conecte-se conosco


Esportes

Se Jardine fosse pedreiro, taxista, piloto de avião ou técnico de futebol

Publicado

Se o Jardine fosse garçom, entregaria todos os pedidos. Mas todos errados. Imagine a cena: a mesa um pede uma porção de batata frita e uma cerveja. Ele leva um bezerro manco e xixi de zebra. “Mooooooooo”, diz o bezerro, não acreditando no que vê. O chefe puxa a orelha de Jardine e ele pede desculpas. Mesa dois pede um escondidinho. Jardine, agora atento aos detalhes, se abaixa e se esconde dos clientes. “Não é assim, rapaz”, diz o dono do boteco. “Cê tá ficando xarope”. Uma semana depois, o bar tem seu dia mais importante. Receberá o presidente da República (que também não é grande coisa, muito pelo contrário) e mais uns dois assessores. E mantém Jardine como gerente do bar. É óbvio que vai dar piriri.

Leia também: Análise IMPERDÍVEL sobre a derrota no primeiro jogo

Se o Jardine fosse taxista, levaria todos os passageiros sem reclamar, com sorriso no rosto. Mas levaria para o quinto dos infernos. O primeiro do dia, sete da matina, informa: aeroporto de Congonhas. Jardine se perde, erra o caminho, vai parar em Itapecerica da Serra. “Chegamos, senhor”. Se dá conta que errou. Dá meia volta e vai parar em Araraquara. E em Porto Alegre. E em Belo Horizonte. E em Manaus. No dia seguinte, o mesmo sujeito, acreditando fielmente na volta por cima do ser-humano, vem para outra corrida. Precisa chegar em meia hora. Do Morumbi para Guarulhos. E está com dor de barriga. Jardine como motorista. Óbvio que vai dar piriri. Dos grandes.

Leia também: Somos tão insignificantes que jogamos enquanto choramos

Se o Jardine fosse pedreiro, jamais rejeitaria um serviço. O casal pede um ralo na cozinha. Ele faz o ralo no meio do quarto. De repente, oito ratos saem do ralo. E dez. E quinze. Fazem uma casa dentro da casa. Têm filhos, netos, bisnetos. Mandam embora os donos originais. E Jardine – vendo a besteira que fez – decide tentar expulsar os ratos.  Pensa em todas as possibilidades. Expulsa os ratos colocando queijo em todas as partes. E não se conforma porque os dentuços não fogem do lugar. Tenta comer um dos bichos, vivo. Outra besteira!

Leia também: Jornal coloca Zidane na mira do Chelsea

Se o Jardine fosse presidente do São Paulo , se auto-contrataria para ser técnico do time. A imagem é clara: Insiste em volantes lentos. Em atacantes lentos. Em meio-campistas lentos. E nega os alertas da própria torcida, de saco cheio de suas trapalhadas. Quando a coisa estiver quase perdida, em casa, contra o fraquíssimo Talleres , protagoniza a grande substituição da noite. Para fazer dois gols em 10 minutos e levar para os pênaltis. Ou três, quem sabe. Atenção: coloca o DEFENSOR Araruna para ter mais poder de ataque. Tá na cara: vem piriri aí. E piiiiiiiiiiiiii da arquibancada. 

Comentários Facebook

Esportes

Auxiliar de Tite admite novidades na convocação e adianta nome da próxima lista

Publicado


Cléber Xavier, auxiliar de Tite, adiantou a convocação de Lucas Paquetá
Mowa Press

Cléber Xavier, auxiliar de Tite, adiantou a convocação de Lucas Paquetá

Na quinta-feira da semana que vem, o técnico Tite faz a convocação da seleção brasileira para os amistosos contra Panamá e República Tcheca e um dos nomes dessa lista já foi revelado pelo auxiliar Cléber Xavier: trata-se do meia Lucas Paquetá, do Milan.

Leia também: Kaká elogia Lucas Paquetá, mas nega qualquer semelhança entre eles

Cléber Xavier revelou a convocação de Lucas Paquetá em entrevista ao podcast “Footure FC”. A ideia do treinador é ter o vesrsátil jogador atuando próximo de Neymar no ataque, como terceiro ou quarto homem de meio de campo.

“Quando jogou lado do Cuéllar (como volante), gostei pouco. Com Dorival, mais à frente, já me chamou mais atenção. essa característica dele de chegada. No Milan está fazendo jogo mais simples, mais concentrado, mais posicional”, disse Cléber.

“É pouco ainda de observação do Paquetá, mas eu acho, para o meu gosto, que ele mais perto do gol tem mais possibilidades de sucesso. Tem boa definição, infiltra bem com ou sem bola, tem bom cabeceio, então ele vai nos ajudar muito”, comentou o auxiliar de Tite.


Lucas Paquetá, cria do Flamengo, chegou ao Milan neste ano
Ansa Brasil

Lucas Paquetá, cria do Flamengo, chegou ao Milan neste ano

O membro da comissão técnica da seleção brasileira lamentou não ter contado com Paquetá em mais jogos do ano passado, quando o atleta ainda estava no Flamengo, mas agora, no Milan, ele será presença quase garantida nas listas.

Leia também: Time de Berlusconi contrata irmão de Lucas Paquetá por empréstimo

“Infelizmente não pudemos contar mais vezes com ele. Mas agora dificilmente não vai estar com a gente. A não ser que aconteça alguma coisa, vai estar na convocação de março, vai estar na convocação da Copa América”, adiantou.

“Como no Milan, um pouco mais à frente, chegando mais perto do pivô central, mais perto ali do Neymar ou de quem for jogar no lugar do Neymar no lado esquerdo, sustentando, porque é um menino que tem muita entrega sem a posse”, completou  Cléber Xavier .

Leia também: Lucas Paquetá agrada Gattuso em primeira semana no Milan: “Estou surpreso”

Além de Lucas Paquetá , o auxiliar de Tite revelou que a lista da próxima quinta-feira deve ter algumas novidades.  “A tendência agora nessa última convocação antes da Copa América é olhar mais um ou dois atletas, para se somar àqueles que já olhamos nos amistosos do fim do ano passado. Sem Neymar e sem Douglas Costa, vamos procurar colocar em prática essa renovação”, finalizou. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Caso Daniel: assista aos vídeos com os depoimentos das testemunhas do crime

Publicado


Caso Danie: atleta tirou foto com Cris Brittes e mandou para amigo
Reprodução

Caso Danie: atleta tirou foto com Cris Brittes e mandou para amigo

Na última semana, o Fórum de São José dos Pinhais, no Paraná, recebeu testemunhas do caso Daniel, que deram seus depoimentos sobre os fatos que marcaram o dia do assassinato do jogador, em outubro do ano passado.

Leia também: Confusão e tensão marcam segundo dia de audiências do caso Daniel

No total, 10 testemunhas de acusação e três informantes foram ouvidos pela juíza Luciani Martins de Paula entre segunda-feira e quarta-feira passadas, na região metropolitana de Curitiba. As audiências do  caso Daniel serão retomadas no início do mês de abril.

Leia também: Jovem que ficou com Daniel cozinhou strogonoff para assassino após crime

A Justiça do estado do Paraná divulgou alguns vídeos das primeiras audiências sobre a morte do jogador de 24 anos de idade. Confira nos vídeos abaixo:

Caso Daniel: vídeo do depoimento da testemunha sigilosa 1

Caso Daniel: vídeo do depoimento da testemunha sigilosa 2

Caso Daniel: vídeo do depoimento da testemunha sigilosa 3

Caso Daniel: vídeo do depoimento da testemunha sigilosa 4

Caso Daniel: vídeo do depoimento da testemunha sigilosa 5

Caso Daniel: vídeo do depoimento do um amigo do jogador

Caso Daniel: vídeo do depoimento do delegado Amadeu Trevisan

Caso Daniel: vídeo do depoimento do investigador Marcelo Brandt

Leia também: Cris Brittes pediu para não matar Daniel dentro de casa, revela testemunha

No caso Daniel , Edison Brittes é o assassino confesso do jogador. A Justiça ainda investiga a participação de Allana e Cristiana, filha e mulher de Edison, além de outros envolvidos no crime que chocou o mundo do esporte no ano passado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana