conecte-se conosco


Atletismo

Governador destaca organização e tradição da Corrida de Reis

Publicado

“É um evento já incorporado à nossa cultura, de repercussão nacional, que abre o calendário esportivo anual do país. Uma grande organização, que gera empregos e com todo o suporte para que os atletas (de elite ou não) possam correr. Além disso, cria uma disposição muito bacana neste início do 2020, para que possamos ter energia para os enfrentar e conquistar todos os sonhos e vitórias desejados neste ano”.

A afirmativa é do governador Mauro Mendes, que na manhã deste domingo entregou a medalha de primeiro colocado ao vencedor da prova masculina da 36ª Corrida de Reis de Cuiabá, o queniano Geofry Kipchumba, de 20 anos. O atleta também recebeu um carro zero km, oferecido pelos organizadores da prova, que têm o Governo do Estado como um dos parceiros.

Mauro Mendes estava acompanhado do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, que repetiu o gesto com a vencedora da prova feminina, a também queniana Janet Masai, 27 anos.

Os quenianos dominaram a 36ª Corrida de Reis. Eles ocuparam cinco das 10 primeiras colocações na prova masculina. Além dos primeiros lugares masculinos e femininos, eles ainda conquistaram o terceiro e quinto lugares masculinos e o terceiro lugar da prova feminina.

Entre os brasileiros, o mato-grossense de Pontes e Lacerda, Wendel Jerônimo de Souza, faturou o quarto lugar da prova masculina, enquanto a mineira Tatiele Carvalho também ficou em quarto lugar na competição feminina.

Veja Mais:  Estado vai implantar Banco de Alimento e Segurança Alimentar

A corrida

Nesta 36ª edição, foram mais 15 mil corredores, de seis países (Brasil, Quênia, Uganda, Tanzânia e Eritreia) e 160 cidades de 18 estados brasileiros inscritos nas de diversas categorias.

A corrida teve um novo percurso, de 10 km, cuja largada foi próximo à Ponte Nova, em Várzea Grande, com chegada na Arena Pantanal. Os corredores se dividiram em pelotões. O de elite foi composto por 63 atletas, dos quais 43 homens e 20 mulheres; o VIP, por 1.650 atletas; e categoria geral, com 13.750 inscritos.

Também percorreram este percurso 49 portadores de necessidades especiais (cinco cadeirantes, 20 portadores de deficiência visual, 20 de deficiência física e quatro de deficiência intelectual).

A primeira edição da prova foi disputada em 1984, quando participaram pouco mais de 800 corredores. Já na edição seguinte, este número aumentou para 1.500, segundo a organização.

Desde 2005, a Corrida de Reis de Cuiabá abre oficialmente o calendário brasileiro de atletismo no país. “Hoje temos um permit na categoria ouro, que nos coloca no status de corrida de nível internacional”, diz Cícero Mariano, gerente de Marketing da TVCA, organizadora do evento.

Comentários Facebook

Atletismo

Corrida Viva Saúde marcou o aniversário de 67 anos de Rondonópolis

Publicado

 

Foto: Ilcimar Aranhas

Rondonópolis completou 67 anos de emancipação politica e administrativa nesta quinta-feira (10), mas quem fez a festa foi os 300 atletas que invadiram as ruas da cidade para participarem da ‘1ª Corrida Viva Saúde’.

O evento foi organizado pela  JJ Esportes LTDA.

A corrida teve grande adesão de atletas e simpatizantes do esporte, tanto o ponto de partida quanto o de término das disputas ocorreu na Avenida Lions Internacional esquina com Fernando Correia da Costa.

O evento contou com trajeto de 5 e 10 km de distância, com muita disputa na reta final, onde os corredores elogiaram muito a organização do evento, pois não teve nenhum problema, com largada no horário, medalhas, água, frutas, cronometragem e premiação, tudo que os atletas esperavam de uma corrida bem organizada.

Para abrilhantar a festa o atleta olímpico, Giovani dos Santos, deu um passeio no evento competindo de forma simbólica nos 10km.

O campeão na geral masculina 5km foi Ricardo Lourenço e no feminino foi a atleta Luzinete Andrade. Já nos 10km o campeão geral masculino foi Antônio de Souza (Maranhão) e no feminino foi Juscileide Nogueira.

Click aqui e Veja Classificação completa 

Comentários Facebook
Continue lendo

Atletismo

Abertas as inscrições para a Corrida Solidária em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

Os amantes de corrida rua já podem preparar o tênis, vem aí mais desafio em Rondonópolis. A Corrida e Caminha Solidária está com inscrições abertas e será realizada no dia 20 de dezembro.

A iniciativa é de voluntários do projeto Transbordar, uma organização que conta com apoiadores de Rondonópolis, Pará, São Paulo, EUA e tem objetivo de estimular a prática esportiva e a solidariedade.

A ficha de inscrição está disponível no site https://rogeriocustela.com.br/new/. O participante pode escolher o percurso de 5 km ou 10 km e a modalidade (corrida ou caminhada). A taxa de inscrição tem custo de R$ 50,00 e 1 quilo de alimento não perecível. A renda será revertida para compra de cestas básicas para famílias carentes.

O participante tem direito a um kit com camiseta, medalha, viseira que deve ser retirado no mesmo dia do evento, das 05h30 até às 09h30. O percurso será entre a ponte Otaviano Muniz e toda a extensão do calçadão da Avenida dos Estudantes.

Informações pelo telefone: 66 99986-3116.

Regulamento

1 – Dia 20 de Dezembro no GRUPO ECHER – Av. Lions Internacional – Vila Aurora, das 05h30 até às 09h30, retire o kit e já realize sua corrida ou caminhada de 5km ou 10km pela região da ponte nova e calçadão da avenida dos estudantes.
2 – Após conclusão retorne ao GRUPO ECHER onde será entregue a medalha.
3 – O atleta terá que apresentar por meio de relógio ou celular, a conclusão do percurso escolhido para retirada da medalha.
4 – Ao participar corrida, o atleta assume total responsabilidade pela as informações fornecidas no ato da inscrição. O atleta declara gozar de boa saúde e estar apto para praticar atividade física. Assume quaisquer outras despesas necessárias ou provenientes da sua participação.
5 – Não haverá reembolso por parte da organização bem como seus patrocinadores, apoiadores e realizadores, de nenhum valor correspondente a equipamentos e/ou acessórios utilizados pelos atletas no desafio, independente de qual for o motivo, nem por qualquer extravio de materiais ou prejuízos que por ventura o atleta venha sofrer durante a participação da corrida.
6 – A organização não se responsabiliza pelo local onde o participante escolhe para correr, cabe ao participante a escolha de um local condizente com a situação governamentais, assim como resguardo de sua saúde.
7 – A organização recomenda rigorosa avaliação médica, inclusive a realização de teste ergométrico prévio para todos os atletas participantes.
8 – Poderão os organizadores/realizadores suspender a corrida, por questões de segurança pública, atos públicos, vandalismos e/ou motivos de força maior.
9 – Cada atleta é responsável pelo seu sistema de hidratação.
10 – Compras de kits fora da cidade de Rondonópolis-MT, frete por conta do atleta.
11 – kit composto de camiseta, medalha, viseira.
12 – Camisetas tamanhos P, M, G, GG e BABY LOOK P, M, G, GG.
13 – NÃO HAVERÁ TROCA DE CAMISETAS NA RETIRADA DE KIT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana