conecte-se conosco


Esportes

Minas está fora das semifinais do Mundial de Clubes de Vôlei, na China

Publicado

source

O Minas Tênis Clube foi eliminado do Mundial de Clubes de Vôlei Feminino ao perder a segunda partida seguida, na cidade de Shaoxing (China). Após estrear com derrota para o Guangdong (China), o time mineiro caiu hoje (4) diante do Eczacibasi Vitra, da Turquia, por 3 sets a 0. Já sem chances de classificação, a equipe do Minas volta a jogar amanhã (5) contra o Imoco Conegliano, da Itália, às 23h (horário de Brasília), fechando a fase de grupos. Já o Praia Clube, último time brasileiro com chances de avançar, enfrenta as anfitriãs do Tianjin, também nesta quinta (5), a partir das 9h, em partida válida pela segunda rodada do grupo B.

O embate entre Minas e Eczacibsi na manhã de hoje (4) teve sabor de revanche para o time turco: no Mundial de Clubes do ano passado o Eczacibasi foi superado pela equipe mineira na semifinal. Atual vice-campeão mundial, o Minas está em quarto lugar no grupo A, sem ponto algum, atrás das equipes do Conegliano (seis pontos), Guangdong (três) e Eczacibasi (três).  

Jogo

No primeiro set o time turco aproveitou erros de saque do time mineiro para abrir vantagem. Além disso, o forte bloqueio do Eczacibasi foi fundamental para equipe turca ganhar a primeira parcial por 25 a 17. No segundo set, as mineiras equilibraram a partida e chegaram a ficar na frente do marcador algumas vezes. No fim da parcial, o time mineiro perdeu várias chances de fechar. Assim como no futebol, no vôlei também vale o ditado ‘quem não faz leva’: e o time turco levou a segunda parcial por 25 a 23.

A equipe mineira voltou avassaladora para o terceiro set: chegou a abrir vantagem de 8 a 2, mas após o tempo técnico, a equipe turca se reencontrou em quadra: não só empatou a parcial, como deslanchou no placar, marcando oito pontos seguidos, desestabilizando por completo o time de Uberlândia. No fim, o Eczacibasi ganhou a terceira parcial por 25 a 16, e o jogo por 3 sets a 0.

Do lado do Eczacibasi, a brasileira Natália foi eleita a melhor jogadora em quadra. A maior pontuadora foi a sérvia Boškovic, que anotou 21, sendo quatro aces. Do Minas Tênis Clube, Kasiely e Thaísa marcada oito cada, e Carol Gattaz seis.

Mundial de Clubes Masculino

Após estrear com pé direito ontem ontem (3), no Mundial de Clubes masculino, em Betim (MG), o Sada Cruzeiro volta a jogar logo mais, às 20h30, contra o Lube Civitanova, da Itália,pela segunda rodada da competição. Pratida importante que vale a liderança do torneio, pois o Lube Civitanova venceu na estréia o Al Rayan, do Catar.   A equipe mineira, comandada  pelo técnico Marcelo Mendez busca o quatro título mundial. 

Edição: Guilherme Neto
Comentários Facebook

Esportes

Seleção feminina aumenta série invicta e encerra 2019 com vitória

Publicado

source

A seleção brasileira de futebol feminino se despediu com vitória da temporada 2019. Neste domingo (15), na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), o time comandado pela técnica sueca Pia Sundhage superou outra vez o México, agora por 4 a 0, diante de 5.384 torcedores. Na última quinta-feira (12), a equipe canarinho aplicou 6 a 0 nas mesmas rivais, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Para o novo compromisso diante das mexicanas, Pia promoveu quatro mudanças no time titular, com entradas da goleira Luciana, da lateral-direita Isabella, da zagueira Kathleen e da atacante Chú nos lugares de Lelê, Fabi Simões, Bruna Benites e Duda, respectivamente. A técnica, porém, manteve a formação ofensiva da última quinta (12), com duas meias (Luana e Andressinha), duas jogadoras abertas (Chú e Debinha) e duas centroavantes (Cristiane e Bia Zaneratto).

Pressionando a saída de bola e sufocando desde o início o México, o Brasil saiu na frente logo aos 9 minutos, Bia avançou pela esquerda e cruzou na pequena área para Cristiane, que se antecipou a goleira Itzel González e mandou para as redes.

As brasileiras diminuíram o rítmo, mas seguiam no campo de ataque. Aos 26, após falta cometida em Luana próxima à meia-lua, Debinha bateu no ângulo esquerdo e ampliou.

O terceiro saiu aos 40, em contra-ataque puxado por Debinha, que envolveu Bia e Isabella. A lateral cruzou e Cristiane, de cabeça, marcou o segundo dela na noite.

No segundo tempo, Pia aproveitou para mexer na equipe. Saíram Tamires, Debinha, Cristiane, Andressinha, Chú e Isabella para as entradas de Bruna Calderan, Millene, Gabi Zanotti, Aline Milene, Victória Albuquerque e Giovanna, respectivamente.

Com muitas alterações, inclusive do lado mexicano, o ritmo do jogo caiu, com passes errados de ambos os lados. Mesmo assim, deu tempo para o Brasil fechar o placar. Aos 29, Aline Milene escapou da marcação dentro da área e tocou para Victória Albuquerque chutar de bico, no canto de González.

A vitória foi a sexta sob comando de Pia, que ainda não perdeu em oito jogos dirigindo a Seleção. A equipe foi superada duas vezes em disputas de pênaltis, por Chile e China, em torneios amistosos, mas o resultado oficial das partidas foi o empate. Foram 24 gols marcados e só dois sofridos, com 42 jogadoras convocadas e 38 testadas no período.

A Seleção só volta a jogar em 2020, quando disputará a Olimpíada de Tóquio, no Japão. Antes, terá pela frente três datas-Fifa, com dois jogos em cada, como preparação para a competição em solo asiático. Os rivais e locais das partidas ainda não foram anunciados.

Edição: Verônica Dalcanal
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vanderlei Luxemburgo é o novo treinador do Palmeiras para a temporada 2020

Publicado

Vanderlei Luxemburgo é o mais novo comandante do Palmeiras. Terceiro treinador com mais jogos (373) e mais vitórias (226) à frente do clube na história, o técnico firmou vínculo com o Verdão neste domingo (15) por duas temporadas e inicia seus trabalhos pelo clube ainda neste mês de dezembro. Chegam com Luxemburgo o auxiliar Mauricio Copertino e o preparador físico Antônio Mello.

Carlos Gregório/Vasco da Gama _ Esta será a quinta passagem do treinador pelo Verdão

Esta será a quinta passagem do treinador pelo Verdão

Natural de Nova Iguaçu-RJ, Luxemburgo apareceu para o Brasil após conquistar o título paulista de 1990 pelo Bragantino. Pouco tempo depois, chegou ao Palmeiras para sua primeira passagem, dando início à vitoriosa Era Parmalat. Em 1993, encerrou um jejum de quase 17 anos sem títulos com uma histórica goleada por 4 a 0 sobre o Corinthians na final do estadual.

Ainda em 1993, o Palmeiras comandado por Luxemburgo protagonizou mais um momento histórico ao vencer o Campeonato Brasileiro diante do Vitória, pondo fim a um período de 20 anos sem conquistas nacionais. Em 1994, repetiu a dose no Paulista – campeão em cima do Santo André – e no Brasileiro – título vencido frente ao Corinthians.

Sua segunda passagem no Verdão se inicia no final de 1995, tempo suficiente para montar o esquadrão alviverde para o ano seguinte. O plantel avassalador deu as cartas no título paulista de 1996 com campanha extraordinária de 27 vitórias, dois empates e somente um revés. O jogo bonito e ofensivo da equipe ficou conhecido como “ataque dos 100 gols”. Ou melhor: 102, com média de 3,4 por partida. Naquela temporada, o Verdão conquistou sua maior sequência de vitórias em todos os tempos, com 24 triunfos consecutivos entre 11/2/1996 e 1/5/1996.

Esta será a quinta passagem de Vanderlei Luxemburgo pelo Verdão. Em seu último trabalho à frente do Alviverde, em 2008, o treinador acabou com mais um jejum: ao vencer o  Paulista diante da Ponte Preta, encerrou um período de oito anos sem títulos do clube.

Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana