conecte-se conosco


Esportes

Há três anos, Corinthians conquistava seu 29º Campeonato Paulista

Publicado


No dia 08 de abril de 2018, o Corinthians impôs ao seu rival a mais significativa derrota em um Derby no século XXI até aqui. Em jogo válido pela final do Campeonato Paulista, no Allianz Parque, o Timão superou o Palmeiras por 1 a 0 e, nos pênaltis, garantiu o 29º título estadual da história do clube.

Após passar pelo São Paulo na semifinal, o Corinthians jogava a final do Paulistão contra o seu maior rival, o Palmeiras. O primeiro jogo da final aconteceu na Neo Química Arena, no dia 31 de março. Mesmo com grande apoio da Fiel, o Alvinegro saiu perdendo por 1 a 0. Assim, para garantir o título, o Corinthians tinha a obrigação de vencer a partida de volta, fora de casa, para conquistar o título.

Apoiado pela presença da torcida no penúltimo treino para o jogo, dois dias antes na Neo Química Arena, o Timão começou pressionando os donos da casa. Logo no primeiro minuto, Mateus Vital fez bela jogada pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Rodriguinho, que finalizou – a bola desviou no zagueiro que estava quase dentro do gol e entrou. A partir desse momento, a partida estava indo para os pênaltis.

O primeiro tempo foi equilibrado com ambas as equipes criando bastante chances de gol, mas não conseguiram concluir à meta, com as defesas trabalhando bem e levando pouco trabalho para os goleiros.

No segundo tempo, o Corinthians reforçou o sistema defensivo e não sofreu muito perigo. Em desarme de Ralf em Dudu dentro da área, o árbitro anotou equivocadamente o pênalti, que foi corrigido pelo quarto árbitro. Já nos minutos finais, Sidcley arrancou pela lateral esquerda, invadiu a área e bateu cruzado, mas para fora. O Corinthians vencia a partida por 1 a 0 e, assim, levava a disputa para os pênaltis.

Nas cobranças alternadas, Cássio defendeu a primeira cobrança de Dudu. Danilo bateu o primeiro do Timão e converteu. Na sequência, Victor Luís e Romero marcaram. Na terceira cobrança dos donos da casa, Cássio defendeu a cobrança de Lucas Lima. Lucca bateu na sequência para o Timão e fez o gol.

A disputa estava 3 a 1 para o Alvinegro. Marcos Rocha bateu e diminuiu. Fagner desperdiçou a quarta cobrança do Corinthians. Moisés bateu o último pênalti dos donos da casa e converteu. A última e quinta cobrança da disputa ficou nos pés de Maycon, que converteu e fechou o placar de 4 a 3 para o Corinthians.
Com o resultado, o Timão garantiu o 29º Paulista de sua história. E depois de 35 anos, o Corinthians conquistaria o bicampeonato paulista novamente: a última vez em que o Timão venceu o torneio estadual por dois anos consecutivos havia sido com a histórica equipe da Democracia Corinthiana, de 1982 e 1983, quando o Alvinegro derrotou o São Paulo nas duas finais estaduais e gravou na história a equipe liderada por Sócrates, Wladimir e Casagrande.

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook

Esportes

São Paulo recebe o Santo André pelo Paulistão

Publicado


Após estrear com vitória na Conmebol Libertadores ao derrotar o Sporting Cristal (PER) por 3 a 0, em Lima, o Tricolor retomará o foco na disputa do Campeonato Paulista. Nesta sexta-feira (23), às 20h, no Morumbi, o São Paulo receberá o Santo André em duelo válido pela sexta rodada do estadual.

Com 19 pontos, o time são-paulino lidera o Grupo B, com 19 pontos em oito jogos. A equipe dirigida por Hernán Crespo é seguida por Ferroviária (dez), Ponte Preta (sete) e São Bento (cinco).

Pela frente, o Tricolor enfrentará um adversário que está no terceiro lugar do Grupo A, com seis pontos em seis partidas.

O São Paulo chega embalado ao duelo desta noite, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, depois de vencer os cinco jogos que disputou nesta retomada após a paralisação: São Caetano (5 x 1), Red Bull Bragantino (1 x 0), Guarani (3 x 2), Palmeiras (1 x 0) e Sporting Cristal (3 x 0).

Após o confronto com o clube do ABC Paulista, o São Paulo visitará o Ituano no próximo domingo (25), no interior, na sequência do torneio regional.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Lucas Braga quer reação do Santos contra o Novorizontino: “Temos que nos levantar”

Publicado


A derrota por 2 a 0 para o Barcelona de Guayaquil na última terça-feira (20), na Vila Belmiro, pela estreia na fase de grupos da Conmebol Libertadores de 2021, já é página virada no Santos FC. O Peixe visita o Novorizontino nesta sexta (23), às 22h15, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela 7ª rodada do Paulistão, e o atacante Lucas Braga quer ver a equipe comandada por Ariel Holan mostrando poder de reação na temporada.

“A vantagem de ter uma maratona tão grande de jogos é que a gente já pode dar a volta por cima na partida seguinte. A gente não pode e nem tem tempo para ficar se lamentando. Temos que nos levantar, porque ainda tem muita coisa para acontecer na temporada. O importante é seguir sempre olhando para frente. Precisamos virar a chave, pois amanhã já tem um compromisso importante pelo Paulista e temos que buscar um grande resultado”, afirmou o camisa 30.

E logo após o duelo no interior de São Paulo, o Alvinegro Praiano terá pela frente uma sequência decisiva na temporada. Neste domingo (25), o Santos FC recebe o Corinthians, na Vila Belmiro, pela 8ª rodada do Paulistão. Já na terça-feira (27), os santistas visitam o Boca Juniors, às 21h30, em La Bombonera, pela segunda partida da fase de grupos da Libertadores.

“É uma sequência bem complicada, sim. Vivemos um momento atípico, com tantos jogos em um curto espaço de tempo. Mas temos que seguir trabalhando firme por aqui, preparar principalmente a parte psicológica, pois serão partidas bem importantes para a sequência do e precisamos conquistar essas vitórias”, concluiu Lucas Braga.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana