conecte-se conosco


Basquete

Histórias de bastidores: o mano a mano entre Kobe Bryant e Isaiah Rider

Publicado

Um dos maiores craques que os fãs da NBA já viram jogar, dará adeus às quadras nesta quarta-feira, às 21h30, no Staples Center, em Los Angeles, diante do Utah Jazz

Aos 37 anos, Kobe Bryant, um dos maiores craques que os fãs da NBA já viram jogar, dará adeus às quadras nesta quarta-feira. Às 21h30, no Staples Center, o ídolo do Los Angeles Lakers disputará pela última vez uma partida oficial pela liga americana de basquete diante do Utah Jazz. Foi nesse clima de despedidas, que na última segunda-feira, o site “The Players Tribune” – o mesmo que publicou a carta de despedida de Kobe -, pediu para companheiros do ala responderem à seguinte pergunta: como você vai se lembrar de Kobe Bryant?

Os depoimentos exaltaram a competitividade de Kobe e resultaram em um resumo de histórias sensacionais contadas por quem convivia com o craque no dia-a-dia. O “Planeta SporTV” selecionou um desses fantásticos relatos de três grandes personagens do basquete, Brian Shaw, Horace Grant e Ron Harper. Tudo começou no ano de 2000, quando um atleta chegou no Los Angeles Lakers e quis desfiou o reinado de Kobe Bryant.

– Se você fizesse uma cesta em cima do Kobe em um treino, ou mesmo se fizesse uma jogada boa com ele te marcando, o Kobe não ia te deixar sair do ginásio até você jogar uma partida de um contra um com ele. E quem quer enfrentar o Kobe no mano a mano? Ninguém. Mas ele ia te encher o saco até você aceitar. Aí esse cara, o Isaiah Rider Junior, chegou ao time no ano 2000, e as coisas ficaram realmente interessantes – começou contando Brian.

– O J.R. ficava sempre provocando o Kobe. Todo treino, era Kobe isso, Kobe aquilo. Ele falava assim pra ele:  Ei, volta lá pra defesa – Horace Grace.

– Aí, num certo dia, o J.R falou pro Kobe: ‘Não me leve a mal. Eu sou uma estrela também e até já deixei você fazer algumas cestas’.O Kobe respondeu: ‘Cara, você realmente acha que pode comigo? Ok, então depois do treino, sou eu e você. Um contra um. O J.R disse: ‘Ok, não sou nenhum covarde. Bora lá’ – Brian Shaw.

– O nosso técnico Phil Jackson amava essas coisas. Ele nem esperou o final do treino. Já gritou: ‘Beleza, vocês querem mesmo isso? Todo mundo pra fora da quadra’ – Ron Harper.

– Eles jogaram umas dez vezes. O Kobe simplesmente massacrou o cara – Brian Shaw.

– Ele destruiu o cara – Ron Harper.

– A gente ficou na lateral só colocando mais pilha. A galera gritava, dava risada. E era enterrada, drible, bandeja.. – Brian Shaw.

– Os caras começaram até a chacoalhar toalhas brancas, do tiipo: ‘Para com essa surra, por favor! Para!’ – Ron Harper

– O J.R. queria sair batendo em todo mundo no ginásio. Chegou num ponto em que o cara tava basicamente assim: ‘Chega, chega’. E o J.R. teve que enfiar o rabo entre as pernas pela primeira vez na vida – Horace Grace.

– Eu só me lembro de pensar assim: ‘Meu Deus, esse garoto tá num outro nível’ – Ron Rarper.

Kobe e J.R. foram campeões da NBA em 2001. J.R foi o melhor reserva do time naquela temporada.

Comentários Facebook

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana