conecte-se conosco


Esportes

Brasil estreia com medalha no Grand Slam de Judô de Budapeste

Publicado


No primeiro dia de disputas no Grand Slam de Judô de Budapeste (Hungria),  o brasileiro Willian Lima, de 20 anos, faturou a medalha de bronze na c ao vencer por dois waza-ari (ippon) o meio-leve (categoria até 66 quilos) o atleta Erkhembayar Battogtokh, da Mongólia. Com o triunfo, Lima garantiu 500 pontos no ranking, que vale para a classificação para à Olimpíada de Tóquio (Japão) em 2021. Atualmente,  o brasileiro ocupa a 29ª colocação

A corrida pela vaga olímpica foi estendida até 29 de junho de 2021, devido ao adiamento dos Jogos de Tóquio (Japão) para o ano que vem. Os 18 judocas mais bem colocados no ranking – em cada categoria, e por gênero – carimbam o passaporte rumo a Tóquio. A competição distribui mil pontos aos atletas campeões. Atualmente, Willian Lima ocupa a 29ª colocação.

A competição em Budapeste marca o retorno do Circuito Mundial de Judô após seis meses de paralisação, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covdi-19). O evento termina no domingo (25). A delegação brasileira conta com 18 judocas – 12 homens e seis mulheres – na capital húngara, onde estão cerca de 400 atletas de 69 países, incluindo o Brasil. As lutas tem transmissão gratuita, ao vivo, no portal da Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês). Confira no final do texto a programação das lutas deste fim de semana. .

O judoca publicou mensagem no Instagram, dedicando a conquista desta sext-feira (23) aos atletas italianos que não puderam participar do Grand Slam devido à pandemia. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Essa medalha eu dedico as pessoas da Itália que por motivos de saúde não puderam competir mas também dedico a cada pessoa responsável pela missão Europa @timebrasil , @noticiascbj e @portugaljudo pois se não fosse a ajuda de vocês nesse tempo difícil de pandemia não teria conseguido treinar de forma que atingisse minha melhor forma para voltar a competir. Muito obrigado a todos que torcem e estão comigo nessa caminhada. . . . I dedicate this medal to people from Italy who for health reasons could not compete but I also dedicate to each person responsible for the Europe mission @timebrasil, @noticiascbj and @portugaljudo because if it weren’t for your help in this difficult time of the pandemic, I wouldn’t have been able to train in a way that would reach my best form to compete again. Thank you very much to everyone who cheers and is with me on this journey.??#CBJ #COB #MB #BolsaAtleta #ForUs ?? ?? ??

Uma publicação compartilhada por Willian Lima ? (@wlima_) em 23 de Out, 2020 às 11:38 PDT

Caminho até o bronze

Nesta sexta-feira (23), o brasileiro estreou com vitória após um ippon contra o israelense Yarin Menagede. Na rodada seguinte, Willian se classificou para as oitavas de final ao superar por waza-ari o atleta Azeri Nijat Shikhalizada, do Azerbaijão, um dos cabeças de chave da categoria até 66 kg. Nas oitavas, o brasileiro se destacou pela intensidade: venceu o  o mongol Narmandakh Bayanmunkh, e o peruano o Juan Postigos. Na penúltima luta, a disputa seguia equilibrada com o russo Abdula Abdulzhalilov até que o adversário encaixou um contra-golpe, venceu o brasileiro, garantindo a vaga na final. Willian ficou com um dos bronzes, o outro foi para o Orkhan Safarov, do Azerbaijão.

Lutas deste fim de semana

Sábado (24)

6h – Preliminares

10h – Bloco Final (medalhas)

Lutam: Ketleyn Quadros (63kg), Maria Portela (70kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), João Pedro Macedo (81kg) e Guilherme Schimidt (81kg). 

Domigo (25)

6h – Preliminares

10h – Bloco Final (medalhas)

Lutam: Maria Suelen Altheman (+78kg), Beatriz Souza (+78kg), Rafael Macedo (90kg), Marcelo Gomes (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Silva “Baby” (+100kg) e David Moura (+100kg).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook

Esportes

Mais três pontos! Ju vence o Náutico e segue no G4 da Série B

Publicado


O Verdão lutou muito para conquistar a 11ª vitória na Série B. A equipe do técnico Pintado recebeu o Náutico e com gol de Capixaba no comecinho do segundo tempo, venceu por 1×0. Com os três pontos conquistados, o Juventude chega aos 40 e se mantém no G4, na quarta colocação. A partida ocorreu na noite deste sábado (28/11), no estádio Alfredo Jaconi.

O jogo

O primeiro tempo foi truncado e de poucas oportunidades de gol para os dois lados. O Náutico até tentou propor o jogo nos primeiros minutos, mas o Juventude soube adminsitrar as investidas do adversário. Quando foi para o ataque, o time Alvivetde mostrou força. Aos 15, Cajá cobrou escanteio e Odivan subiu na segunda trave para mandar de cabeça. Anderson apareceu para tirar no ângulo.

O Juventude voltou a assustar e quase abriu o placar aos 27. Capixaba recebeu na entrada da área, limpou o marcador e soltou a bomba. Anderson, mais uma vez, fez milagre. O Náutico ainda assustou com Erick, em chute colocado, mas Carné, bem posicionado, fez a defesa.

Se o Verdão não conseguiu balançar as redes no primeiro tempo, precisou de menos de dois minutos para inaugurar o marcador na etapa complementar. Aos dois, Capixaba recebeu de Grampola na entrada da área e soltou o pé. A bola  desviou na zaga e estufou as redes. 1×0. A partir daí o jogo voltou a ficar truncado e com poucas oportunidades.

Os visitantes tiveram duas chances com Kieza. Aos onze, o camisa nove finalizou de dentro da área, mas parou em boa defesa de Carné. Aos 28, Kieza aproveitou sobra na pequena área e tentou a bicicleta. A queima-roupa, Marcelo Carné mostrou segurança mais uma vez e operou um milagre! Com o placar na mão, o Juventude segurou bem o jogo, controlou as ações e garantiu mais uma importante vitória na Série B.

O próximo compromisso Alviverde é longe de casa. Na próxima quarta-feira (02), às 19h, o Juventude viaja até Ribeirão Preto para enfrentar o Botafogo (SP).

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Santos goleia o Sport por 4 a 2 e avança na tabela

Publicado


Na tarde de sábado (28), o Santos goleou por 4 a 2 o Sport na Vila Belmiro com gols de Marinho, Lucas Braga, Bruno Marques e Soteldo. Com o triunfo, o Peixe avançou na tabela e assumiu a 5ª colocação.

Em ótimo momento na temporada, foi a primeira vez no ano em que o time santista marcou quatro gols em uma partida.

O Alvinegro teve o retorno do técnico Cuca, após ficar afastado pelo Covid-19. E o seu retorno foi coroado com uma substituição fundamental para a vitória santista. Ele promoveu a estreia nos profissionais do atacante Bruno Marques, de 1,94m. E com poucos minutos em campo, a sua estrela brilhou.

Agora, o próximo compromisso do Peixe será o jogo da volta diante da LDU, pela Taça Libertadores, também na Vila Belmiro, na terça-feira (1), as 19h15. O Santos pode empatar ou até perder por um gol de diferença que estará classificado para as quartas de finais.

O jogo

O Santos iniciou a partida pressionando, e logo aos três minutos em falta cobrada por Marinho, surgiu a primeira oportunidade de gol. A zaga do Sport desviou a bola para escanteio, e o árbitro Wilton Pereira foi chamado pelo VAR para visualizar o lance com mais precisão. Ao analisar a jogada, o árbitro assinalou pênalti para o Santos, constatando que o desvio da zaga do Sport foi com a mão. Marinho foi para a cobrança, e marcou seu 13º gol no Campeonato Brasileiro, mantendo a vice-artilharia na competição. No ano, foi o seu 19º tento.

Sete minutos depois, Diego Pituca lançou Lucas Braga na entrada da grande área, e o atacante santista finalizou com categoria para marcar o segundo gol do Peixe, e mais uma vez ,o VAR entrou em ação. O árbitro anulou o gol alegando impedimento do zagueiro Lucas Veríssimo, que estava participando do lance. Após a checagem do VAR, o gol foi validado, e Lucas Braga pôde comemorar seu 2º gol com a camisa do time santista, e o primeiro no Campeonato Brasileiro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana