conecte-se conosco


Esportes

América empata com o Náutico e concretiza o retorno à divisão de elite

Publicado


O América atuou em Recife (PE), na noite de 12 de janeiro de 2021, e concluiu mais um belo capítulo em sua rica história. No Estádio dos Aflitos, o Coelho empatou com o Náutico-PE e garantiu seu sétimo acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. A igualdade em 0 a 0, fora de casa, foi suficiente para sacramentar o acesso americano com quatro rodadas de antecedência.

Com uma campanha irrepreensível na Série B, o time comandado pelo técnico Lisca chegou a 67 pontos conquistados após 34 rodadas disputadas. Com isso, o América se mantém na liderança da competição e, além do acesso, segue forte na briga pelo tricampeonato.

Nesta quarta-feira, o Coelho retorna a Belo Horizonte e terá descanso no decorrer do dia. O time de Lisca fará um único treino na quinta-feira e volta a campo na sexta, às 21h30, quando enfrentará o Botafogo-SP na Arena Independência.

O JOGO

O primeiro tempo no Estádio dos Aflitos foi bem disputado. Em momento de ascensão na Série B, o Náutico-PE, que conseguiu sair da zona de rebaixamento nas últimas rodadas, tentou se impor dentro de casa. A equipe pernambucana conseguiu algumas chances principalmente com Kieza, porém o time americano se postou bem e conseguiu neutralizar as investidas.

A primeira boa chance do jogo, contudo, foi do América. Aos 8 minutos, Ademir recebeu pelo lado esquerdo da área e chutou cruzado para boa defesa do goleiro do Náutico-PE. No minuto seguinte, o time da casa teve uma oportunidade com Kieza, que penetrou a área e tentou driblar Cavichioli, tocando para o meio da área em seguida. Mas a retaguarda americana se recuperou bem e conseguiu bloquear o chute para o gol.

A primeira etapa seguiu aberta. Aos 28 minutos, Juninho apareceu bem dentro da grande área e cabeceou forte para a área. Disputado, o primeiro tempo não teve maiores chances de perigo nos minutos finais.

O segundo tempo seguiu a tônica do primeiro. O Náutico-PE tentava ir para cima, buscando uma vitória para abrir distância do Z-4. O Coelho conseguiu administrar o ímpeto do adversário e construiu duas boas chances. A primeira com Alê, que limpou de fora da área e chutou para defesa do goleiro do Náutico-PE. Depois, em cobrança de falta, Felipe Augusto chutou forte, mas a bola desviou na barreira e foi para fora.

Na sequência, o técnico Lisca promoveu diversas substituições e colocou o América para cima. O jogo seguiu equilibrado e a melhor chance americana aconteceu em disputa na área, na qual a bola sobrou para Neto Berola, mas o atacante furou no momento do chute. Pelo lado do Náutico-PE, Jorge Henrique teve grande chance de marcar o gol nos acréscimos, mas Cavichioli mostrou que estava preparado e fez defesa importante para manter o placar zerado.

Nos minutos finais, o Coelho manteve o importante ponto e comemorou o acesso à Série A ao apito final.

Comentários Facebook

Esportes

Antes de viagem a Goiânia, Ceará treina nessa terça-feira para enfrentar o Goiás

Publicado


Na manhã dessa terça-feira, 19/01, o Ceará participou do segundo dos três treinos preparatórios previstos para o jogo contra o Goiás. Depois de análise tática de vídeo, o grupo foi a campo para trabalhos técnicos-táticos. Em voo direto com tempo estimado em 2h50, a delegação segue viagem para Goiânia hoje ainda, às 23h.

Na tarde de amanhã, 20/01, véspera do jogo, o grupo realiza treino apronto no Centro de Treinamento do Atlético/GO. 23 atletas foram relacionados para a partida diante o Goiás. O lateral esquerdo Bruno Pacheco está fora, após contabilizar o terceiro cartão amarelo na última rodada.

O duelo contra o Esmeraldino também marca o retorno do técnico Guto Ferreira à beira do campo. A partida acontece no estádio da Serrinha, às 19h da quinta-feira, 21/01. Heber Roberto Lopes é quem comanda arbitragem, contando com os auxiliares Kleber Lúcio Gil e Henrique Neu Ribeiro. Rafael Traci será o homem do VAR.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

No Bragantino, Claudinho é o artilheiro com mais gols desde 1995

Publicado


A vitória por 2 a 1 do Red Bull Bragantino sobre o Ceará vai ficar marcada na história do clube. Com dois gols de pênalti, Claudinho chegou a 13 neste Campeonato Brasileiro e agora é o maior artilheiro do Braga em uma única edição da Série A. A marca anterior pertencia ao Kelly (lembra?), que marcou 11 vezes em 1995.

Embalado, Claudinho tem mais oito rodadas pela frente não só para escalar ainda mais o seu recorde como também para encostar em Thiago Galhardo, do Inter, artilheiro isolado do Brasileiro 2020-2021 com 16 gols. Artiheiro do campeonato, sim, ué. Por que não?
Veja abaixo quem são os cinco jogadores com mais gols pelo Bragantino em uma edição da Série A do Campeonato Brasileiro:
JOGADOR TEMPORADA GOLS
Claudinho 2020 13
Kelly 1995 11
Reinaldo 1998 10
Silvio 1991 9
João Santos 1990 7

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana