conecte-se conosco


Atletismo

Quenianos dominam 95ª Corrida Internacional de São Silvestre

Publicado

Kandie (2º) surpreende Kiplimo na chegada (Foto: Paulo Pinto/FotosPublicas)

Brigid Kosgei, liderando de ponta a ponta, e Kibiwott Kandie, num sprint inesperado no final e com recorde, vencem os 15 km da prova que fechou o calendário do atletismo brasileiro em 2019

Bragança Paulista – O pódio da 95ª Corrida Internacional de São Silvestre foi dominado por estrangeiros nesta terça-feira (31/12), na prova de 15 km por ruas e avenidas de São Paulo que fechou o calendário 2019 do atletismo brasileiro. Os quenianos Brigid Kosgei, que liderou a prova feminina do início ao fim com grande vantagem para as adversárias, e Kibiwott Kandie, que venceu com um sprint surpreendente na chegada, foram os campeões de 2019. A prova teve permit e selo ouro da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

Jacob Kiplimo, de Uganda, Kibiwott Kandie, do Quênia, se isolaram na liderança da prova após a metade do percurso. Pouco antes da subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, o corredor ugandense foi à frente e entrou na Paulista, a menos de 700 metros da linha de chegada, com vantagem suficiente para ganhar a prova.

Mas Jacob Kiplimo foi surpreendido já na chegada por uma arrancada do queniano Kibiwott Kandie, que ganhou com uma ultrapassagem no último passo, em 42:59. A marca é o novo recorde para os 15 km da São Silvestre – a anterior era 43:12 e pertencia a Paul Tergat desde 1995.

Jacob Kiplimo, de 19 anos, terminou em 2º lugar, com apenas um segundo de diferença: 43:00 (também inferior ao recorde). Titus Ekiru, do Quênia, ficou em 3º (43:54). O melhor brasileiro foi Daniel Ferreira, 11º colocado, com 46:32.

“Eu esperava ganhar a corrida. Eu nunca desisti, segui correndo, acelerando, aumentando o ritmo. Eu nunca desisti e acreditei até o final para ganhar essa prova”, disse Kandie. “Eu não esperava ser uktrapassado”, afirmou Kiplimo.

Daniel Ferreira disse que largou forte e acompanhou os africanos até o sétimo quilômetro. “Depois, segurei um pouco para ter gás para a chegada. Vim da pista e sou veloz. A parte que pesou um pouco mais foi a Brigadeiro”, comentou o brasileiro.

A queniana Brigid Kosgei, recordista mundial da maratona (2:14:04, para os 42 km e 195 m), estreou na São Silvestre com domínio absoluto em todo o percurso – venceu com 48:56 (ficou perto do recorde de 48:35, de Jemina Sumgong, também queniana, de 2006). Sheila Chelangat, do Quênia, foi a vice-campeã, com Tisadk Nigus, da Etiópia, em 3º. A brasileira mais bem colocada foi Graziela Zarri, em 9º (54:56).

“Há subidas e descidas ao longo do circuito e umidade, é duro e lutei muito”, afirmou Brigid. “Estava feliz, porque todos estavam torcendo e isso me fez querer correr mais e mais rápido, tive mais energia para terminar bem a corrida. Se a organização me convidar de novo, estarei aqui no ano que vem”, acrescentou a queniana.

Masculino:
1º) Kibiwott Kandie (Quênia) – 42:59
2º) Jacob Kiplimo (Uganda) – 43:00
3º) Titus Ekiru (Quênia) – 43:54
4º) Geofry Kipchumba (Quênia) – 45:10
5º) Joseph Pança (Tanzânia) 45:33
Melhor brasileiro: Daniel do Nascimento, 11º, 46:32

Feminino:
1º) Brigid Kosgei (Quênia) – 48:54
2º) Sheila Chelangat (Quênia) – 50:10
3º) Tisadk Nigus (Etiópia) – 50:12
4º) Pauline Kamulu (Quênia) 50:28
5º) Delvine Meringor (Quênia) 50:51
Melhor brasileira: Graziela Zarri, 9ª, 54:56

A 95ª Corrida Internacional de São Silvestre é uma propriedade da Fundação Cásper Líbero, com realização do site Gazeta Esportiva, apoio do Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo, supervisão técnica da World Athletics (IAAF), Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Federação Paulista de Atletismo (FPA) e AIMS e organização técnica da Yescom.

Da redação com CBAT

Comentários Facebook

Atletismo

Corrida de obstáculos 4Bravo Rustic Run será adiada

Publicado

A corrida de obstáculos 4Bravo Rustic Run, edição 2020, do 4º Batalhão de Polícia Militar, será adiada. Prevista para ocorrer no próximo fim de semana, em Várzea Grande. O adiamento é uma medida preventiva e tem como base o Decreto no 407, de 16 de março de 2020, do Governo do Estado de Mato Grosso, para conter a propagação do coronavírus (COVID-19).  Veja abaixo a nota dos organizadores.

4BRAVO RUSTIC RUN – Edição 2020

A Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar – ASPRAMAT, em parceria com o 4° Batalhão de Polícia Militar- CRII, em Várzea Grande-MT, vem a público informar o ADIAMENTO da 3ª edição da corrida com obstáculos 4BRAVO RUSTIC RUN – Edição 2020.

Tal decisão está pautado no Decreto no 407, de 16 de março de 2020, do Governo do Estado de Mato Grosso; Decisão 02/2020/PR/FAMT/2020, da Federação de Atletismo de Mato Grosso, que orienta e regulamenta as medidas de prevenção ao COVID-19 pelo Poder Executivo, reforçando tal prevenção FAMT adia o calendário de corridas em razão de saúde pública.

A organização da corrida irá agendar na FAMT novas datas que serão divulgadas pelas redes sociais @4bravo, morro-mt e pelos canais criados para veiculação dos informativos da corrida.

Queremos reforçar nosso compromisso com os atletas e apoiadores, que investiram para participar dessa corrida com obstáculos, nossos apoiadores, que investiram no projeto de prevenção primária que depende desse evento desportivo, a saber 4BRAVO LUTAS.

Desta feita, editaremos novo calendário de RETIRADA DOS KITS, a véspera da próxima data a ser definida pela Federação e ASPRAMAT/4BRAVO.

Reafirmamos nosso compromisso de proporcionar o melhor ambiente de prova desportiva, com muita alegria, desafios, entretenimento e satisfação a todos vocês, pois nosso compromisso é Servir e Proteger nossa sociedade.

AGUARDEM, será melhor ainda!

ASPRAMAT-4BRAVO

Comentários Facebook
Continue lendo

Atletismo

Terceira Corrida Maria da Penha em Barra do Garças é suspensa por recomendação da Saúde Municipal

Publicado

A Comissão Organizadora da “3ª Corrida Maria da Penha pelo Fim da Violência Doméstica” informa que a prova foi suspensa, por tempo indeterminado, por orientação da Secretaria Municipal de Saúde (SES), em decorrência da pandemia de coronavírus. O evento estava marcado para o dia 21 de março, em Barra do Garças, 530 km de Cuiabá.

A defensora pública que preside a comissão, Lindalva de Fátima Ramos, informa que uma nova data para o evento será definida em reunião, no dia 13 de abril, às 9h, na sede da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica Contra a Mulher de Barra do Garças e Pontal do Araguaia.

“O que pedimos agora é a compreensão de todos que se inscreveram para que mantenham suas inscrições. A 3ª Corrida será realizada em data oportuna e foi cancelada para evitar aglomerações durante o período de maior risco de contágio. A nova data observará o calendário de Corridas de Rua da Federação Mato-Grossense de atletismo”, explica.

Porém, caso o atleta queira o valor da inscrição de volta, poderá solicitar pelo e-mail: [email protected]. Todos os que se inscreveram para a prova receberão a informação da suspensão por e-mail e também poderão tirar dúvidas ligando: (66) 3401-1388 ou indo diretamente na sede da Rede de Frente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana