conecte-se conosco


Esportes

Sem apoio? Jogo da seleção feminina reúne ‘pequena multidão’ no meio da tarde

Publicado

sesc pompéia
Flavia Matos/ IG

Torcida assiste a Brasil x Itália no Sesc Pompéia

A vitória do Brasil sob a Itália, por 1 a 0 , na Copa do Mundo de futebol feminino, foi assistida por uma pequena multidão no Sesc Pompeia.

Por meio do projeto ‘Corpo Feminino – das proporções ao protagonismo’, a diretoria do Sesc instalou um telão no espaço de convivência e exibe todos os jogos da Copa do Mundo de futebol feminino, tanto do Brasil como de outras seleções.

E nesta terça-feira (18) o local recebeu bastante gente para o último jogo da seleção brasileira na fase de grupos. Timidamente as pessoas começaram a chegar faltando uma hora para o início da partida e assim que a bola rolou as cerca de cinquenta cadeiras dispostas em frente ao telão estavam todas ocupadas.

O público foi muito misto. Entre pessoas de mais idade, jovens e adultos predominou a presença de mulheres. Raquel Moreira, uma animada torcedora que chegou bem cedo, contou que saiu do Edifício Martinelli, na zona central da capital, até a Pompeia para ver as meninas do Brasil.

“Na Copa masculina eles colocaram telões para assistir lá no centro, mas agora não tem nada. Eu não consegui encontrar ninguém para assistir comigo, então vim pra cá”, disse Raquel, que foi liberada do trabalho para ver o jogo.

Quem também estava lá era Julio Franco, de 62 anos. Funcionário de uma gráfica, foi a segunda vez que ele apareceu no Sesc Pompeia para ver o Brasil. “Vim no jogo que nós perdemos [contra a Austrália]. Tinha muita gente. Acho legal essa iniciativa do Sesc e de ver tantas pessoas torcendo pelo Brasil. A torcida é mais animada que para a seleção masculina”, contou.

Leia também:  Gafe – Craque Neto diz que vai narrar gol de jogadora que está fora do Mundial

A dupla de amigas Fernanda e Lúcia Eliza foram assistir pela primeira vez, assim como Raquel, e chegaram cedo para pegar um bom lugar. “Acho muito legal essa iniciativa. A Copa do Mundo feminina está muito emocionante”, opinou Fernanda.

Com a bola rolando o espaço foi ficando cada vez mais cheio de gente. E a cada erro de bola do Brasil era possível ouvir gritos e reclamações. No segundo tempo a tensão aumentou ainda mais e com mais público o Sesc virou uma verdadeira arquibancada.

No lance de pênalti para a seleção brasileira o público enlouqueceu, comemorou o feito de Marta, aplaudiu a camisa 10 quando ela foi substituída e sofreu até o último segundo com a defesa de Bárbara em cobrança de falta da Itália.


“Se fosse o Neymar …”

neymar caído
Pedro Martins / MoWA Press

Neymar foi alvo de ‘cornetadas’ durante jogo da seleção feminina do Brasil

A partida era da seleção feminina, mas a seleção masculina não saiu da boca do povo. A cada lance de falta mais forte, como a de Bartoli contra Debinha, e quando as jogadoras do Brasil caiam em campo, os presentes no Sesc sempre falavam “Se fosse o Neymar ia estar rolando até agora” ou algum outro tipo de piadinha com o camisa 10 da seleção masculina.

No intervalo, quando a transmissão passou as informações do jogo entre Brasil x Venezuela, que acontece na noite desta terça-feira pela Copa América, teve quem disse “Eu não quero saber disso, essa seleção não interessa”.

E se teve cobrança com os jogadores da seleção masculina, teve muito chiado com Ludmilla, a camisa 19. A atleta não tem feito uma boa Copa do Mundo e sempre que perdia a bola a torcida no Sesc reclamava.

Leia também:  Marta se torna a maior artilheira da história das Copas do Mundo com 17 gols

Fora as ‘cornetadas’, a seleção feminina do Brasil teve um apoio gigante de homens, mulheres, crianças, jovens e idosos no Sesc Pompeia. Nas oitavas de final do Mundial, a seleção ainda não tem adversário definido. Pode pegar França ou Alemanha.

Comentários Facebook

Esportes

Após dois anos na Itália, zagueiro Vitor Hugo pode voltar ao Palmeiras

Publicado

Lance

Vitor Hugo arrow-options
Divulgação

Vitor Hugo

O Palmeiras está em negociação com a Fiorentina para repatriar o zagueiro Vitor Hugo. Campeão da Copa do Brasil de 2015 e do Brasileirão de 2016 pelo clube, o defensor vê com bons olhos a chance de retornar ao seu país e a uma equipe em que tornou-se identificado.

Leia mais: Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Vasco serão exclusivos do PES 2020

Dono de 131 jogos e 13 gols com a camisa alviverde, o ex-camisa 4 foi vendido em maio de 2017 à Fiorentina , por 8 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões na época). De acordo com o jornalista Gianluca Di Marzio, o Besiktas (TUR) também tem interesse, mas o Palmeiras  pagará 5,5 milhões de euros (R$ 23 milhões) para recontratar Vitor Hugo .

Procurado, o clube ainda não confirma o acerto. Juninho foi emprestado ao Bahia, e no momento Luiz Felipe Scolari tem quatro zagueiros à disposição: além dos titulares Luan e Gustavo Gómez, Antônio Carlos e Edu Dracena estão no grupo. 

Leia mais: Craque Neto dispara contra Palmeiras e Felipão: “Vocês são tudo pé de rato”

Vitor Hugo foi contratado do América-MG e tornou-se um dos principais zagueiros do país no Verdão, tanto que chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira. Em 2017, não viveu bons momentos antes de ser negociado, mas sempre repetiu ter carinho pelo Palmeiras.

Em duas temporadas pela Fiorentina,  Vitor Hugo fez 54 partidas e marcou uma vez. Ele, por enquanto, está realizando a pré-temporada com a equipe italiana.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Hulk iraniano chama brasileiro de covarde após desistência de luta

Publicado

Hulk Iraniano chama lutador brasileiro de covarde arrow-options
Reprodução / Instagram

Hulk Iraniano chama lutador brasileiro de covarde

O Hulk iraniano, como é conhecido Sajad Gharibi, decidiu demonstrar toda a sua raiva em uma publicação nas redes sociais, em função da desistência do brasileiro Romário dos Santos, que iria enfrentá-lo em um combate.

O confronto aconteceria na Polônia, mas diante do cancelamento do evento, o Hulk do Irã decidiu se manifestar contra seu oponente e usou palavras fortes para isso.

“Logo percebi que este covarde brasileiro se recusava a lutar comigo no cage . Eu deveria ter percebido que ele não teria coragem para me encarar”, esbravejou Gharibi .

“Ele queria arrancar minha cabeça. Que grande piada. Eu gostaria de tê-lo enfrentado para poder esmagar sua cabeça sob meus pés”, disse o iraniano. Ainda em busca de um rival, ele completou: “De qualquer forma, estou animado por um bom desafio. Vou destruir quem ousar me desafiar”, concluiuo Hulk iraniano.

Ver essa foto no Instagram

Having accepted his challenge, I soon realized that this coward Brazilian Romario( brazilian hulk) refused to fight with me in the cage. I should have known he wouldn’t have the guts to face me. He wanted to knock my head off what a hilarious joke! I wish I could have faced him in the cage so that I could crush his head under my feat. Anyhow, I’m excited for a good challenge. Whoever comes, I’ll be ready. Let me put it in a nutshell whoever dares to challenge me I’ll destroy him. بعد از اینکه من چالش و دعوت مبارزه را قبول کردم متوجه شدم روماریوی ترسوی هالک برزیلی جا زده است و از ترسش حاضر به مبارزه با من در قفس نیست ، از همان اول هم شوخی خنده داری بود که این بچه گفت سر من را جدا خواهد کرد امیدوار بودم که او را در قفس له میکردم که دیگر جرات نکند حرف بزرگتر از دهانش بزند . به هر حال ما در اوج آمادگی هستیم برای مبارزه و حتما به بهترین پیشنهاد جواب مثبت خواهیم داد . هر کس که بخواهد من را به چالش بکشد به بدترین شکل پایان او را رقم خواهم زد . تاکیید میکنم روماریو ترسوی برزیلی حتی از روبرو شدن با من قبل مسابقه هم هراس داشت در هر صورت من برای مسابقه اخر سال میلاد کاملا آماده هستم @romariohulkbrasileirooficial

Uma publicação compartilhada por iranian hulk 🇮🇷 (@sajadgharibiofficial) em 18 de Jul, 2019 às 9:13 PDT


Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana