conecte-se conosco


Estadual

SÉRIE B: Em Barueri, Cuiabá testa sua força diante do Oeste-SP nesta terça (14)

Publicado

Foto: AssCom Dourado / Divulgação

O Cuiabá volta a jogar nesta terça (14) pela Campeonato Brasileiro da Série B. O Dourado enfrenta o Oeste-SP, às 19h15 (de Brasília), na Arena Barueri, na grande São Paulo, pela quarta rodada da competição nacional.

O Dourado vem de um empate diante do Paraná Clube, por 1 a 1, no último sábado, na Arena Pantanal, quando dominou totalmente as ações, mas o gol sofrido logo no primeiro minuto dificultou a situação. O time do técnico Itamar Schulle soma sete pontos, em três jogos.

Já o Oeste-SP fará seu segundo jogo como mandante. Até aqui, o time que era de Itápolis, interior paulista, e agora joga em Barueri, empatou fora de casa com Sport-PE e Operário-PR, e venceu o CBR-AL, por 1 a 0, em casa. Com cinco pontos, o Rubrão está em sexto.

Para o duelo desta terça, o técnico Itamar Schulle não vai poder contar com o volante Escobar, que sentiu um desconforto muscular na partida do último sábado e foi poupado para esta rodada.

O Cuiabá realizou na tarde desta segunda-feira, no estádio José Liberatti, do Audax, em Osasco, seu único treinamento antes de pegar o Oeste-SP. Itamar Schulle deu atenção especial para a parte tática, além de bolas paradas e posicionamento.

“O Oeste-SP é uma equipe muito experiente, com jogadores acostumados a esta divisão. Assisti os jogos deles. É uma equipe que joga com calma. Teremos que ter atenção total neste duelo” disse Schulle.

NO APITO: Árbitro: William Machado Steffen (SC)
Assistente 1: Eder Alexandre (SC)
Assistente 2: Thiaggo Americano Labes (SC)
4º Árbitro: Adriano de Assis Miranda (SP)

TRANSMISSÃO: SporTV e Premiere

ARTILHEIROS SÉRIE B: (1) Felipe Marques, Todinho e Alê

ARTILHEIROS 2019: (8) Caio Dantas; (4) Alê e Eduardo Ramos; (3) Edson Borges, Todinho e Matheus Pato; (2) Jailson, João Henrique, Agustín Gutierrez e Marino; (1) Felipe Marques, Douglas Mendes, Danilo e Toty

Comentários Facebook

Estadual

Recurso para campeonato de futebol amador foi liberado em 2020

Publicado

A 12ª edição do maior evento de futebol amador do Centro-Oeste está agora com seu cronograma definido para este ano
Final do Peladão 2017 na Arena Pantanal

Final do Peladão 2017 na Arena Pantanal

A emenda parlamentar liberada por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) para o campeonato de futebol amador “Peladão” foi paga somente em fevereiro de 2020, depois de passar por procedimentos administrativos iniciados no mês de outubro do ano passado.

Em 2019, o evento não foi realizado. A planilha com supostas despesas do Peladão 2019 divulgada em um site de notícias da capital se refere, na verdade, aos Jogos Abertos Mato-grossenses, competição disputada no final do ano por equipes da categoria adulta em quatro modalidades (basquete, handebol, futsal e vôlei).

Com a liberação do recurso em 2020, a 12ª edição do maior evento de futebol amador do Centro-Oeste está agora com seu cronograma definido.

As inscrições das equipes começaram no dia 17 de fevereiro e seguem até 19 março, no ginásio Aecim Tocantins. No dia 27 de março ocorre o Congresso Técnico para confirmação dos times e das chaves de disputa. E a partir de abril a bola começa a rolar.

Durante seis meses, equipes de todo o Estado disputam o título do futebol amador “Peladão” em jogos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Acorizal, Jangada, Rosário Oeste, Nobres, Barão de Melgaço, Santo Antonio de Leverger e Chapada dos Guimarães.

A competição já conta com mais de 200 equipes inscritas, sendo metade do interior do Estado. A previsão é que cerca de 450 times participem desta edição que terá R$ 180 mil em premiações para os primeiros colocados. Além do recurso disponibilizado pela emenda parlamentar do deputado estadual Wilson Santos, o evento recebe também apoios da iniciativa privada.

Comentários Facebook
Continue lendo

Estadual

Diretoria do Mixto emite nota e afasta o atacante Eduardo Romarinho

Publicado

NOTA OFICIAL

Foto: Gil Gomes

Por ter desmerecido o Mixto Esporte Clube e seus companheiros de equipe, o atleta Eduardo Romarinho abandonou os treinamentos do time, e em virtude disto foi afastado do elenco alvinegro.

A atitude não é condizente com a ética do maior campeão mato-grossense e de seus lendários atletas, que ajudaram a construir essa linda história.

O Conselho Gestor do Mixto, que administra o departamento de futebol do clube, ressalta que o atleta nunca pediu ao clube sua rescisão contratual ou procurou a instituição para resolver a sua situação.

O clube reforça que vestir a camisa do Mixto Esporte Clube representa vestir também valores dos quais jamais abrirá mão. O jogador de futebol é exemplo para a sociedade – forma opinião e influencia comportamentos. Por isso, precisa ter consciência daquilo que representa pelo que faz dentro de campo e fora dele.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana