conecte-se conosco


Destaque

Saiba o que é necessário para garantir a melhor recuperação cardiovascular

Publicado

Homem e mulher caminhando euatleta (Foto: Getty Images)

Caminhadas e trotes: recuperação cardiovascular passa por cuidados e exercícios leves (Foto: Getty)

Com a chegada das estações do ano que favorecem a prática de esportes, como se deve comportar quem tem ou teve algum problema cardiovascular? Essa questão que parece resolvida ainda traz dúvidas e preocupações. Começando com uma doença frequente, a hipertensão arterial. Conhecida, mas desvalorizada pela maioria dos seus portadores, ao se fazer exercício ou esporte eleva-se o risco a médio e longo prazo, nada desprezível se não estiver controlada com eficiência.

Os cuidados na preparação de quem corre, pedala, nada, luta e joga futebol

A medicação, correção dos hábitos alimentares com pouco sal, pouca bebida alcoólica e exercícios físicos devem controlar os níveis de pressão para a faixa de 130 x 85, como objetivo a alcançar e manter. Hoje, se sabe que os efeitos benéficos para a pressão arterial perduram por várias horas depois dos exercícios aeróbios e de fortalecimento muscular.

Por isso, sempre se deve descansar após o dia dos exercícios. Quem já teve infarto, fez angioplastia e cirurgia de revascularização por pontes de safena ou implante de mamária tem que seguir regras obrigatórias para alcançar benefícios com baixo risco dos exercícios físicos, apropriadamente chamada de reabilitação cardiovascular. De início, o seu cardiologista deve orientar para que se faça caminhadas leves diárias por até 30 dias e ajustando as doses dos medicamentos, se for necessário.

Nos 30 dias seguintes, passar para caminhadas mais aceleradas quatro vezes por semana que não devem provocar sintomas, porém consulte seu cardiologista para iniciar os 60 dias seguintes. Nesses, aumente para leves trotes três e quatro dias por semana, seja em esteira, numa pista de clube, em ruas sem muita poluição ou à beira-mar.

Cuidado com dicas de saúde e alimentação que prometem milagres

Idosos caminhando euatleta (Foto: Getty Images)Fortalecimento muscular e exercícios aeróbicos sob orientação de professor e cardiologista é fundamental (Foto: Getty)

Não se esquecer do fortalecimento muscular duas vezes na semana. Se for possível mantenha contato com seu médico para quaisquer sintomas que surgirem, mesmo que muito leves. Passados esses primeiros 120 dias após o evento, entramos na reta final de mais 60 dias completando os seis meses necessários para então mudar os rumos da reabilitação cardiovascular e aí já podendo estar liberado para esportes. Claro, se tudo estiver conforme as diretrizes do Departamento de Ergometria e Reabilitação da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Evidente que tudo deve ter a palavra final do cardiologista clínico que acompanha o paciente. Nunca partir para esportes sem passar com essa cuidadosa preparação chamada de Reabilitação Cardiovascular. O futuro dos pacientes que fizeram e fazem essa programação cuidadosa tem sido espetacular, com diminuição de mais de 30% do risco cardiovascular deles, com melhora da qualidade de vida e retorno à vida familiar e profissional. Hoje, temos estudos e regras (diretrizes) que trazem esperança, segurança e saúde para os portadores de doenças cardíacas, até das mais graves.

Em congresso, médicos discutem uso de atestados corretos para academias

*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com

Comentários Facebook

Destaque

Estreia nesta segunda-feira (27) na Rádio 104.1 FM em Rondonópolis o ‘Programa Arena 104 Esportes’

Publicado

A esq. Luciano Feitosa ao lado do Narrador da ESPN, Cledi Oliveira, em seminário de jornalismo esportivo- Foto: Ilcimar Aranhas

Estreia nesta segunda-feira (27) na Rádio 104.1 FM em Rondonópolis, o ‘Programa Arena 104 Esportes’. A programação que irá ao ar de segunda a sexta no horário das 12h ás 13h, será pautada com entrevistas e noticias do esporte local, estadual e nacional. Será um programa de rádio caracterizado pelo uso de uma linguagem acessível e dinâmica, com o intuito de valorizar todas as modalidades esportivas como Futebol, atletismo, ciclismo, futebol americano, basquete entre outros esportes.

A apresentação será de Ana Maria e Luciano Feitosa ‘O engenheiro da Bola’.

Luciano Feitosa é jornalista esportivo e faz parte da nova geração que vem tomando conta da crônica esportiva mato-grossense e irá fazer uma parceria com Ana Maria, comunicadora há mais de 20 anos, que vai ser a nova voz feminina do esporte.

A 104.1 FM, pertence ao Grupo Roberto Dorner de Comunicação, que possui ainda na cidade a emissora de TV (SBT) e a rádio Antena 1 (94.1 FM).

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

SÉRIE B: Cuiabá vence o CRB-AL fora de casa a avança na tabela

Publicado

Foto: Assessoria

O Cuiabá conseguiu mais um ótimo resultado fora de casa pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O Dourado venceu na noite deste sábado (7)o CRB-AL por 1 a 0 no estádio Rei Pelé, e se reaproximou da competição.

O gol da vitória dos mato-grossenses foi anotado no segundo tempo por Felipe Alves.

O resultado coloca o dourado na décima posição com 20 pontos.

Na próxima rodada, o Cuiabá recebe o São Bento-SP na Arena Pantanal no sábado (10).

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana