conecte-se conosco


Esportes

Juventus confirma título italiano e Cristiano Ronaldo garante permanência

Publicado


ogadores da Juventus comemoram
Reprodução/Twitter/juventusfc

Jogadores da Juventus comemoram oitavo título italiano consecutivo

A Juventus sofreu, mas conseguiu vencer de virada a Fiorentina neste sábado (20) por 2 a 1, em Turim, e conquistar pela oitava vez consecutiva o título do Campeonato Italiano.
Apesar da traumática eliminação na Liga dos Campeões, o 35º Scudetto da história da Velha Senhora foi muito celebrado. Após a partida, Cristiano Ronaldo também garantiu sua
permanência.

O clube de Turim chegou aos 87 pontos e agora não pode ser mais alcançado pelo segundo colocado Napoli, que possui 67. Em 33 partidas, a Juventus somou 28 vitórias, três empates
e apenas duas derrotas, para a Spal e o Genoa.

Em campo, a Fiorentina deu um susto nos torcedores da Velha Senhora ao abrir o placar com Nicola Milenkovic, logo aos cinco minutos da etapa inicial. A Viola ainda teve um gol
de Giovanni Simeone corretamente anulado, além do atacante Federico Chiesa ter acertado a trave suas vezes.

A reação da equipe de Turim começou aos 36 minutos, com Alex Sandro. O brasileiro aproveitou o cruzamento no primeiro pau de Miralem Pjanic e meteu um peixinho no cantinho do goleiro Alban Lafont.

Mesmo com uma atuação abaixo do esperado, a Juve virou aos sete minutos do segundo tempo. O português Cristiano Ronaldo fez boa jogada individual e cruzou rasteiro para dentro
da área, mas o zagueiro Germán Pezella desviou contra o próprio patrimônio.

Com o 2 a 1 a favor, os donos da casa apenas precisaram esperar o juiz dar o apito final para celebrar o título.

Leia também: Juventus vence Verona e conquista o Campeonato Italiano feminino

Festa da Juventus


Cristiano Ronaldo
Reprodução/Twitter/juventusfc

Cristiano Ronaldo comemora mais um título na carreira, o primeiro com a Juventus

Logo após o fim do confronto, os jogadores bianconeri celebraram o título no círculo central do Juventus Stadium. Cristiano Ronaldo , por sua vez, cantou o hino da sua equipe e teve seu cabelo pintado com uma espuma branca, assim como o técnico Massimiliano Allegri.

Após a eliminação da Champions League diante do Ajax, a imprensa italiana cogitou uma possível saída de CR7. No entanto, o atacante tranquilizou os torcedores da Juventus ao
garantir sua permanência no clube em “1000%”. “Foi uma ótima temporada, não fomos bem na Liga dos Campeões, mas no próximo ano será melhor. Se eu vou ficar? Mil por cento!”,
garantiu o português em entrevista à DAZN .

O zagueiro Leonardo Bonucci, por sua vez, pediu desculpas aos torcedores pela eliminação na Champions League e declarou que conquistar o oitavo Scudetto consecutivo é “único”.

“Desculpe pela terça-feira, foi um evento negativo. Hoje nós colocamos a raiva da decepção em jogo e a transformamos em energia para conquistar o objetivo. Tem sido um ano
difícil, mas o oitavo Scudetto consecutivo é algo realmente único. Vamos olhar para frente, vamos crescer novamente”, afirmou Bonucci.

Já Allegri afirmou que o título possui “um valor importante” e pediu para a equipe “melhorar do ponto de vista psicológico”.

Outro que celebrou a conquista da Juventus foi o goleiro Gianluigi Buffon, do Paris Saint-Germain. O ex-goleiro bianconero escreveu em suas redes sociais para seus antigos
companheiros “festejarem”, já que eles estão “continuando a escrever uma história fantástica”.

Octacampeonato


Jogadores da Juventus comemoram
Reprodução/Twitter/juventusfc

Jogadores da Juventus comemoram título no vestiário

O título da Juventus é um feito inédito nas seis principais ligas da Europa. Até então, a melhor marca de conquistas consecutivas era da própria Velha Senhora e do Lyon, que foi
heptacampeão francês entre 2002 e 2008.

Além disso, o clube de Turim venceu todos os Scudettos que disputou desde a inauguração do seu novo estádio, em 2011.

Apesar da Juventus sair de Turim com o 35º título do Campeonato Italiano da sua história garantido, os torcedores bianconeri contabilizam 37 conquistas, já que dois foram
revogados pela Federação Italiana de Futebol (Figc) em função do “Calciopoli”, o escândalo de manipulação de resultados que envolveu dirigentes e clubes do país.

A Velha Senhora chegou aos 87 pontos, 20 a mais do que o segundo colocado Napoli, que possui somente 18 para disputar. A Fiorentina, por sua vez, está no meio da tabela, com 40
pontos.

Em má fase, a Viola não vence há nove jogos no Campeonato Italiano. Na próxima rodada, a Juventus irá visitar a Inter de Milão, no próximo sábado (27). Já a Viola irá receber em
casa no dia 29 o Sassuolo.

Comentários Facebook

Esportes

Recheados de reservas, Internacional e Grêmio ficam no empate

Publicado

Lance

O Gre-Nal 421 terminou sem vencedor. No Beira-Rio, o Internacional abriu vantagem em gol contra de Paulo Miranda, mas levou o empate na etapa final com Luan. Com o placar, o Colorado está na quinta colocação, com 17 pontos. O Tricolor é o décimo, com 15 pontos.

Leia também: Com titulares, Palmeiras é derrotado pelo Ceará e encerra série invicta

jogo Internacional e Grêmio arrow-options
Max Peixoto/DiaEsportivo/Agência O Globo

Internacional e Grêmio empataram por 1 a 1 no Campeonato Brasileiro

Na próxima rodada, o Internacional recebe o Ceará, no Beira-Rio. Enquanto isso, o Grêmio visita o CSA, no Rei Pelé.

O duelo

Com o apoio da torcida, o Internacional resolveu partir para cima desde os primeiros minutos. A prova do abafa Colorado veio com duas chances na mesma jogada através de Edenílson e Wellington Silva, que obrigaram Júlio César a salvar.

Leia também: Sem “fome” pela vitória, Cruzeiro fica no empate com o Bahia

Melhor na partida o gol do Inter veio na bola parada. Sobis levantou, Paulo Miranda tentou cortar e jogou contra o próprio patrimônio.

Nem mesmo a desvantagem fez o Tricolor mudar a sua postura. Sem as principais peças, os comandados de Renato Gaúcho demonstravam dificuldade na criação e foram presas fáceis para os contra-ataques do rival.

Na etapa final o ritmo do confronto caiu de maneira surpreendente. Sem reação, o Grêmio continuava estéreo dentro de campo e não assustava o Inter, que administrava o jogo tranquilamente.

Na casa dos 25 minutos, em raro momento de lucidez, o Tricolor conseguiu trabalhar a posse de bola e Tardelli deu passe açucarado para Juninho Capixaba. O lateral levantou na medida para Luan, ganhar de Klaus e mandar para o fundo da rede, 1 a 1.

Se a temperatura ficou morna ao logo do confronto, nos acréscimos o jogo pegou fogo. Após dividida entre Edenilson e Thaciano, os dois jogadores começaram a trocar empurrões e Anderson Daronco teve trabalho para acalmar os ânimos.

INTERNACIONAL 1 X 1 GRÊMIO
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 20/7/2019 – 19h
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepocumuceno de Andrade Junior (RS)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral(SP)
Público/renda: 33.958 pagantes/R$ 1.697.655,00
Cartões amarelos: Heitor, Rafael Sobis, Edenilson (INT), Thaciano, Romulo (GRE)
Cartões vermelhos: –
Gols: Paulo Miranda (21’/1ºT) Luan (25/2ºT)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Heitor, Emerson Santos (Klaus, aos 30/1ºT), Victor Cuesta e Natanael; Rodrigo Lindoso, Edenilson e Nonato (Pedro Lucas, aos 34/2ºT); Guilherme Parede (Patrick, aos 19/2ºT), Wellington Silva e Rafael Sobis. Técnico: Odair Hellmann.

Leia também: Diego reage e protesto da torcida do Flamengo acaba em confusão no Rio; assista

GRÊMIO: Júlio César; Léo Moura, David Braz, Paulo Miranda e Juninho Capixaba; Romulo, Thaciano e Rafael Galhardo (Everton, aos 14/2ºT); Luan, Pepê e Diego Tardelli (Darlan, aos 35/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Com titulares, Palmeiras é derrotado pelo Ceará e encerra série invicta

Publicado

Lance

O Palmeiras entrou em campo com os titulares diante do Ceará, neste sábado, para dar uma resposta às criticas de sua torcida e se recuperar da eliminação na Copa do Brasil. Irreconhecível, porém, o Alviverde foi derrotado por 2 a 0 pelo Vozão, que terminou o duelo sob gritos de olé no Castelão. A equipe paulista ainda viu cair uma invencibilidade de 33 jogos em partidas de Campeonato Brasileiro – todas sob o comando de Felipão. O último revés do Verdão havia sido contra Fluminense, em 15 de julho do ano passado.

ceará e palmeiras arrow-options
Marcelo D. Sants / FramePhoto / Agência O Globo

Gol de Matheus Gonçalves abriu caminho para vitória do Ceará contra o Palmeiras, no Campeonato Brasileiro

Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana