conecte-se conosco


Esportes

Eternizado na história do clube, Hernanes se despede do Tricolor

Publicado


Ídolo e eternizado na história do clube, Hernanes se despede do São Paulo com as conquistas do Campeonato Brasileiro (2007 e 2008), do Paulistão (2021) e a certeza de que está no coração do torcedor são-paulino.

Neste sábado (17), o meio-campista de 36 anos e a diretoria acertaram a rescisão de contrato, que era válido até o final da temporada.

Anderson Hernanes de Carvalho Viana Lima encerra a sua quarta passagem no Tricolor com 330 jogos, 56 gols, inúmeros momentos de protagonismo e amor pela camisa são-paulina.

O Profeta é ídolo incontestável da instituição – como destacado em seu retorno ao clube em 2019 – e representa as crias das categorias de base que sempre sonharam com títulos e protagonismo no time principal.

ANDERSON HERNANES DE CARVALHO VIANA LIMA, O PROFETA

Natural de Recife, capital de Pernambuco, Hernanes chegou ao São Paulo com 15 anos de idade para fazer testes, foi aprovado e rapidamente viu seu sonho de vestir a camisa tricolor se tornar realidade. Após crescer nas categorias de base são-paulinas e receber algumas chances entre os profissionais, o meio-campista foi emprestado para o Santo André para pegar experiência. E conseguiu.

Após o período no time do ABC, Hernanes voltou ao São Paulo para se tornar ídolo, vencendo dois Campeonatos Brasileiros (2007 e 2008) e alcançando inúmeros prêmios individuais – ganhou o prêmio de craque do Brasileirão 2008. Construiu sua trajetória no clube com conquistas, grandes atuações e momentos que estão vivos na memória da torcida são-paulina.

Ainda em 2008, foi convocado para defender o Brasil na Olimpíada de Pequim, na China, faturando a medalha de bronze. As ótimas exibições de Hernanes despertaram o interesse do futebol europeu. Após se despedir do Tricolor em 2010, o meio-campista teve uma trajetória respeitável na Itália e defendeu três clubes tradicionais: Lazio, Internazionale de Milão e Juventus.

Pela Lazio, conquistou a Copa da Itália na temporada 2012/13, tornou-se ídolo e um dos atletas mais valorizados do futebol italiano. A boa fase o credenciou a defender a Seleção Brasileira na Copa das Confederações de 2013, conquistando o título da competição em cima da Espanha, no Maracanã lotado. Em alta na Europa, o Profeta foi chamado novamente para vestir a camisa amarelinha, na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Após deixar a Lazio idolatrado pela torcida, Hernanes seguiu para a Internazionale de Milão antes de triunfar novamente em território italiano: desta vez pela Juventus. No clube de Turim, participou das campanhas vencedoras do Campeonato Italiano e da Copa da Itália.

No início de 2017, transferiu-se para o Hebei Fortune, da China. Após seis meses, Hernanes optou por voltar ao Tricolor, por empréstimo, em julho daquele ano. O tempo foi suficiente para o Profeta aumentar ainda mais sua idolatria com a torcida são-paulina. Hernanes foi decisivo na reviravolta do Tricolor no Campeonato Brasileiro de 2017, tendo disputado 19 jogos, com nove gols e três assistências.

Após liderar a reação do São Paulo, o camisa 15 retornou para o futebol chinês no início de 2018. A distância e a saudade, porém, duraram apenas uma temporada: em 2019, o meio-campista voltou ao Tricolor para escrever a sua quarta passagem no time são-paulino.

A conquista do Campeonato Paulista de 2021 coroou a mescla do elenco de Hernán Crespo, que contou com líderes e referências como Dani Alves, Miranda e Hernanes, e os jovens de Cotia. O Profeta se despede do clube com 300 jogos, 56 gols, três títulos e a certeza de que sempre será um ídolo tricolor.

fonte: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/futebol/2021/7/17/eternizado-na-historia-do-clube,-hernanes-se-despede-do-tricolor

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook

Esportes

Renato Augusto faz primeiro treino com o grupo

Publicado



Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Na manhã desta segunda-feira (02), no CT Dr. Joaquim Grava, o elenco do Corinthians se reapresentou para o primeiro trabalho preparatório de olho no próximo compromisso válido pelo Campeonato Brasileiro. No domingo (08), às 16h, o Timão visita o Santos, na Vila Belmiro, em clássico válido pela 15ª rodada da competição nacional.

Os atletas que atuaram por mais de 45 minutos na partida de ontem, diante do Flamengo, fizeram um trabalho regenerativo com a equipe de fisioterapia. Os demais foram ao Campo 1, onde o preparador físico Flávio de Oliveira comandou o aquecimento.

Depois, no Campo 2, o técnico Sylvinho promoveu um coletivo com três tempos de 15 minutos. Foi o primeiro treinamento do meio-campista Renato Augusto no gramado. Ele participou dos 45 minutos da atividade.


Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Além dele, Gustavo Mantuan e Ruan Oliveira, em fase final da transição com a equipe de preparação física, também participaram de parte do treino com o grupo.

Seis atletas da categoria sub-23 completaram o treino do dia: Léo Paraiso (ZAG), Luan (LE), Willian (LE), Emerson (VOL), Winicius (VOL) e Matheus Melo (ATA).

O meia Gabriel Pereira fez um trabalho no campo supervisionado pela equipe de fisioterapia.

O elenco corinthiano volta às atividades na manhã de quarta (04), no CT.

Tags: Futebol, Notícias

Categoria(s): Futebol, Corinthians

Fonte: https://www.corinthians.com.br/direto-do-ct-renato-augusto-faz-primeiro-treino-com-o-grupo

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Ponte empata, conquista ponto importante contra o quarto colocado e sai do Z4

Publicado


Com um homem a menos por praticamente todo o segundo tempo, a Ponte Preta jogou com muita raça contra o quarto colocado da série B, empatou em 1 a 1 e conquistou um ponto importante fora de casa. Com o resultado, a Macaca ficou com 13 pontos e está na 16ª colocação, fora do Z4, e o CRB caiu para a quinta posição.

O gol alvinegro foi marcado por Rodrigão, em um lindo cabeceio após cruzamento de Moisés. “ Importante valorizar esse ponto fora de casa, CRB está lutando lá em cima e mantivemos a invencibilidade, mesmo num segundo tempo praticamente inteiro com um a menos, o que não é fácil. Nos dedicamos até o final e agoira temos que dar nosso melhor pra conseguir uma vitória contra o Botafogo na próxima rodada”, diz o camisa 1 Ivan.

A Ponte Preta volta a campo às 20h30 do próximo domingo (8), dia dos pais, contra o Botafogo-RJ – mais uma vez na casa do adversário.

O jogo

O primeiro tempo teve como característica principal o maior domínio de bola da Macaca, com o CRB tentando contra-ataques. A Macaca começou com três ataques no primeiro minuto, com Vini Locatelli, depois Richard e por último com Rodrigão, que matou bola no peito e foi desarmado pela zaga na hora da conclusão.

Aos dois, jogada rápida de Moisés, que driblou a zaga e chutou, mas o camisa 1 adversário segurou. Aos seis, Rodrigão teve nova chance, mas a zaga ficou com a bola.  Aos dez, Moisés avançou pelo meio e rolou para Rodrigão, dentro da área do CRB, o goleiro adversário conseguiu ficar com ela.

Aos 11, Moisés recebe na segunda trave, tenta a finta no adversário, que mandou para escanteio. Na cobrança, Gum mandou fechado para o gol e a defesa oponente tirou. Aos 12, Kevin arremessou na área do oponente e Rodrigão desviou para  Richard, que chutou para o gol e ganhou escanteio. Mais uma vez, Camilo cobriu fechado e a defesa cortou.

Aos 17, Vini Locatteli tabelou com Camilo e mandou um chute forte contra o gol, carimbando a defesa oponente. Dois minutos depois, Kevin chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Rodrigão, mas a zaga oponente cortou na hora certa, antes que o atacante chutasse.

Aos 20, Locatteli arriscou de fora da área, Caetano mete o pé na bola e ela sai pela linha de fundo. Ponte Preta tem escanteio pelo lado direito. Camilo cobrou uma bomba, que foi desviada pela defesa para escanteio da Macaca. Aos 23, Locatelli  cruzou para Moisés, mas a zaga cortou.

Aos 24, após jogada da Ponte pelo lado esquerdo, Richard saiu pela direita e mandou um canhão contra o gol, carimbando a defesa adversária. Aos 29, Felipe Albuquerque desceu pelo meio e Moisés acabou ficando com ela, mas foi travado na hora do chute. Aos 33, Camilo ase aproveitou de sápida errada do oponente e chutou rasteiro da intermediária, mas o goleiro oponente defendeu.

Aos 33, veio a primeira jogada perigosa dos donos da casa, quem inaugurou o placar foi o CRB, aos 40, em cobrança de falta no meio da área e cabeceio do adversário sem chance para Ivan defender. A Macaca, porém, não se abateu, e empatou cinco minutos depois, com Rodrigão: Moisés recebeu a bola pelo lado do campo e cruzou com perfeição na área, para o camisa 99 dar uma bonita cabeceada e mandar para o fundo das redes. 1 a 1 no placar e o juiz terminou o primeiro tempo.

No segundo tempo, a Ponte partiu pra cima já no primeiro minuto, com Moisés atacando, mas o CRB tirou. Aos dois, Richardo cruza por baixo, a bola desvia em Romão e Caetano afasta. No rebote, André Luiz bate de primeira e manda à direita do gol do CRB. Aos seis, em lance de contra-ataque do adversário, Cleyltoin acabou se chocando com o oponente em falta e o juiz expulsou o pontepretano, por entender que ele era o último homem e interrompeu lance perigoso dos donos da casa. Para recompor a zaga, Kleina tirou Camilo e colocou Camilo em campo, invertendo ainda os lados de Richard e Moisés.

A mudança foi justificada porque, com um a mais, o CRB começou a sufocar a Macaca. Já no primeiro lance após a troca, Rayan cortou ataque oponente. Mas a Macaca não se acovardou. Aos 13, Rcihard foi parado com falta. MNa sequência, o atacante recebeu pela esquerda, desceu e tentou cruzamento, mas a bola saiu em linha de fundo.

Aos 19, Kevin foi parado com falta. Ele mesmo cobrou, mas ela bateu na zaga e acabou ficando com o adversário. Aos 22, lance de rapidez. Com Moisés mandando Richard, que na sequência mandou para Rodrigão. O camisa 99 devolveu para Moisés cabecear e o atacante foi parado com trombada. Os jogadores da Ponte pediram pênalti, mas o juiz mandou o jogo seguir.

Aos 27, quase Rodrigão ampliou. Ele interceptou passe do adversário e mandou uma bomba que passou lambendo a trave adversária.  Aos 31, Richard fez bom lançamento para Moisés, mas o atacante não conseguiu concluir. Aos 34, Rodrigão foi parado com falta. Aos 38, Josiel – que havia acabado de entrar no lugar de Rodrigão – fez bom cruzamento na área e o goleiro oponente tirou de soco, para a lateral.

Aos 40, lance perigoso do adversário, que foi cortado por Rayan e Ivan acabou ficando com a sobra. O CRB pressionava, mas a Macaca se defendia bem apesar do homem a menos, com muita raça, e ainda conseguia criar algumas chances. Aos 45, Rayan fez bom corte em jogada de ataque. No lance seguinte, Ivan fez boa defesa.

Os donos da casa seguiam numa verdadeira blitz, mas a zaga da Ponte era soberana, com grande estaque para Rayan, que fez seu primeiro jogo após voltar de lesão.  Aos 48, bom contra-ataque com Josiel saindo em velocidade e mandando para Moisés, mas o atacante não alcançou. Aos 49, excelente defesa de Ivan em chute perigoso do adversário. Aos 50 minutos, o juiz apitou o fim da partida: 1 a 1.

Ficha de jogo

Ponte Preta: Ivan; Kevin (Marcos Jr), Fábio Sanches, Cleylton e Felipe Albuquerque; André Luiz, Vini Locatelli (Rafael Santos) e Camilo (Rayan); Richard (Jean Carlos), Moisés e Rodrigão (Josiel). Técnico: Gilson Kleina.

CRB: Diogo Silva; Reginaldo (Alexandre), Gum, Caetano e  Guilherme Romão (Celsinho); Marthã (Wesley), Renan Bressan e Diego Torres (Alan James); Jajá, Erik (Evandro) e Nicolas Careca. Técnico: Alan Aal.

Gols: No primeiro tempo, Marthã aos 40 minutos e Rodrigão aos 45;

Arbitragem: Rafael Martins de Sá apitou, com Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Jonata de Souza Gouveia como assistentes. Andrea Izaura Maffra Marcelino foi a quarto árbitra.

Cartões amarelos: Marthã, Wesley (CRB)

Cartão vermelho: Cleylton (Ponte Preta)

Jogo válido pela 15ª rodada da série B do Brasileiro, disputado no estádio Rei Pelé, sem público (nem renda) em  virtude da pandemia.

fonte: https://pontepreta.com.br/noticias-detalhe/20210801pppcrb

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana