conecte-se conosco


Atletismo

Calor será mais um adversário na Meia Maratona de São Paulo

Publicado

Completar os 21 quilômetros da Meia Maratona Internacional de São Paulo já será um grande desafio para os cerca de 7,5 mil atletas participantes, segundo previsão dos organizadores da prova. Outro será superar os adversários, entre eles o calor. Nesta quinta-feira (30), durante a retirada dos kits, grande parte dos competidores reconheceu que a dificuldade será ainda maior. A prova terá transmissão ao vivo da TV Brasil, domingo (2), a partir das 6h15. A disputa nas ruas da capital paulista tem início às 6h28, com a largada do pelotão de cadeirantes. Às 6h30, será a vez dos grupos de elite masculino e feminino. Os demais competidores e os atletas que correrão a prova de 5 quilômetros saem às 6h35.

Segundo o site Climatempo, especializado em meteorologia, a previsão é que a temperatura no domingo varie de 20 a 22 graus entre 6h e 8h, período em que a prova será disputada. Já a expectativa é que a umidade relativa do ar supere 90%. Segundo Diego Leite de Barros, fisiologista do esporte do Hospital do Coração de São Paulo (HCor), isso merece atenção dos competidores.

“O problema de altas umidades é que a transpiração fica dificultada. O benefício do resfriamento da pele quando a pessoa sua, quando evapora a gota de suor, acaba reduzido. Quando a eficiência na transpiração é menor, a sensação de esforço e cansaço pode ficar maior, com a impressão de que o calor está mais forte. Aí, obviamente, você tem queda no desempenho físico e aumento na desidratação”, explicou.

Segundo ele, além de priorizar roupas leves, que facilitem a transpiração, os atletas precisam tomar bastante água durante a prova. A organização terá 12 postos espalhados pelos 21 quilômetros, sendo 11 no percurso e um na chegada – mesmo lugar da largada –, na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu. Confira aqui o local dos postos.

Nesta quinta-feira (30) teve início da distribuição dos kits da prova aos participantes. Ele inclui itens como toalha, bolacha e macarrão, além do chip para cronometragem de tempo, e segue nesta sexta-feira (31), das 11h às 20h, e no sábado (1), das 11h às 18h, na Avenida Paulista, 854, na Bela Vista.

Edilson dos Santos Souza foi um dos primeiros a chegar ao local. Concluir a prova será apenas uma das missões dele na Meia Maratona. Além de auxiliar de logística, ele é atleta-guia de Edneusa Dorta, medalhista de bronze na maratona para corredores com deficiência visual na Paralimpíada do Rio de Janeiro, em 2016.

“A responsabilidade é muito grande. Tenho que passar o maior número de informações do que acontece na prova, para ela absorver. Não posso errar no percurso e nem passar acima do ritmo. Tem que estar concentrado, não sair da sincronia e ficar sempre ao lado dela”, destacou.

A retirada dos primeiros kits reuniu atletas de diferentes faixas etárias e motivações. “Comecei a correr há 14 anos. Nunca tinha praticado esportes. Depois, vi os benefícios que [a corrida] trouxe para mim em termos de saúde. Acabei me apaixonando”, revelou a aposentada Marisa Hashimoto.

“Essa é uma prova muito desafiadora, difícil”, contou a vendedora Eliana Zungalo, que competirá na Meia Maratona pela terceira vez junto do marido. “Éramos muito gordinhos. Começamos [a correr] para perder peso. Para encarar o primeiro quilômetro, levaram dois meses (risos). Agora, já enfrentamos 21, 42 e, se Deus quiser, em outubro, vamos para [uma prova de]) 75 quilômetros”, completou.

Entre os homens, o destaque é o queniano Edwin Rotich, bicampeão da Corrida de São Silvestre (2012 e 2013). No feminino, a ugandense Emily Chebet, vice-campeã da Volta Internacional da Pampulha, é uma das candidatas na competição deste domingo. Os principais nomes brasileiros vêm de Minas Gerais: Giovani dos Santos, bicampeão da Meia Maratona Internacional de São Paulo (2014 e 2016), Adriana Domingos da Silva, segunda na Maratona de Curitiba (2013) e Larissa Quintão, quinta na Meia Maratona do ano passado.

Edição: Sergio du Bocage
Comentários Facebook

Atletismo

Corrida Viva Saúde marcou o aniversário de 67 anos de Rondonópolis

Publicado

 

Foto: Ilcimar Aranhas

Rondonópolis completou 67 anos de emancipação politica e administrativa nesta quinta-feira (10), mas quem fez a festa foi os 300 atletas que invadiram as ruas da cidade para participarem da ‘1ª Corrida Viva Saúde’.

O evento foi organizado pela  JJ Esportes LTDA.

A corrida teve grande adesão de atletas e simpatizantes do esporte, tanto o ponto de partida quanto o de término das disputas ocorreu na Avenida Lions Internacional esquina com Fernando Correia da Costa.

O evento contou com trajeto de 5 e 10 km de distância, com muita disputa na reta final, onde os corredores elogiaram muito a organização do evento, pois não teve nenhum problema, com largada no horário, medalhas, água, frutas, cronometragem e premiação, tudo que os atletas esperavam de uma corrida bem organizada.

Para abrilhantar a festa o atleta olímpico, Giovani dos Santos, deu um passeio no evento competindo de forma simbólica nos 10km.

O campeão na geral masculina 5km foi Ricardo Lourenço e no feminino foi a atleta Luzinete Andrade. Já nos 10km o campeão geral masculino foi Antônio de Souza (Maranhão) e no feminino foi Juscileide Nogueira.

Click aqui e Veja Classificação completa 

Comentários Facebook
Continue lendo

Atletismo

Abertas as inscrições para a Corrida Solidária em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

Os amantes de corrida rua já podem preparar o tênis, vem aí mais desafio em Rondonópolis. A Corrida e Caminha Solidária está com inscrições abertas e será realizada no dia 20 de dezembro.

A iniciativa é de voluntários do projeto Transbordar, uma organização que conta com apoiadores de Rondonópolis, Pará, São Paulo, EUA e tem objetivo de estimular a prática esportiva e a solidariedade.

A ficha de inscrição está disponível no site https://rogeriocustela.com.br/new/. O participante pode escolher o percurso de 5 km ou 10 km e a modalidade (corrida ou caminhada). A taxa de inscrição tem custo de R$ 50,00 e 1 quilo de alimento não perecível. A renda será revertida para compra de cestas básicas para famílias carentes.

O participante tem direito a um kit com camiseta, medalha, viseira que deve ser retirado no mesmo dia do evento, das 05h30 até às 09h30. O percurso será entre a ponte Otaviano Muniz e toda a extensão do calçadão da Avenida dos Estudantes.

Informações pelo telefone: 66 99986-3116.

Regulamento

1 – Dia 20 de Dezembro no GRUPO ECHER – Av. Lions Internacional – Vila Aurora, das 05h30 até às 09h30, retire o kit e já realize sua corrida ou caminhada de 5km ou 10km pela região da ponte nova e calçadão da avenida dos estudantes.
2 – Após conclusão retorne ao GRUPO ECHER onde será entregue a medalha.
3 – O atleta terá que apresentar por meio de relógio ou celular, a conclusão do percurso escolhido para retirada da medalha.
4 – Ao participar corrida, o atleta assume total responsabilidade pela as informações fornecidas no ato da inscrição. O atleta declara gozar de boa saúde e estar apto para praticar atividade física. Assume quaisquer outras despesas necessárias ou provenientes da sua participação.
5 – Não haverá reembolso por parte da organização bem como seus patrocinadores, apoiadores e realizadores, de nenhum valor correspondente a equipamentos e/ou acessórios utilizados pelos atletas no desafio, independente de qual for o motivo, nem por qualquer extravio de materiais ou prejuízos que por ventura o atleta venha sofrer durante a participação da corrida.
6 – A organização não se responsabiliza pelo local onde o participante escolhe para correr, cabe ao participante a escolha de um local condizente com a situação governamentais, assim como resguardo de sua saúde.
7 – A organização recomenda rigorosa avaliação médica, inclusive a realização de teste ergométrico prévio para todos os atletas participantes.
8 – Poderão os organizadores/realizadores suspender a corrida, por questões de segurança pública, atos públicos, vandalismos e/ou motivos de força maior.
9 – Cada atleta é responsável pelo seu sistema de hidratação.
10 – Compras de kits fora da cidade de Rondonópolis-MT, frete por conta do atleta.
11 – kit composto de camiseta, medalha, viseira.
12 – Camisetas tamanhos P, M, G, GG e BABY LOOK P, M, G, GG.
13 – NÃO HAVERÁ TROCA DE CAMISETAS NA RETIRADA DE KIT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana