conecte-se conosco


Esportes

Palmeiras empata com São Paulo e clássico termina em 1 a 1

Publicado

Lance

O começo do Choque-Rei deste sábado deu a impressão de que o Palmeiras poderia perder a invencibilidade no Brasileirão . Mas o Verdão contou com a sorte – e a qualidade do time – para empatar em 1 a 1 com o São Paulo, no Morumbi, com gols de Pablo e Dudu.

Leia também: Fim de uma era! Contrato de Romero com o Corinthians se encerra neste domingo

palmeiras e são paulo em campo arrow-options
Luis Moura/WPP/Agência O Globo

O clássico aconteceu neste sábado (13) no Morumbi e acabou empatado

Com o resultado, o Palmeiras chega a 26 pontos e vê o Santos diminuir a diferença entre o primeiro e o segundo colocado para três pontos. Com 15 pontos, o Tricolor é, agora, o oitavo colocado no Brasileiro. Na próxima rodada, o Verdão encara o Ceará no Castelão. Já o São Paulo recebe a Chapecoense, em casa.

Tricolor começa melhor

O São Paulo começou a partida mostrando que queria vencer. E, com Pablo, Pato, Hernanes e Tchê Tchê inspirados e comandando o setor ofensivo, o Tricolor logo chegou ao gol que abriu o placar. Aos 9 minutos, após troca de passes entre Hudson e Hernanes pela direita, o Profeta cruzou rasteiro, Pablo se adiantou sobre Antônio Carlos e tocou para o fundo do gol de Weverton. 

Com problemas na saída de bola, o Palmeiras pouco conseguiu criar. Enquanto isso, o São Paulo seguia comandando o jogo, mas já sem aparecer tanto no ataque. Nos 20 minutos iniciais, o Tricolor chegou a ter quase 65% de posse de bola.

Pablo preocupa

A partir da segunda metade do primeiro tempo, o Palmeiras conseguiu equilibrar a partida e chegou uma vez com perigo com Gustavo Scarpa, obrigando o goleiro Tiago Volpi a fazer grande defesa. Mas foi só. 

Ainda antes do intervalo, uma cena preocupou o torcedor são-paulino. Aos 40 minutos, após uma disputa pelo alto com Thiago Santos, Pablo caiu de mau jeito sobre a própria perna e ficou sentindo muitas dores. Foi atendido e acabou voltando para o jogo, mas foi substituído no intervalo.

Leia também: Presidente do Atlético de Madri avisa Barcelona sobre Griezmann: “Temos provas”

Goleiros brilham

A segunda etapa começou com jogo aberto e boas oportunidades para os dois times. Mas ninguém conseguiu marcar graças a ótimas intervenções dos goleiros. O primeiro a brilhar foi Volpi. Logo no primeiro minuto, Deyverson pegou uma sobra de bola e, quase na pequena área, acabou finalizando em cima do goleiro tricolor, que saiu muito bem e defendeu o chute com o peito.

Depois, foi a vez de Weverton aparecer. O palmeirense fez duas grandes defesas num mesmo lance. Primeiro, defendeu um chute de Raniel. No rebote, Reinaldo finalizou de fora da área e o goleiro espalmou para escanteio. Aos 14, nova boa intervenção do palmeirense. Pato recebeu pela esquerda e chutou colocado. Weverton espalmou novamente para a linha de fundo.

Azar de Volpi, sorte de Dudu

Com a partida mais equilibrada, o São Paulo recuou e deixou o Palmeiras com a bola, tentando se aproveitar dos contra-ataques. Mas quem se aproveitou do momento foi o Verdão. Aos 25 minutos, Dudu recebeu na direita, na linha da grande área e finalizou. A bola desviou em Reinaldo, encobriu Volpi e pegou na trave. Na volta, pegou nas costas do goleiro e entrou no gol. 1 a 1 no placar e o líder Palmeiras mantém a invencibilidade do Brasileiro, enquanto o São Paulo segue com problemas nos clássicos.

Leia também: Em jogo de arbitragem polêmica, Grêmio vence Vasco de virada

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 x 1 PALMEIRAS

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 13 de julho de 2019, às 19h
​Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ) – Nota LANCE!: 6,0 – Não atrapalhou o andamento da partida.
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Árbitro de vídeo : Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Gramado: Bom
Público/Renda: 38.267/R$ 1.177.165,00
Cartão amarelo: Arboleda e Hudson (SAO), Moisés e Antônio Carlos (PAL)
Cartão vermelho: –

GOLS: Pablo, 9’/1ºT (1-0); Dudu, 25’/2ºT (1-1)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Hernanes (Igor Gomes, 30’/2ºT); Antony, Pato (Toró, 26’/2ºT) e Pablo (Raniel, Intervalo). Técnico : Cuca.

PALMEIRAS : Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Thiago Santos e Moisés; Dudu (Willian, 37’/2º), Gustavo Scarpa (Raphael Veiga, 18’/2ºT) e Zé Rafael (Carlos Eduardo, Intervalo); Deyverson. Técnico : Luiz Felipe Scolari.

Comentários Facebook

Esportes

Florida Cup divulga datas e horários de jogos de Corinthians e Palmeiras

Publicado

Lance

Corinthians jogará a Florida Cup de 2020 arrow-options
Reprodução/Corinthians

Corinthians jogará a Florida Cup de 2020

A Florida Cup definiu, nesta sexta-feira, os confrontos da edição de 2020 do torneio. Corinthians e Palmeiras estreiam no dia 15 de janeiro, respectivamente contra Spartak Moscow, da Rússia, e Atlético Nacional, da Colômbia. As duas partidas acontecerão no Exploria Stadium, a casa de Orlando City e Orlando Pride, em Orlando, nos Estados Unidos.

Leia também: Caso Daniel: Justiça ordena que assassino pague pensão para filha do jogador

No dia 18, acontecem confrontos cruzados: o Corinthians enfrenta o atual campeão colombiano, enquanto o  Palmeiras encara os russos. O Flamengo é o atual detentor da Florida Cup .

REGULAMENTO

O campeão de 2020 será definido por pontos corridos. Vitórias valem três pontos aos clubes, enquanto empates valem e levam a decisão direta nos pênaltis, que rendem um ponto extra ao vencedor. O primeiro critério de desempate, caso seja necessário, é o número de vitórias, seguido do saldo de gols, confronto direto, gols marcados e fair play, seguindo regras da FIFA.

Flórida Cup - Tabela

Florida Cup 2020 (Foto: Divulgação)

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

“Via demônios”, diz Casagrande ao recordar luta contra as drogas

Publicado

Walter Casagrande arrow-options
Reprodução/Instagram

Walter Casagrande

O comentarista da TV Globo Walter Casagrande contou mais um episódio de sua luta contra as drogas. Em entrevista ao apresentador Amaury Jr., na RedeTV!, ele relembrou um acidente de carro que sofreu em 2007 após consumir drogas e afirmou que “chegou a ver demônios” por conta do surto.

Leia também: Caso Daniel: Justiça ordena que assassino pague pensão para filha do jogador

“Tive um surto psicótico e comecei a ver demônios na minha casa. Surtei porque estava usando droga por vários dias sem parar, sem beber água, sem nada. Então eu surtei naquilo que eu mais estava lendo sobre, que eram coisas demoníacas, trevas, etc. Comecei a ver demônios na minha casa o tempo todo. Saí da minha casa, fui me hospedar num hotel em frente à TV Globo. Fiz o check-in, subi e quando abri a porta os demônios estavam lá ainda. Por que? Porque eles estavam dentro de mim, eles eram meus”, disse o ex-jogador.

Casagrande também contou como foi o momento do acidente.

“Eu estava no caos, péssimo. Usando muita droga que tava me agitando, muita droga para me acalmar e algumas até para dormir, tudo isso misturado com tequila. Quando saí do hotel, eu adormeci ali no Alto da Lapa [Zona Oeste de São Paulo], meu pé pisou no acelerador, subi numa calçada, girei em cima de seis carros e caí ali. Quando acordei já tinha ambulância e tudo e eu estava muito confuso”, completou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana