conecte-se conosco


Esportes

Tóquio 2020 apresenta nova tocha olímpica sustentável e divulga programação

Publicado


Tóquio 2020: Comitê apresenta a tocha olímpica
Reprodução

Tóquio 2020: Comitê apresenta a tocha olímpica

O Comitê Organizador das Olimpíadas de Tóquio 2020 apresentou nesta quarta-feira a nova tocha olímpica, que foi desenhada pelo japonês Tokujin Yoshioka, designer e arquiteto. A peça pesa 1,2 kg e mede 71 milímetros de comprimento. 

Leia também: Brasil deve ter 250 atletas em disputa nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020

A tocha de Tóquio 2020 utiliza cerca de 30% de alumínio reciclado. Esse tipo de metal havia sido originalmente usado na construção de casas pré-fabricadas após o desvastador tsunami de 2011 no Japão.

O formato do objeto é inspirado em uma flor de cerejeira, um dos símbolos do país asiático. As peças serão produzidas com uma folha única de alumínio e a tecnologia é semelhante à utilizada na construção de trens-bala.

“A confecção da tocha olímpica incorpora a paixão por reconstrução e a consideração pela sustentabilidade”, disse o comitê organizador em nota oficial.

Leia também: Atletas estarão proibidos de fumar nas instalações dos Jogos de 2020

No topo da tocha, existem cinco pétalas de flor onde o fogo será propagado, formando uma chama só. Os organizadores japoneses chamam de “trilha da esperança”. Para que não se apague, existem dois sistemas de combustão: um com uma chama de alta concentração de calor e outro mecanismo sem chama.

Como de costume, a tocha olímpica fica na Grécia – berço dos Jogos – até 19 de março, quando acontece a entrega oficial da chama que, no dia seguinte, viaja para o Japão . O lema do revezamento ficou definido como “Hope Lights Our Way”, que significa “A esperança ilumina nosso caminho”

O acendimento será no dia 12 de março do ano que vem, na cidade de Olímpia, na Grécia. O revezamento pelo Japão começa no dia 26 de março, com Fukushima sendo a primeira das 47 cidades a receber a tocha olímpica.

Ao todo, serão 121 dias de corrida com a chama olímpica até a entrada na abertura oficial dos Jogos, no dia 24 de julho, no Estádio Nacional de Tóquio.

Programação do revezamento da tocha olímpica
:

12 de março de 2020 – Cerimônia de acendimento da chama olímpica – Olímpia/Grécia
12 a 19 de março de 2020 – Revezamento na Grécia
19 de março de 2020 – Entrega da tocha olímpica – Atenas/Grécia
20 de março de 2020 – A chama chega na base aérea de Matsusima, na prefeitura de Miyagi, e será colocada para exibição do Minamihama Tsunami Recovery Memorial Park, na cidade de Ishinomaki, por cinco dias
26 de março de 2020 – Início do revezamento dentro do Japão

Ordem das cidades japonesas que receberão o revezamento da tocha
:

1 – Fukushima – 26 a 28 de março de 2020
2 – Tochigi – 29 a 30 de março
3 – Gunma – 31 de março a 1º de abril
4 – Nagano – 2 a 3 de abril
5 – Gifu- 4 a 5 de abril
6 – Aichi – 6 a 7 de abril
7 – Mie – 8 a 9 de abril
8 – Wakayama – 10 a 11 de abril
9 – Nara – 12 a 13 de abril
10 – Osaka – 14 a 15 de abril
11 – Tokushima – 16 a 17 de abril
12 – Kagawa – 18 a 19 de abril
13 – Kochi – 20 a 21 de abril
14 – Ehime – 22 a 23 de abril
15 – Oita – 24 a 25 de abril
16 – Miyazaki – 26 a 27 de abril
17 – Kagoshima – 28 a 29 de abril
18 – Okinawa – 2 a 3 de maio
19 – Kumamoto – 6 a 7 de maio
20 – Nagasaki – 8 a 9 de maio
21 – Saga – 10 a 11 de maio
22 – Fukuoka – 12 a 13 de maio
23 – Yamaguchi – 14 a 15 de maio
24 – Shimane – 16 a 17 de maio
25 – Hiroshima – 18 a 19 de maio
26 – Okayama – 20 a 21 de maio
27 – Tottori – 22 a 23 de maio
28 – Hyogo – 24 a 25 de maio
29 – Kyoto – 26 a 27 de maio
30 – Shiga – 28 a 29 de maio
31 – Fukui – 30 a 31 de maio
32 – Ishikawa – 1º a 2 de junho
33 – Toyama – 3 a 4 de junho
34 – Niigata – 5 a 6 de junho
35 – Yamagata – 7 a 8 de junho
36 – Akita – 9 a 10 de junho
37 – Aomori – 11 a 12 de junho
38 – Hokkaido – 14 a 15 de junho
39 – Iwate – 17 a 19 de junho
40 – Miyagi – 20 a 22 de junho
41 – Shizuoka – 24 a 26 de junho
42 – Yamanashi – 27 a 28 de junho
43 – Kanagawa – 29 de junho a 1 de julho
44 – Chiba – 2 a 4 de julho
45 – Ibaraki – 5 a 6 de julho
46 – Saitama – 7 a 9 de julho
47 – Tóquio – 10 a 24 de julho

Leia também: COI anuncia que equipe de refugiados irá competir na Olimpíada de Tóquio

O que achou da tocha olímpica dos Jogos de Tóquio 2020 ? Comente abaixo.

Comentários Facebook

Esportes

Vasco ainda digere o gosto agridoce dos empates

Publicado

source

O empate nos minutos finais de um jogo de futebol pode ser doce ou amargo. O Vasco experimentou os dois sabores nas últimas partidas. Primeiro contra o Flamengo, quando Ribamar empatou, aos 47 do segundo tempo, o clássico no Maracanã. Já contra o Goiás, em São Januário, viu o esmeraldino igualar o marcador, com um gol contra do zagueiro Henríquez no último lance da partida.

“Sãos sensações bem distintas dentro de uma semana”, diz o goleiro Fernando Miguel. Segundo o arqueiro, é necessário pensar no próximo adversário, o São Paulo. Este jogo será no Morumbi, mas só irá acontecer no dia 28 de novembro, pois o time de São Januário folga nesta rodada, pois teve o jogo contra o Flamengo antecipado por conta da final da Libertadores.

Fernando Miguel e todo o elenco vascaíno retornaram aos treinos nesta quinta (21) no Centro de Treinamento do Almirante. O goleiro vascaíno também falou sobre as ambições da equipe quando faltam quatro rodadas do fim do Brasileirão: “Independente do objetivo, é o respeito e a lealdade que devemos ter com esta camisa até o fim da temporada”.

Edição: Fábio Lisboa
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Torcedores que vão ao Peru devem ficar atentos às regras do país

Publicado

source

Os torcedores que vão viajar por via terrestre para o Peru, para acompanhar a final entre Flamengo e River Plate pela Copa Libertadores, têm que ficar atentos.

Brasileiros não precisam de visto ou passaporte para entrar no país vizinho, mas o documento de identidade (RG) deve ter data de expedição de até 10 anos. Carteira de motorista não é válida para ingresso no Peru.

Por via terrestre, é possível entrar no país pela fronteira localizada no Acre. O governo peruano recomenda que os visitantes ingressem no país pelos postos de controle fronteiriço de Iñapari, em Madre de Dios; Kasani e Desaguadero, em Puno; e Santa Rosa, em Tacna.

Quem for de carro próprio, deve seguir algumas regras para trafegar no país vizinho. O governo peruano exige a contratação do Seguro Obrigatório contra Acidentes de Trânsito, que deve ser apresentado às autoridades em caso de abordagens. Caso o condutor não seja o proprietário do veículo, é preciso ter uma procuração pública autenticada em cartório dando autorização para que outra pessoa conduza o carro. É necessário ainda apresentar a carteira nacional de habilitação.  

Para assistir o Flamengo da arquibancada do Estádio Monumental de Lima, tem torcedor fazendo uma verdadeira peregrinação.

O carioca Edgard Melonio começou sua viagem na terça-feira (19) de avião até a capital acreana, Rio Branco. De lá, já pegou táxi, van e ônibus para conseguir chegar a Lima no sábado.

“Rio de Janeiro, com escala em Brasília, a Rio Branco, na terça-feira. Pegamos um táxi, que rodou cerca de 220 km até a cidade acreana de Assis Brasil, na fronteira com a cidade peruana de Iñapari. Passei pela migração, segui de van para Puerto Maldonado. Em seguida, um ônibus para Cusco”.

O torcedor passará a quinta-feira dentro de outro ônibus rumo à capital, e só deve chegar a Lima no início da manhã de sexta- feira.

Edgar, que é diretor da Torcida Jovem do Flamengo, afirma que a migração peruana abriu um atendimento extra para agilizar a entrada da torcida brasileira.

O governo peruano disponibiliza aos viajantes o serviço de assistência turística iPerú, através do número (+511) 574-8000, o e-mail iperu@promperu.gob.pe e o WhatsApp (+51) 944492314 (somente para mensagens de texto).

A final da Copa Libertadores da América será no próximo sábado (23), no Estádio Monumental de Lima, às 15h (horário local) – às 17h no horário de Brasília. A partida terá transmissão da Rádio Nacional.

Edição: Lílian Beraldo
Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana