conecte-se conosco


Futebol / CBF

Santa Cruz volta ao Maracanã após 13 anos e aposta no carioca Pipico

Publicado

Pela Copa do Brasil, Santinha retorna ao Maior do Mundo nesta quarta e espera contar com o brilho do seu artilheiro para deixar o Rio com um bom resultado

Pipico - Santa Cruz

Créditos: Rodrigo Baltar / Santa Cruz

Não é exagero afirmar que o Santa Cruz é um dos clubes mais tradicionais do Brasil. Quando se fala em torcida apaixonada então… É aí mesmo que o Santinha aparece. E nesta quarta-feira (17), quando o relógio marcar 21h30 (de Brasília) no Rio de Janeiro, o torcedor coral vai poder matar a saudade de algo que não acontece desde 2006: ver o Tricolor pernambucano em campo no estádio que é conhecido como “Maior do Mundo”, o Maracanã. 

As lembranças da última vez do time pernambucano no Maraca são boas: empate em 1 a 1 com o então campeão da Copa do Brasil, Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro de 2006. Para tentar a sorte no Rio de Janeiro, desta vez diante do Fluminense, o Cobra Coral conta com um atleta que conhece bem o local e o adversário: o carioca Pipico.  Sensação do Santinha em mais uma temporada, o atacante é um dos artilheiros da Copa do Brasil, com quatro gols. Quando defendia o Bangu-RJ, o atleta teve a oportunidade de fazer um gol no Fluminense, mas não neste grande palco do futebol mundial. Por isso, garante que balançar a rede nesta noite de quarta-feira seria especial.

– Lembro de fazer um gol de cabeça no Fluminense, em 2012, lá em Moça Bonita. Mas no Maracanã não tenho dúvidas, seria uma emoção muito diferente! Espero ter alegria jogando novamente por lá. Independentemente de marcar um gol ou não, o importante mesmo é que a equipe saia do Rio com um bom resultado – disse o atleta ao site da CBF.

Antes de enfrentar o Flamengo, em novembro de 2006, o Santa Cruz encarou o Fluminense no Maracanã em agosto do mesmo ano, pelo Brasileirão. O resultado também terminou com empate em 1 a 1. Pipico reconhece que a manutenção deste placar não seria ruim para Tricolor pernambucano na noite desta quarta-feira. 

– Vejo como uma inspiração, com certeza. Enfrentar uma equipe qualificada, como a do Fluminense, e sair com um empate é um bom resultado. Levaremos a decisão para o Recife se repetirmos isto. Vamos tentar fazer um grande jogo para decidir no nosso estádio – acrescentou.

Em 29 partidas na história, o Santa Cruz acumula apenas três vitórias sobre o Fluminense, sendo todas em solo pernambucano. A expectativa de Pipico e seus companheiros é fazer história nesta noite e, quem sabe, arrancar o primeiro triunfo do Cobra Coral diante dos cariocas no Maraca. Por outro lado, o time das Laranjeiras conta com o retorno do badalado atacante Pedro, que volta a ser relacionado após oito meses afastado por lesão, e tem o apoio da torcida em casa. Não vai faltar emoção em mais um confronto de Copa do Brasil!

<!–

–>

Fonte: CBF
Comentários Facebook

Futebol / CBF

Vila Nova-GO perde para o Bragantino-PA, mas avança na Copa do Brasil

Publicado

Na quarta fase!

Vila Nova-GO perde para o Bragantino-PA, mas avança na Copa do Brasil



Bragantino-PA x Vila Nova-GO – jogo de volta terceira fase Copa do Brasil 2019

Créditos: Reprodução/Twitter @VilaNovaFC


Em Belém, Tigrão perdeu por 2 a 1, mas se classificou para a quarta fase com o placar agregado de 3 a 2. Próximo adversário será o Juventude-RS

O Vila Nova-GO está garantido na quarta fase da Copa do Brasil 2019! Na tarde deste sábado (20), o Tigrão perde por 2 a 1 para o Bragantino-PA, no Mangueirão, mas avançou na competição por ter vencido o primeiro jogo por 2 a 0.

Com a classificação confirmada, o Vila avança à próxima fase, onde enfrentará o Juventude-RS. O primeiro confronto está marcado para quarta-feira (24), no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

O jogo

Mesmo com a boa vantagem construída no primeiro jogo, o Vila Nova partiu para o ataque logo no início da partida em Belém. Tanto que, no primeiro minuto de bola rolando, Juninho cruzou pela direita, o goleiro adversário falhou, e Boné aproveitou a sobra para fazer 1 a 0. Aos cinco, o atacante entrou na área pela esquerda e cruzou. Por muito pouco, Rafael Silva não ficou com a bola para fazer o segundo. Depois, o jogo ficou mais equilibrado, com o Bragantino arriscando mais. Após boas tentativas, o time da casa conseguiu o empate aos 39. Marco Goiano cobrou falta com perfeição e deixou tudo igual: 1 a 1.

O ritmo intenso seguiu no segundo tempo. O Vila quase ampliou aos 12, com Bruno Mota acertando um voleio rente ao travessão de Axel. O Bragantino respondeu na sequência, com ótima finalização de Paulo de Tarcio, mas que foi defendida por Rafael Santos. Mas, aos 33, Marco Goiano cobrou falta na área, e Paulo de Tarcio desviou de cabeça para fazer 2 a 1. Embalado, o Tubarão quase marcou o terceiro aos 38, mas o chute de Bruno Limão pegou na trave e não entrou. O time goiano respondeu com Juninho e Helder, que obrigaram Axel a fazer duas grandes defesas em menos de dois minutos. A movimentação seguiu até o apito final, mas sem alterações no placar.

Confira a tabela completa da Copa do Brasil!

Fonte: CBF
Comentários Facebook
Continue lendo

Futebol / CBF

Sábado de Aleluia tem duelo entre Bragantino e Vila Nova

Publicado

Feriadão segue agitado no futebol brasileiro; Bragantino e Vila Nova definem vaga na quarta fase

Bragantino-PA x ASA-AL - primeira fase Copa do Brasil 2019

Créditos: Reprodução/Instagram Bragantino Clube do Pará

É dia de decisão para Bragantino-Pa e Vila Nova. Em pleno sábado de Aleluia, os dois times duelam por uma vaga na Quarta Fase da Copa do Brasil. A bola rola no Mangueirão, em Belém, às 16h (de Brasília). O vencedor do confronto enfrentará o Juventude na sequência da competição.

Uma das surpresas desta Copa do Brasil, o Bragantino precisa de um grande resultado para manter vivo seu sonho no torneio. Na partida de ida, em Goiânia, os paraenses foram derrotados por 2 a 0, e precisam reverter o placar. Uma vitória por três gols de vantagem coloca o time na próxima fase, enquanto qualquer triunfo por dois gols leva a disputa para os pênaltis.

Para o confronto deste sábado, o técnico Eduardo Baptista não poderá contar com três de suas maiores referências dentro de campo. Elias, Alan Mineiro e Danilo são ausências confirmadas no Tigre.

Este último, aliás, foi peça chave na primeira partida do confronto. Com dois gols, construiu a vantagem do Vila ao executar duas cobranças de pênalti.

<!–

–>

Fonte: CBF
Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana