conecte-se conosco


Esportes

Athletico perde do Grêmio e no final da partida dois jogadores são expulsos

Publicado


O Grêmio enfrentou na noite deste domingo, o Athletico-PR, em jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gol de Thaciano, o Tricolor venceu a equipe paranaense por 1 a 0 e garantiu a vaga na Copa Libertadores.

A etapa inicial foi equilibrada, com ambas as equipes buscando o campo de ataque, mas nenhuma conseguiu efetividade. Mas no segundo tempo, após algumas mudanças no time, o Grêmio abriu o marcador. Aos 31 minutos, Lucas Silva deu um passe na meia-lua da grande área para Diego Churín, que chutou, mas a bola explodiu em Pedro Henrique, chegando a Thaciano. O meia chutou forte, estufando as redes e abrindo o placar na Arena.

Com este resultado, o Grêmio subiu para a sexta posição, com 59 pontos e vaga na Libertadores conquistada.

Primeiro Tempo 

O Grêmio iniciou a partida no campo de ataque e logo no primeiro minuto ameaçou. Pepê cobrou um escanteio, colocando na área, Paulo Miranda tentou a finalização, mas a zaga afastou.

Outra chance saiu depois de uma jogada bem trabalhada. Pepê fez um cruzamento da esquerda e Isaque subiu para desviar de cabeça, mas mandou por sobre a meta, com 7 minutos jogados. Em seguida, os paranaenses responderam: Jadson recebeu um passe e tentou a conclusão, mas Kannemann foi preciso e bloqueou o atacante.

Os gremistas tiveram uma nova oportunidade, desta vez em bola parada. Diego Souza cobrou uma falta da intermediária, mas carimbou a barreira, aos 14’.

O Athletico-PR chegou com um cruzamento da esquerda, em que a bola foi alçada na cabeça de Carlos Eduardo, que desviou. Paulo Victor defendeu.

Passados 19’, mais uma chance adversária: Christian acionou Léo Cittadini, que ficou cara a cara com o goleiro gremista e chutou, mas o camisa 1 fez grande defesa. Mas o Tricolor respondeu logo na sequência, quando Victor Ferraz ergueu na área. Santos defendeu, impedindo a sequência da jogada.

Os gremistas seguiram buscando o primeiro gol. Com 23 minutos de bola rolando, Diego Souza tramou boa jogada e rolou para Lucas Silva, que chutou de fora da área, mas mandou muito alto.

Os visitantes quase abriram o placar aos 30’, quando Nikão se antecipou entre a zaga e desviou de cabeça, procurando o canto esquerdo do gol gremista, mas por sorte a bola saiu pela linha de fundo. Outro momento paranaense surgiu quando Jadson tentou de carrinho empurrar para o gol, mas Paulo Victor defendeu.

Já o Grêmio chegou na reta final, com Diego Souza finalizando de primeira, mas por sobre o gol adversário.

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou a campo com três alterações: Saíram Darlan, Éverton e Isaque, para entrar Thaciano, Jean Pyerre e Ferreira.

Aos 6 minutos de bola rolando, o Athletico teve uma falta a seu favor da intermediária, pelo meio. Jadson fez a cobrança, mandando com perigo e tirando tinta da trave gremista.

O Grêmio respondeu com um cruzamento de Ferreira, na direita, em que Thaciano desviou de cabeça, mas a defesa conseguiu cortar. Na sobra, Jean Pyerre arriscou de fora da área, mandando colocado e obrigando grande defesa de Santos, com 8’.

Aos 13 minutos, Diego Souza conseguiu abrir o placar, ao desarmar o goleiro paranaense, mas a arbitragem assinalou falta do camisa 29 sobre o arqueiro.

Outra chance saiu dos pés de Lucas Silva, que arriscou de longe, mandando com perigo, mas a bola saiu. Em resposta, os adversários ameaçaram com um cruzamento de Christian. Após o desvio, Paulo Victor mandou a escanteio.

Com 27’, mais uma chance paranaense: Léo Cittadini recebeu um passe, mas a bola acabou saindo muito forte e a defesa gremista conseguiu ficar com ela.

Já o Grêmio chegou bem com Ferreira, que recebeu, fez uma jogada individual e chutou cruzado, mas a bola passou à direita do gol, saindo pela linha de fundo.

Foi aos 31 minutos, que o Tricolor conseguiu abrir o placar. Lucas Silva deu um passe na meia-lua para Diego Churín, que chutou. A bola explodiu em Pedro Henrique e chegou a Thaciano, que chutou forte, abrindo o placar na Arena.

O Athletico tentou o empate. Passados 38’, Bissoli recebeu na entrada da área chutou, mandando muito perto do gol. Já na reta final, Khellven cobrou uma falta da intermediária no segundo poste, houve o desvio de cabeça, pra fora.

No fim do jogo o zagueiro Thiago Heleno e o volante Richard do CAP reclamaram com com o juiz e Ricardo Marques Ribeiro (MG) e levaram os cartões vermelhos.

De acordo com o Juiz ele tomou a decisão de expulsá – los por agirem com mau respeito e proferirem palavras ofensivas.

Comentários Facebook

Esportes

São Paulo recebe o Santo André pelo Paulistão

Publicado


Após estrear com vitória na Conmebol Libertadores ao derrotar o Sporting Cristal (PER) por 3 a 0, em Lima, o Tricolor retomará o foco na disputa do Campeonato Paulista. Nesta sexta-feira (23), às 20h, no Morumbi, o São Paulo receberá o Santo André em duelo válido pela sexta rodada do estadual.

Com 19 pontos, o time são-paulino lidera o Grupo B, com 19 pontos em oito jogos. A equipe dirigida por Hernán Crespo é seguida por Ferroviária (dez), Ponte Preta (sete) e São Bento (cinco).

Pela frente, o Tricolor enfrentará um adversário que está no terceiro lugar do Grupo A, com seis pontos em seis partidas.

O São Paulo chega embalado ao duelo desta noite, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, depois de vencer os cinco jogos que disputou nesta retomada após a paralisação: São Caetano (5 x 1), Red Bull Bragantino (1 x 0), Guarani (3 x 2), Palmeiras (1 x 0) e Sporting Cristal (3 x 0).

Após o confronto com o clube do ABC Paulista, o São Paulo visitará o Ituano no próximo domingo (25), no interior, na sequência do torneio regional.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Lucas Braga quer reação do Santos contra o Novorizontino: “Temos que nos levantar”

Publicado


A derrota por 2 a 0 para o Barcelona de Guayaquil na última terça-feira (20), na Vila Belmiro, pela estreia na fase de grupos da Conmebol Libertadores de 2021, já é página virada no Santos FC. O Peixe visita o Novorizontino nesta sexta (23), às 22h15, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela 7ª rodada do Paulistão, e o atacante Lucas Braga quer ver a equipe comandada por Ariel Holan mostrando poder de reação na temporada.

“A vantagem de ter uma maratona tão grande de jogos é que a gente já pode dar a volta por cima na partida seguinte. A gente não pode e nem tem tempo para ficar se lamentando. Temos que nos levantar, porque ainda tem muita coisa para acontecer na temporada. O importante é seguir sempre olhando para frente. Precisamos virar a chave, pois amanhã já tem um compromisso importante pelo Paulista e temos que buscar um grande resultado”, afirmou o camisa 30.

E logo após o duelo no interior de São Paulo, o Alvinegro Praiano terá pela frente uma sequência decisiva na temporada. Neste domingo (25), o Santos FC recebe o Corinthians, na Vila Belmiro, pela 8ª rodada do Paulistão. Já na terça-feira (27), os santistas visitam o Boca Juniors, às 21h30, em La Bombonera, pela segunda partida da fase de grupos da Libertadores.

“É uma sequência bem complicada, sim. Vivemos um momento atípico, com tantos jogos em um curto espaço de tempo. Mas temos que seguir trabalhando firme por aqui, preparar principalmente a parte psicológica, pois serão partidas bem importantes para a sequência do e precisamos conquistar essas vitórias”, concluiu Lucas Braga.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana