conecte-se conosco


Esportes

Interrogatório dos réus do caso Daniel é adiado para setembro

Publicado

Daniel foi assassinado em outubro de 2018 arrow-options
Site oficial

Daniel foi assassinado em outubro de 2018

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) informou que foi adiado o interrogatório dos sete réus do caso Daniel Corrêa — o jogador encontrado morto numa área rural de São José dos Pinhais, nos arredores de Curitiba, em 27 de outubro do ano passado.

Leia mais: Allana Brittes quebra o silêncio: “Quem procurou tudo isso foi o próprio Daniel”

As oitivas que estavam marcadas para esta terça-feira foram reagendadas para os dias 4, 5 e 6 de setembro . Até o momento, segundo o TJPR, foram ouvidas três testemunhas.

Entre as sete pessoas denunciadas, duas respondem em liberdade: Evellyn Perusso, que teria se envolvido com a vítima, de 24 anos, na noite do crime, e Allana Brittes , que é a filha do assassino confesso.

Os pais de Allana, Edison Brittes e Cristiana Rodrigues Brittes , estão presos há nove meses, assim como os demais: Ygor King, David Willian da Silva e Eduardo Henrique da Silva, sendo este primo de Cristiana.

Entenda o caso

Segundo a Polícia Civil do Paraná, Daniel foi “encontrado nu” na Estrada do Mergulhão, em São José dos Pinhais, “com o pescoço praticamente degolado e o órgão genital mutilado”. Os investigadores constataram que foi usada uma arma branca no crime. Parentes do jogador o reconheceram, e os primeiros depoimentos foram colhidos.

Segundo o resultado de uma perícia realizada no telefone de Cristiana, foram feitas pesquisas no aparelho por casas de Swing, locais onde ocorrem troca de casais. A informação é do programa local “Tribuna da Massa”. De acordo com uma testemunha entrevistada, Edison teria convidado o jogador para que se relacionasse com sua mulher.

Leia mais: “Eu vi ele sendo enforcado pelo Edison”, revela testemunha do caso Daniel

Os suspeitos da morte do jogador Daniel Corrêa se encontraram na praça de alimentação de um shopping na cidade de São José dos Pinhais no dia 29 de outubro, às 14h, dois dias depois do crime. Segundo a Polícia Civil do Paraná, as imagens mostram Edison Brittes coagindo ao menos outras duas testemunhas. Um outro vídeo publicado pelo Fantástico, da TV Globo, mostra ainda a chegada de um terceiro suspeito ao encontro.

O sepultamento do atleta ocorreu em Conselheiro Lafaiete (MG), cidade em que vive sua mãe, Eliana Corrêa. Segundo a mãe da vítima, ele começou a jogar futsal aos 5 anos e, desde o início, se destacava.

Daniel passou por grandes clubes do futebol brasileiro, como o Coritiba, Botafogo e Ponte Preta. O meia tinha contrato com o São Paulo, que seria finalizado em dezembro daquele ano, e, na ocasião, havia sido emprestado para o São Bento.

Comentários Facebook

Esportes

Sem data para retorno de torneios, Fiba propõe ações para retomada

Publicado

source

Uma série de orientações a serem seguidas para a retomada das ligas nacionais de basquete foi divulgada nesta terça (26) pela Federação Internacional da modalidade (Fiba).

Responsáveis por formular o documento, a comissão médica e o comitê de enfrentamento ao novo coronavírus (covid-19) da entidade aconselharam que federações, antes da retomada, criem comitês de avaliação dos cenários locais do vírus, atuem em consonância com órgãos governamentais, orientem e testem todos os envolvidos nos jogos e limitem o acesso a locais de treinamento e competições. Planejamento especial para viagens também foi solicitado. Não houve uma sugestão de data para a volta das disputas.

Contudo, se as partidas tiverem público, a Fiba pediu aos organizadores que respeitem o distanciamento social e cuidem especialmente dos torcedores que estão nos grupos de risco.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Covid-19: grupo britânico McLaren planeja demitir 1.200 funcionários

Publicado

source

Doze dias após perder o piloto de Fórmula 1 Carlos Sainz para a Ferrari que o contratou para a temporada do ano que vem, a fabricante britânica McLaren surpreendeu o mundo ao revelar que pode cortar 1.200 postos de trabalho, o equivalente a aproximadamente 25% do quadro total de funcionários. O desligamento faz parte de um programa de reestruturação elaborado pela empresa, que afirma ter sido impactada finananceiramente pela crise gerada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

“É um curso de ação que trabalhamos duro para evitar, já que adotamos medidas drásticas de economia de custos em todas as áreas da empresa. Mas não temos outra escolha a não ser reduzir o tamanho de nossa força de trabalho”, afirmou o presidente executivo Paul Walsh ao canal de tevê Sky News. 

De acordo com a BBC News, entre os demitidos, estariam funcionários da produção de veículos de rua e até do time de Fórmula 1. A estimativa é de que sejam desligados 70 dos 800 funcionários do time da F1.

A McLaren explicou que com a propagação da covid-19, houve cancelamento de eventos de automobilismo, suspensão em todo mundo de atividades de manufatura e varejo, além da redução de demanda por soluções de tecnologia. Tudo isso, segundo a fabricante britânica, teria impactado repentinamente as atividades de geração de receita. 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana