conecte-se conosco


Esportes

Grêmio e Corinthians empatam sem gols na 22ª rodada do Brasileirão

Publicado


O Grêmio voltou com duas mudanças para a etapa complementar. Darlan e Cortez saíram, para a entrada de César Pinares, fazendo a sua estreia e Diogo Barbosa.

Logo aos três minutos, o Tricolor chegou com uma jogada de Pinares pela esquerda. O chileno fez um cruzamento na área, mas Cássio saiu para ficar com a bola. Em seguida, foi a vez de Jean Pyerre tabelar com Matheus Henrique e fazer um cruzamento, mas a marcação cortou pela linha de fundo,

Com 9’, o Grêmio tentou novamente, desta vez com Diogo Barbosa e Jean Pyerre. O meia saiu pela esquerda, mas não conseguiu completar a jogada, na tentativa de acionar Diego Souza.

O Corinthians chegou com muito perigo aos 14’, quando Jonathan Cafu acionou Luan no meio. O camisa 7, invadiu a área, e finalizou em cima de Vanderlei. Orejuela conseguiu tirar a bola que quase entrou, impedindo o gol paulista.

A resposta gremista saiu dos pés de Luiz Fernando, de fora da área, aos 17’. O atacante arriscou e mandou com perigo, mas a bola saiu à esquerda da meta de Cássio, depois de desviar ainda na marcação.

Já aos 20’, quando Luiz Fernando avançava para a área, Otero cometeu uma falta sobre o jogador e também acabou expulso da partida. Na cobrança, Pinares mandou direto e o goleiro corinthiano saiu de soco, afastando o perigo.

O Grêmio chegou bem aos 27’, quando Pepê recebeu um passe de Diogo Barbosa na esquerda e tentou um cruzamento na pequena área. A bola desviou na marcação e saiu pela lateral. No minuto seguinte, o técnico Renato Portaluppi promoveu mais uma alteração, tirando Orejuela para colocar Churín, deixando a equipe mais ofensiva.

Passados 30 minutos, foi a vez de Pepê arriscar um chute forte a gol da entrada da área, mas o atacante mandou por sobre a meta corinthiana.

Aos 34’, uma grande jogada adversária levou muito perigo. Piton cruzou, Pepê tirou de cabeça, mas a bola sobrou para Fábio Santos, que rolou para Fagner. O lateral chutou no canto esquerdo, obrigando uma grande defesa de Vanderlei.

O Grêmio tentou novamente aos 38’, quando Pinares lançou a bola na área para Rodrigues desviar. Ela ainda bateu em Geromel, que estava impedido e o lance acabou anulado. Já na reta final, Pinares fez um cruzamento na pequena área, mas Cássio saiu do gol para mais uma defesa.

 

Comentários Facebook

Esportes

Líder São Paulo não supera o Athletico e fica no empate de 1 a 1

Publicado


O Furacão enfrentou o São Paulo e saiu na frente, mas sofreu o empate em um gol na segunda etapa. Um ponto somado diante do líder do campeonato, em um jogo que o Athletico mostrou que tinha condições para vencer.

O jogo começou com o Athletico chegando ao ataque com mais perigo. Mas a defesa são-paulina estava ligada no cruzamento de Nikão e nas finalizações de Fernando Canesin e Carlos Eduardo.

Aos 31’, em um lançamento de Santos, Nikão ganhou de Luan na corrida e trombou com Tiago Volpi. A bola sobrou para Canesin, que iria dominar com o gol livre mas foi derrubado. O árbitro não marcou a falta.

Logo depois, nada conseguiu parar o ataque do Furacão. Canesin roubou a bola no meio e tocou para Nikão. O camisa 11 disparou puxando o contra-ataque e tocou na direita. Carlos Eduardo dominou e rolou para Renato Kayzer, que bateu de primeira. Athletico na frente!

No segundo tempo, o Rubro-Negro começou novamente melhor. Kayzer e Christian tiveram boas chances. O São Paulo logo equilibrou o jogo e passou a ter mais a posse de bola, mas não conseguia passar pela marcação.

Só mesmo com uma boa dose de sorte o time paulista conseguiu empatar. Aos 15’, Tchê tchê bateu forte de fora da área, a bola desviou na defesa e saiu do alcance de Santos.

Após o empate, o Athletico voltou a ter mais volume de jogo. O segundo gol poderia ter saído em um chutaço de Christian de fora da área, que nem Volpi sabe como conseguiu defender. Canesin também esteve perto de marcar em um chute bloqueado pela defesa.

Aos 31’, um lindo passe de Carlos Eduardo encontrou Vitinho na grande área. O piá do Caju girou para cima de Reinaldo e ficaria na cara do gol, mas foi derrubado pelo lateral tricolor, que foi só no corpo do athleticano. Inexplicavelmente, nem o VAR marcou o pênalti.

No final, o Furacão tentou com as entradas de Reinaldo e Walter, que assustou o goleiro em um chute sem ângulo. E o placar do Caldeirão ficou mesmo no 1 a 1.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Santos vence o Botafogo de 2 a 1 pela 30ª rodada da competição

Publicado


O Santos FC venceu o Botafogo por 2 a 1 na tarde de domingo (17) na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro. Soteldo, de voleio, e Bruno Marques fizeram os gols da vitória do Peixe.

Com o triunfo, o Alvinegro chegou a 45 pontos conquistados em 29 partidas, na 30ª rodada da competição. O time santista ainda tem um jogo a menos no certame, e se manteve na 8ª colocação.

O jogo

O Santos começou a partida dominando as ações, e logo aos 3 minutos, já balançou as redes do Botafogo com um golaço do nosso camisa 10. A bola sobrou na área para Soteldo, que levantou a bola e aplicou um lindo voleio para fazer o primeiro do Peixe. Foi o 19º gol do venezuelano com o manto santista.

Aos 15 minutos, Marinho cobrou falta com força, e o goleiro botafoguense fez a defesa.

Sete minutos depois, Felipe Jonatan cruza na área, e a bola sobra para Laércio, que chuta por cima do gol.

Aos 42 minutos, Soteldo cobra falta fechada e Diego Loureiro manda para escanteio.

Na sequência, o Botafogo empata com gol de pênalti cobrado por Pedro Raul.

No último minuto da primeira etapa, aos 49, Soteldo novamente cobrou falta fechada, e o goleiro mandou para escanteio.

Bruno marcou o gol da vitória do Peixe! (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Já no segundo tempo, aos 10 minutos, Kaio Jorge chutou de fora da área e balançou as redes pelo lado de fora.

Nove minutos depois, Marinho cobra falta com muita força e curva, e o arqueiro do Botafogo manda para escanteio.

Aos 29 minutos, Felipe Jonatan cruza na área pela esquerda e a bola chega em Bruno Marques, que cabeceia no contra pé de Diego Loureiro. O goleiro faz uma bonita defesa.

Dois minutos depois, foi a vez do Botafogo chegar com perigo. Pedro Raul bateu e Vladimir realizou uma firme defesa.

Aos 36 minutos, Bruno Marques teve outra chance de marcar o segundo do Peixe, e não desperdiçou. Soteldo fez linda jogada pela esquerda, e cruzou na medida para Bruno. Com toda sua envergadura e ótima colocação dentro da área, ele cabeçou sem chances para o goleiro. É o 3º dele pelo time santista.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana