conecte-se conosco


Esportes

Palmeiras estreia com vitória contra o Atlético Nacional-COL na Florida CUP 2020

Publicado

O Palmeiras entrou em campo às 22h40 – horário de Brasília (20h40 local) da noite desta quarta-feira (15/01), em Orlando, na Florida (EUA), para enfrentar o Atlético Nacional-COL, pela Florida Cup. A peleja começou um pequeno atraso, já que estava prevista inicialmente para 22h30 de Brasília (20h30 local). Os dois times não saíram do 0 a 0 no tempo regulamentar, mas o Alviverde venceu nos pênaltis, por incríveis 10 a 9, conquistando o ponto extra – o regulamento do torneio prevê disputa de pênaltis em caso de empate (ou seja: as duas equipes que empataram ganham um ponto, mas o time vencedor nos penais conquista o ponto extra).

Jailson defende pênalti e garante mais um ponto ao Palmeiras na Florida Cup (Cesar Greco/Divulgação)

LUTO POR VALDIR DE MORAIS

A equipe palmeirense entrou em campo com seus atletas utilizando uma faixa preta amarrada ao braço para simbolizar o luto devido ao falecimento do ex-goleiro Valdir Joaquim de Morais, ídolo palmeirense nos anos 50 e 60 como atleta e, após encerrar a carreira, um dos mais competentes membros de comissões técnicas do país. Valdir faleceu no último sábado (11), aos 88 anos.

REESTREIA DE LUXEMBURGO

Em sua quinta passagem pelo Verdão, Luxemburgo voltou a estrear no comandou do Palmeiras. No saldo geral, já contando esta estreia, seus debutes à frente do time são favoráveis: três vitórias, um empate e uma única derrota. Em 1993, Luxa iniciou seu trabalho contra o Vitória-BA, pela Copa do Brasil, com triunfo por 1 a 0 (20/04). Em 1995, quando retornou em novembro, perdeu para o Atlético-MG por 2 a 0 (seu único revés em estreias no Verdão). Em 2002, Vanderlei Luxemburgo comandou a vitória sobre o Mogi Mirim por 3 a 0, em 13/01, pelo Campeonato Paulista. Já na passagem mais recente, em 2008, estreou vencendo o Sertãozinho por 3 a 0, também pelo Campeonato Paulista.

FELIPE MELO: ZAGUEIRO E CAPITÃO

Dono da camisa 30, Felipe Melo, de 36 anos, contratado pelo Palmeiras em 2017 originalmente como volante – posição na qual se consolidou no futebol – foi testado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo como zagueiro. O comandante palmeirense aposta na experiência e no posicionamento do jogador para sobressair na defesa. Além disso, o Pitbull, como é carinhosamente chamado pela torcida, também vestiu o adereço de autoridade máxima dentro de campo dentre os atletas de seu time: a braçadeira de capitão. Essa é a 10ª vez que o jogador inicia uma partida como capitão do Verdão.

ESTREIAS NO TIME PRINCIPAL

O duelo frente ao colombiano Atlético Nacional, pela Florida Cup, marcou a estreia de alguns valores da base que foram anunciados no time principal do Verdão para a temporada de 2020. São eles: Patrick de Paula (volante), Alan (meia), Gabriel Menino (meia) eWesley (atacante).

O JOGO

O regulamento da Florida Cup permite que sejam realizadas substituições ilimitadas. Por isso, Vanderlei Luxemburgo pôde dar rodagem ao seu grupo. Um total de 23 jogadores atuaram. As duas equipes foram autossuficientes nos dois tempos, por isso a igualdade prevaleceu no placar: 0 a 0. Várias chances para ambos os lados.

PÊNALTIS

Além das alterações ilimitadas, o regulamento também prevê disputa de pênaltis em caso de empate. As duas equipes que empataram ganham um ponto, mas o time vencedor nos penais conquista o ponto extra.

Nas cobranças, Victor Luis foi o primeiro batedor. E converteu: pé esquerdo, bola de um lado, goleiro do outro, em cima. (Palmeiras 1×0 Atlético Nacional-COL). Duque, camisa 9 do adversário, bateu no meio, sem muita força, mas Jailson caiu para a direita e não conseguiu impedir. (Palmeiras 1×1 Atlético Nacional-COL). Luan bateu o terceiro penal (segundo do Verdão) e sem muita cerimônia marcou o seu, com força (Palmeiras 2×1 Atlético Nacional-COL).

Na outra cobrança, o colombiano Candelo, praticamente no meio do gol bateu, mas Jailson outra vez tentou acertar o canto e não defendeu (Palmeiras 2×2 Atlético Nacional-COL). Jovem da base, Alan deu sequência às cobranças e fez o seu: o goleiro foi o canto certo, mas o chute foi muito bom. (Palmeiras 3×2 Atlético Nacional-COL). Quiñones, do rival, chutou com força e fez o seu (Palmeiras 3×3 Atlético Nacional-COL).

Outro da base, Gabriel Menino bateu de direita e fez o seu – bateu para a esquerda, e o goleiro foi para o outro lado. (Palmeiras 4×3 Atlético Nacional-COL). Rovira chutou, Jailson acertou o canto, resvalou na bola, e a pelota bateu na trave, mas entrou. (Palmeiras 4×4 Atlético Nacional-COL). Para encerrar sua série, na quinta cobrança, Willian Bigode partiu. Bateu com firmeza e converteu! (Palmeiras 5×4 Atlético Nacional-COL).

Na última da série dos colombianos, Barrera foi com frieza, rasteiro, quase que no centro, e fez o seu (Palmeiras 5×5 Atlético Nacional-COL). Emerson Santos, zagueiro do Verdão reintegrado ao elenco, fez o primeiro das cobranças alternadas (Palmeiras 6×5 Atlético Nacional-COL). Na cobrança do Atlético, Jailson foi no lado certo do tiro de Blanco, mas ficou no quase. (Palmeiras 6×6 Atlético Nacional-COL).

Wesley, outro da base do Palmeiras – que passou pelo profissional do Vitória-BA e voltou ao Verdão – chutou com raiva e marcou. Palmeiras novamente na frente. (Palmeiras 7×6 Atlético Nacional-COL). O platinado Yabur chutou no canto esquerdo, com força, e deixou tudo igual. (Palmeiras 7×7 Atlético Nacional-COL). Ramires foi o oitavo batedor, e também fez, batendo firme, no alto. (Palmeiras 8×7 Atlético Nacional-COL). O zagueiro Cordoba foi para a oitava cobrança dos colombianos e converteu. (Palmeiras 8×8 Atlético Nacional-COL). Mayke, lateral-direito, foi para a nona cobrança e fez o seu. (Palmeiras 9×8 Atlético Nacional-COL). Cuadrado também fez o seu (Palmeiras 9×9 Atlético Nacional-COL).

O décimo batedor do Alviverde foi Gabriel Veron, que bateu com frieza, em baixo, no centro – um pouco à direita. (Palmeiras 10×9 Atlético Nacional-COL). O zagueiro Velásquez, último batedor, chutou em seu canto esquerdo e Jailson se esticou para buscar e, finalmente, o jogo acabou. (Palmeiras 10×9 Atlético Nacional-COL)

RETROSPECTO CONTRA O ATLÉTICO NACIONALJá contando o desta noite, foram quatro jogos na história contra o Atlético Nacional-COL e três vitórias palestrinas e um empate. O primeiro embate aconteceu em duelo amistoso no dia 28 de janeiro de 1960 e terminou com vitória por 2 a 1, no estádio Atanásio Girardot, em Medellín (COL). Os outros dois – além do de hoje – foram disputados na primeira fase da Copa Libertadores de 2006: no Palestra Italia, o Alviverde venceu por 3 a 2, com gols de Marcinho, Edmundo e Douglas. No Atanásio Girardot, Corrêa e Leonardo Silva anotaram os gols da vitória por 2 a 1.

PALMEIRAS NOS ESTADOS UNIDOS

O clube esteve nos EUA anteriormente em julho de 1997, na intertemporada, para a disputa da Taça Amizade, contra o New England Revolution-EUA (o Palmeiras de Luiz Felipe Scolari venceu por 1 a 0, gol de Euller, e ficou com a taça). Na sequência, o time disputou também a Rebook Cup contra o Junior Barranquilla-COL e Necaxa-MEX, mas ficou com o terceiro lugar da competição, que também contava com o Borussia Mönchengladbach-ALE.

PALMEIRAS NA FLORIDA CUP 2020

Esta foi a primeira participação do Palmeiras no torneio norte-americano. Quatro times participam e cada um jogará duas partidas – o campeão será definido por pontos corridos. Em caso de empate, será realizada cobrança de pênaltis com um ponto extra dado ao vencedor. Além dos colombianos, o Verdão enfrenta ainda o New York City FC-EUA, no sábado (18), às 16h (horário de Brasília). O Corinthians é o outro participante do torneio.

A FLORIDA CUP

Maior evento internacional esportivo anual da Flórida Central, a Florida Cup já é uma tradição no mês de janeiro, em Orlando (EUA), cidade que recebeu mais de 75 milhões de turistas em 2018. Em seis anos, a Florida Cup deixou de ser apenas um torneio para se tornar uma plataforma global que combina esportes, música e entretenimento.

Em 2019, o público total do evento passou de 40 mil pessoas e, pela TV, torcedores de 103 países puderam acompanhar as partidas ao vivo. Nas redes sociais, os conteúdos postados nas contas oficias do evento, somados às postagens dos influenciadores presentes no evento, tiveram um alcance de mais de 100 milhões de pessoas.

Até 2019, participaram da Florida Cup um total de 26 times: o Verdão foi o 27º clube confirmado pela organização do evento a fazer parte da competição (enquanto o New Yor City, também participante de 2020 foi o 28º; Corinthians e Atlético Nacional-COL não contam, pois já figuraram no torneio outrora.

As 28 agremiações que fizeram parte da Florida Cup, ao todo, são: Palmeiras, Flamengo, São Paulo, Corinthians, Atlético Mineiro, Fluminense, Vasco da Gama, Bahia, Internacional, Ajax (HOL), PSV Eindhoven (HOL), Eintracht Frankfurt (ALE), Bayer Leverkusen (ALE), Schalke 04 (ALE), Wolfsburg (ALE), FC Köln (ALE), Shakhtar Donetsk (UCR), River Plate (ARG), Estudiantes (ARG), Atlético Nacional (COL), Millonarios (COL), Santa Fé (COL), Barcelona (EQU), Fort Lauderdale Strikers (EUA), Tampa Bay Rowdies (EUA), Rangers FC (ESC), Légia Varsóvia (POL) e New York City (EUA).

Comentários Facebook

Esportes

René Simões testa positivo para o novo coronavírus

Publicado

source

O ex-técnico René Simões divulgou por meio da sua conta no Instagram, que testou positivo para o novo coronavírus(covid-19). Ele apareceu em um vídeo fazendo embaixadinhas e conta que dia 16 de março sentiu os sintomas e realizou o exame. Porém, apenas nesse sábado (28) teve a confirmação que contraiu o vírus.

“Dia 16 de março senti os sintomas do covid-19. Fui ao hospital e me testaram. Por precaução, mesmo não sabendo o resultado, fiquei em isolamento no meu quarto. Não saí dele e tinha tudo separado para mim dentro de casa. Tudo era higienizado e ninguém entrava no quarto.
Somente hoje recebi o resultado que foi positivo,“ disse.

René Simões teve destaque na seleção da Jamaica entre 1994 e 1998, e conquistou uma vaga para a Copa do Mundo da França(98), a única participação do país na competição. Comandou também a Seleção Brasileira feminina nos Jogos Olímpicos de Atenas, na Grécia (2004) e encerrou a participação com a medalha de prata. Ele teve passagens por clubes brasileiros, entre outros, como: Bahia, Botafogo, Ceará, Coritiba, Figueirense, Flamengo, Fluminense e Santa Cruz. Com 67 anos, pertencente ao grupo de risco, aproveitou para alertar as pessoas sobre os cuidados que devem ter.

“Como o vírus demora a se manifestar, mesmo tendo mais de quatorze dias, seguirei na prevenção e só sairei no dia 30 do isolamento. Somente no primeiro dia tive algum sintoma e depois fiz tudo normalmente. Pensando em como daria a notícia, resolvi pegar a minha amada bola de futebol e fazer a comunicação juntos. Agradecendo a Deus por mais essa vitória. Fiquem bem e os em risco devem ser precavidos.”

Edição: Aécio Amado

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Representante de clubes lamenta falta de acordo coletivo com jogadores

Publicado

source

O presidente do Fluminense, Mario Bittencourt, que representa a Comissão Nacional dos Clubes (CNC), divulgou vídeo neste sábado (28), lamentando a falta de acordo entre clubes e jogadores sobre como proceder em meio à pandemia do novo coronavírus. Com as competições paralisadas, a CNC enviou duas propostas para a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf) que foram rejeitadas pelos atletas e pelos 21 sindicatos.

De acordo com o dirigente, a segunda proposição surgiu da reunião de cerca de 30 presidentes de clubes e a CBF, acerca de concessão de férias coletivas de 20 dias a todos os jogadores e a redução de 25% dos salários, enquanto os campeonatos estiverem suspensos.

“Nós optamos de forma unânime, por colocar todos os atletas e os departamentos de futebol em férias coletivas a partir do dia 1° de abril, garantindo a eles o que prevê a Medida Provisória 927 do Governo Federal e deixar que as negociações sigam individualmente, entre cada clube com seus atletas e com os sindicatos locais.”, disse Bittencourt.

A MP citada pelo porta-voz dos clubes, dispõe sobre as medidas trabalhistas que poderão ser adotadas pelos empregadores para preservar emprego e renda ao trabalhador, durante o estado de calamidade pública.

Negociações

O representante da CNC diz também que as diretorias seguem negociando com os jogadores e citou que o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, lhe telefonou e informou que o clube nordestino já negocia com os atletas individualmente.

“Até mesmo em razão do Brasil ser um país de dimensão continental, a gente acabou não conseguindo êxito em fazer um acordo com todos os jogadores, um acordo equânime. Entretanto, conseguimos algo que eu considero uma vitória dos clubes, que foi a união.”

Em relação ao calendário do futebol brasileiro, há o entendimento entre os clubes das séries A, B, C e D na preservação dos estaduais e na manutenção do formato de pontos corridos do Campeonato Brasileiro.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana