conecte-se conosco


Estadual

Cuiabá empata em casa com o Vitória, mas permanece no G4 da Série B

Publicado

Foto: Assessoria

Na noite desta terça-feira (08), o Cuiabá entrou em campo pela 27ª rodada da Série B do Brasileirão e somou mais um ponto na luta pelo G4 da competição. Comandado mais uma vez pelo auxiliar-técnico Márcio Henrique, o Dourado empatou com o Vitória por 3 a 3 (gols de Rafael Gava e Elton, duas vezes) e terminou a rodada ocupando a 4ª colocação, com 44 pontos.

Pelo Brasileirão, o Cuiabá volta a campo no próximo sábado, quando visita o Figueirense. Amanhã a equipe decide contra o Luverdense uma vaga para a semifinal do estadual, em jogo que será disputado na Arena Pantanal (o Dourado venceu o primeiro duelo por 2 a 0).

A partida

O Dourado foi cirúrgico na etapa inicial. Na primeira oportunidade clara, Rafael Gava chapou bonito na entrada da grande área e abriu o placar para o Cuiabá aos 13 minutos. Entretanto, aos 16, o Vitória empatou a partida com Thiago Lopes.

Após os gols, o embate continuou acirrado, movimentado no meio de campo, mas sem muitas chances de gols para as equipes.

Aos 32 minutos, o Dourado perdeu Elvis, que sentiu um desconforto muscular e deu lugar a Felipe Ferreira.

Na etapa final, o auriverde voltou a campo com duas mudanças. O auxiliar-técnico Mário Henrique promoveu Yago e Marcinho no lugar de Felipe Marques e Maxwell, mas quem voltou melhor foi o Vitória, que virou o jogo com gol de Fernando Neto, de cabeça, após cobrança de falta.

Minutos depois, Ednei cometeu penalidade na grande área, desperdiçada por Vico.

Daí em diante o Dourado cresceu no jogo, sufocou o Vitória e, com dois gols de Elton, empatou e virou a partida.

Quando o jogo sinalizava para mais uma vitória do auriverde jogando em casa, o Vitória chegou a igualdade no placar aos 37 minutos, mais uma vez com Thiago Lopes – a bola ainda desviou na cabeça de Ednei antes de encontrar a rede.

O Dourado ainda buscou o ataque, mas não conseguiu encontrar o caminho do gol.

Fim de jogo na Arena, 3 a 3.

O Cuiabá, escalado por Márcio Henrique, foi a campo com: João Carlos, Lucas Ramon, Ednei, Anderson Conceição e Romário, Pierini (Nenê Bonilha), Rafael Gava (Jean Patrick) e Elvis (Felipe Ferreira), Maxwell (Marcinho), Felipe Marques (Yago) e Elton.

Comentários Facebook

Estadual

Torcedor já pode adquirir ingressos para assistir União E.C x Boa Esporte pela 2ª Fase do Brasileiro Série D

Publicado

Neste sábado (11.09) às 15h00 o no Estádio Luthero Lopes, o União recebe o Boa Esporte-MG na primeira partida válida pela 2ª fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

O torcedor poderá adquirir o ingresso no valor de R$60,00 e meia entrada R$30,00, no CT do União em horário comercial.

Serão obedecidos todos os protocolos de segurança, como o uso de máscara, apresentação da carteirinha de vacinação, distanciamento e álcool gel.

Abertura dos portões do estádio será às 13h30.

Comentários Facebook
Continue lendo

+ Esportes

Com atleta de Mato Grosso, Brasil conquista ouro inédito na Paralimpíada de Tóquio

Publicado

Foto por: Divulgação

Mais do que o nome de craque que carrega, Romário Diego Marques, mato-grossense de coração, agora ostenta a inédita medalha de ouro com a seleção masculina de goalball, na Paralimpíada de Tóquio, que ocorre no Japão. Capitão do goalball brasileiro, Romário disputa Jogos Paralímpicos pela quarta vez.

“Estamos muito orgulhosos de ter o integrante de uma equipe mato-grossense na seleção brasileira, e ainda mais orgulhosos com a conquista de um resultado tão expressivo. Além de muitos gols que o Romário marcou durante toda a competição, ele foi peça fundamental pela experiência. Assim, ganha o Brasil, ganha Mato Grosso, ganham as pessoas com deficiência. Agora é esperá-lo voltar para casa para poder entregar os prêmios Participação Olímpica e Medalha Olímpica, do Projeto Olimpus. Muito merecidos, por sinal”, diz Jefferson Neves, secretário adjunto de esporte da Secel.

No currículo, o craque, ala da seleção brasileira, dono da camisa numero 6, conquistou medalha de bronze nos Jogos Paralímpicos de Verão de 2016, no Rio de Janeiro, após derrotar a Seleção Sueca de Goalball por 6 a 5. O atleta tem ainda os ouros nos jogos Parapan-Americanos de Guadalajara, em 2011, de Toronto, em 2015, e no Mundial da IBSA, na Finlândia, em 2014. Além disso, Romário também conquistou prata nos Jogos Paralímpicos de Londres, em 2016.

Romário esteve presente nas principais conquistas do goalball masculino brasileiro, como no título mundial em 2014, a prata nos Jogos Paralímpicos Londres 2012 e os dois ouros nos Jogos Parapan-Americanos, em Guadalajara 2011 e Toronto 2015.

Projeto Olimpus

O Projeto Olimpus garante aos esportistas de Mato Grosso o Prêmio Participação Olímpica, que oferece recompensa em dinheiro por participação nas Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tóquio. São R$ 30 mil reais para cada atleta e paratleta classificado para as competições mundiais. Para os técnicos convocados a premiação é de R$ 10 mil.

Ainda tem o Prêmio Medalha Olímpica, em que os participantes mato-grossenses têm a chance de receber R$ 100 mil se forem medalhistas olímpicos, independentemente se de bronze, prata ou ouro. No caso de técnico medalhista, o prêmio é de R$ 30 mil.

O Projeto Olimpus atende hoje 151 atletas profissionais e de base em diversas categorias, 40 treinadores e investe mais de R$ 3,2 milhões no incentivo às práticas esportivas em Mato Grosso.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana