conecte-se conosco


Esportes

Projeto permite dispensa de trabalhador para acompanhar filho em competições esportivas

Publicado

Um projeto do Senado quer dar o direito de pais adolescentes serem liberados do trabalho para acompanhar os filhos em competições esportivas. Trata-se do Projeto de Lei (PL) 3966/2019, que atualmente está na pauta de reunião da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e deve ser discutido e votado na próxima quarta feira (16).

Segundo proposto no texto, a dispensa do trabalho seria concedida por um período de até três dias. O funcionário teria de fazer o requerimento com, no mínimo, seis meses de antecedência. O acompanhamento é previsto para atletas com menos de 16 anos e deve ser em competições esportivas de cunho oficial e em município que seja diferente do qual o trabalhador seja morador — estas duas últimas regras são uma emenda da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS).

A autoria do projeto é do senador Confúcio Moura (MDB-RO), que ressaltou a importância do esporte como instrumento de desenvolvimento de crianças e adolescentes. “A prática esportiva capacita a pessoa a trabalhar e administrar suas necessidades, desejos e expectativas, bem como as necessidades, expectativas e desejos dos outros e, assim, desenvolver as competências técnicas, sociais e comunicativas imprescindíveis para o seu processo de desenvolvimento individual e social” afirmou.

O texto inicial havia a idade máxima de 18 anos para os pais que quisessem se ausentar do serviço e acompanhar os filhos, mas através de uma emenda da relatora Leila Barros (PSB-DF), o número caiu para 16. Leila justificou: “Sabe-se que adolescentes maiores de 16 anos de idade já ostentam maturidade suficiente para participar em competições sem a presença do genitor. Nesse caso, o responsável pelo adolescente pode ser o técnico ou outro adulto designado na delegação”, explicou.

Comentários Facebook

Esportes

Sem data para retorno de torneios, Fiba propõe ações para retomada

Publicado

source

Uma série de orientações a serem seguidas para a retomada das ligas nacionais de basquete foi divulgada nesta terça (26) pela Federação Internacional da modalidade (Fiba).

Responsáveis por formular o documento, a comissão médica e o comitê de enfrentamento ao novo coronavírus (covid-19) da entidade aconselharam que federações, antes da retomada, criem comitês de avaliação dos cenários locais do vírus, atuem em consonância com órgãos governamentais, orientem e testem todos os envolvidos nos jogos e limitem o acesso a locais de treinamento e competições. Planejamento especial para viagens também foi solicitado. Não houve uma sugestão de data para a volta das disputas.

Contudo, se as partidas tiverem público, a Fiba pediu aos organizadores que respeitem o distanciamento social e cuidem especialmente dos torcedores que estão nos grupos de risco.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Covid-19: grupo britânico McLaren planeja demitir 1.200 funcionários

Publicado

source

Doze dias após perder o piloto de Fórmula 1 Carlos Sainz para a Ferrari que o contratou para a temporada do ano que vem, a fabricante britânica McLaren surpreendeu o mundo ao revelar que pode cortar 1.200 postos de trabalho, o equivalente a aproximadamente 25% do quadro total de funcionários. O desligamento faz parte de um programa de reestruturação elaborado pela empresa, que afirma ter sido impactada finananceiramente pela crise gerada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

“É um curso de ação que trabalhamos duro para evitar, já que adotamos medidas drásticas de economia de custos em todas as áreas da empresa. Mas não temos outra escolha a não ser reduzir o tamanho de nossa força de trabalho”, afirmou o presidente executivo Paul Walsh ao canal de tevê Sky News. 

De acordo com a BBC News, entre os demitidos, estariam funcionários da produção de veículos de rua e até do time de Fórmula 1. A estimativa é de que sejam desligados 70 dos 800 funcionários do time da F1.

A McLaren explicou que com a propagação da covid-19, houve cancelamento de eventos de automobilismo, suspensão em todo mundo de atividades de manufatura e varejo, além da redução de demanda por soluções de tecnologia. Tudo isso, segundo a fabricante britânica, teria impactado repentinamente as atividades de geração de receita. 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana