conecte-se conosco


Atlético-GO

Marllon minimiza poder financeiro do Goiás e de outros grandes na Série B

Publicado

Marllon, zagueiro do Atlético-GO (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Marllon (centro) com Márcio e Lino (de costas) em treinamento (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Vasco, Bahia, Náutico, Goiás e Joinville são alguns dos clubes da Série B que têm poder de investimento maior que o do Atlético-GO na competição. À exceção do Alvinegro carioca, porém, todos estão atrás do Dragão na tabela. Em relação ao Esmeraldino, por exemplo, a distância é enorme. O Rubro-Negro tem exatamente o dobro da pontuação do rival, adversário no clássico deste sábado.

Diante de tal panorama, o zagueiro Marllon ressalta que, mais do que ter poder financeiro, os clubes precisam saber investir e, mesmo assim, não há garantia de que haverá sucesso em campo. O jogador do Atlético-GO diz que o mérito da equipe, vice-líder da Série B, é justamente ter um elenco barato, mas dedicado.

– Não ficamos comentando muito essas coisas, mas futebol é jogado dentro de campo. Lá dentro, as coisas mudam. Não tem essa de quem tem mais dinheiro ou quem tem menos. Quem mostra o melhor futebol tem o merecimento de subir. Em campo, esquecemos essa questão de dinheiro e tentamos sempre dar nosso melhor – argumenta o defensor.

Por outro lado, Marllon refuta também a hipótese de que, por estar em um momento melhor, o Atlético-GO terá vida fácil contra o Goiás. Mesmo com o rival passando por turbulência e com o setor ofensivo sendo alvo de críticas, o zagueiro espera dificuldade e prega atenção.

– Futebol tem altos e baixos. Sabemos que qualquer um pode ganhar o jogo. Quem errar o mínimo possível vai sair com a vitória.. Temos que manter nosso nível de concentração.

Comentários Facebook

Atlético-GO

Cabo celebra vitória no último minuto e parabeniza Felipe: "Melhor do jogo"

Publicado

 

De virada e com um gol no último minuto de partida. A vitória por 2 a 1 contra o Criciúma não poderia ser mais emocionante e significativa para o Atlético-GO. O resultado que manteve o Dragão no topo da tabela, da forma como foi construído, fez o técnico Marcelo Cabo vibrar e lembrar de uma partida em especial – a última que o time não ganhou nesta Série B.

Marcelo Cabo, técnico do Atlético-GO (Foto: Reprodução/Premiere)Marcelo Cabo comemorou vitória no último minuto e rasgou elogios à atuação de Felipe (Foto: Reprodução/Premiere)

Na 28ª rodada, o Atlético-GO recebeu o Joinville no Serra Dourada. Tal e qual o duelo deste sábado no Heriberto Hülse, o confronto foi decidido no final, mas a favor do adversário. Após abrir o marcador, os goianos sofreram o empate no finalzinho, na reinauguração do Olímpico após 10 anos.

– Quando levamos aquele gol do Joinville nos acréscimos, falei para os meus jogadores que um dia iríamos ganhar também com um gol nos acréscimos. Considero até que o Criciúma foi melhor na etapa final, mas conseguimos esse gol importante e demos mais um importante passo rumo ao acesso – disse à Rádio 730.

> Veja como foi o TR da partida
> Luiz Fernando vibra com gol no final


O treinador gosta sempre de ressaltar o trabalho do grupo ao invés de falar sobre jogadores em particular. Porém, Cabo fez questão de rasgar elogios ao goleiro Felipe, que substituiu o titular Kléver e contribuiu sobremaneira para o resultado.

– Quando levamos aquele gol do Joinville nos acréscimos, falei para os meus jogadores que um dia iríamos ganhar também com um gol nos acréscimos. Considero até que o Criciúma foi melhor na etapa final, mas conseguimos esse gol e demos mais um importante passo rumo ao acesso.


Comentários Facebook
Continue lendo

Atlético-GO

Luiz Fernando vibra com gol no final: "Presente que não consigo descrever"

Publicado

 

Considerado praticamente como um 12º jogador do Atlético-GO, já que não é titular, mas quase sempre entra no decorrer dos jogos, Luiz Fernando tem grande importância na campanha do clube na Série B e neste sábado não foi diferente. O meia substituiu Magno Cruz aos 24 minutos do segundo tempo e fez, aos 50, o gol da virada rubro-negra, garantindo a vitória por 2 a 1 sobre o Criciúma.

Com 20 anos recém-completados, Luiz vibrou muito com a façanha. O jogador fez aniversário no último domingo a encarou o gol nos acréscimos como um grande presente. Uma recompensa pelo seu empenho individual e também pela entrega coletiva do Dragão, que virou em pleno Heriberto Hülse.

– Que presente, né?! Consegui fazer o gol e dar a vitória para o meu clube. Não tenho palavras para descrever esse presente – disse o jovem na saída de campo.

Luiz Fernando fez questão de exaltar também a atuação do goleiro Felipe, que substituiu o suspenso Klever e disputou sua primeira partida pelo Atlético-GO. O meia foi só elogios para a estreia do companheiro e atribuiu a ele grande parte do mérito pelo triunfo fora de casa.

– Felipe vinha trabalhando forte. A oportunidade apareceu, e ele soube aproveitar bem. Garantiu nossa vitória e fez um excelente trabalho no jogo.

Com a quarta vitória seguida, o Atlético-GO chegou a 61 pontos e praticamente garantiu uma vaga na elite nacional em 2017. Pelas contas do clube, basta mais um triunfo para que esse objetivo seja alcançado. Ele pode ser conquistado na próxima rodada, quando o Dragão visita o Náutico, sexta (28).

– Perto do acesso, graças a Deus. Vamos trabalhar para isso – concluiu Luiz Fernando.


Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana