murgel
  • Av. Rio Branco
  • Av. Ipiranga
  • Av. São João
  • Alameda Barão de Limeira
  • Av. Duque de Caxias
  • Rua Rego Freitas
  • Rua Gal. Jardim
  • Rua Bento Freitas
  • Largo do Arouche
  • Av. Vieira de Carvalho
  • Praça da República
  • Av. Ipiranga
  • Av. São João
  • Rua Conselheiro Crispiniano
  • Praça Ramos de Azevedo
  • Rua Xavier de Toledo
  • Viaduto Nove de JulhoViaduto Jacareí
  • Rua Santo Amaro: troca de mão
  • Rua Maria Paula
  • Av. Brig. Luis Antônio
  • Av. Paulista

A 94ª Corrida de São Silvestre teve um esquema especial de acesso à largada e chegada, visando assegurar maior facilidade aos atletas oficialmente inscritos e informar ao público que pretendia acompanhar a corrida.

No período das 5h às 10h da manhã foram permitidos apenas atletas com número de peito, com os seguintes acessos: Alameda Santos, Rua São Carlos do Pinhal, Rua Frei Caneca, Alameda Ministro Rocha Azevedo, Rua Peixoto Gomide, Rua Plínio Figueiredo e Alameda Casa Branca.

A dispersão aconteceu a partir da Rua Joaquim Eugênio de Lima até a Alameda Itapeva.  Todas as áreas foram restritas a corredores oficialmente inscritos e usuários locais. Não foi permitida a presença de acompanhantes ou carrinhos e outros itens que não faziam parte do evento. 

Leia também: Atleta supera depressão com ajuda de corrida e sonha em disputar Paralimpíada

Antes do evento, o Comitê Organizador pediu que atletas sem inscrição não fossem ao local, pois não havia como dimensionar os serviços e o consumo excessivo poderia gerar a falta de serviços e hidratação para os inscritos. E destacou que essas dinâmicas foram implantadas para melhor atender aos atletas inscritos oficialmente.

A infraestrutura da São Silvestre  foi dimensionada para o número oficial de inscritos, cerca de 30 mil, não contemplando serviços a atletas sem inscrição (os famosos “pipocas”). Foram sete postos de água, com volume que atendeu somente aos inscritos. Como consta em regulamento, não houve serviços extras e hidratação excedente para atletas sem inscrição.

Comentários Facebook

Esportes

Barcelona vence Leganés e se distancia na liderança do Espanhol

Publicado

source

O líder do Campeonato Espanhol não foi brilhante, mas na volta ao Camp Nou, venceu. No confronto desta terça-feira (16) contra o último colocado da tabela, o Leganés, o Barcelona fez 2 a 0, em partida válida pela 29ª rodada da La Liga. Ansu Fati e Lionel Messi marcaram os gols da vitória, que levou o time catalão aos 64 pontos, cinco a mais do que o segundo colocado, Real Madrid, que vai jogar quinta-feira (18) contra o Valencia.

O placar foi aberto aos 42 minutos do primeiro pelo jovem africano Ansu Fati, de 17 anos. Nascido em Guiné-Bissau, ele é naturalizado espanhol. No segundo tempo, coube ao artilheiro da La Liga, o argentino Messi, ampliar o marcador. O camisa 10 do Barça, de pênalti, chegou ao gol de número 21 na competição pelo 12º ano consecutivo. Foi o gol de número 699 na carreira do argentino.

Esta foi a segunda rodada do Espanhol após três meses de paralisação por conta do novo coronavírus (covid-19). No início da partida, no estádio Camp Nou, houve um minuto de silêncio em homenagem às 27.136 vítimas fatais da pandemia no país.

Edição: Sergio du Bocage

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Bayern de Munique vence Werder Bremen e conquista o octacampeonato

Publicado

source

Com duas rodadas de antecedência e emoção no fim da partida, o Bayern de Munique conquistou na tarde hoje (16) seu oitavo título alemão consecutivo. Os bávaros precisavam de uma vitória simples fora de casa contra o Werder Bremen para levantar a taça, e não decepcionaram: 1 a 0 com gol do artilheiro Robert Lewandowski.

Os visitantes partiram pra cima logo no início do jogo. Aos três minutos, Davies cruzou na área, mas Gnabry acabou não alcançando a bola. O Werder Bremen melhorou e conseguiu controlar as ações adversárias, pelo menos até os 20 minutos do primeiro tempo. Foi quando um temporal desabou sobre o vazio Werestadion, empolgando o líder da Bundelisga, que começou a massacrar a equipe adversária. Aos 22 minutos, Coman teve oportunidade de cabeça após cruzamento de Müller. Três minutos depois, Kimmich chutou na trave. A pressão não parou até o gol sair.

Como não era incomodado, o Bayern passou a ser só ataque, até que o zagueiro Boateng encontrou Lewandowski sozinho na área. O polonês dominou e tocou na saída do goleiro para abrir o placar.

Na segunda etapa, o Bayern continuou muito superior e controlou a partida até os 33 minutos, quando o lateral-direito Davies recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Lutando contra o rebaixamento, o Werder Bremen precisava atacar. O dono da casa pressionou, acuou o adversário e só não empatou devido a uma defesa milagrosa de Manuel Neuer aos 44 minutos. Bartels cruzou pela direita e Osako desviou de cabeça no canto direito. O goleiro voou para garantir o octacampeonato do Bayern de Munique e começar a festa no estádio adversário.

Apesar da conquista, o título alemão não foi fácil. O Bayern começou mal a temporada com o técnico Niko Kovac. Após sofrer uma goleada de 5 a 1 para o Eintracht Frankfurt, o treinador croata foi demitido. Hans-Dieter Flick assumiu interinamente e oscilou no início. Com o tempo, o time encaixou e chegou ao título com 17 vitórias e um empate nas últimas 18 rodadas da Bundesliga. No próximo sábado (20), às 10h30 (horário de Brasília) o agora octacampeão recebe o Freiburg, na Allianz Arena.

 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana