conecte-se conosco


Esportes

Flamengo vence o Cruzeiro e alcança recorde de vitórias no Brasileiro

Publicado

Lance

Gabigol arrow-options
Reprodução/Flamengo

Gabigol continua liderando a artilharia do Campeonato Brasileiro

Na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Flamengo venceu o Cruzeiro por 2 a 1, na tarde deste sábado, no Mineirão, e conquistou mais um recorde em sua história. Os comandados de Jorge Jesus chegaram a sete vitórias seguidas na competição, número nunca alcançado – até agora – em todos os anos do Rubro-Negro. Gabigol – mais uma vez – deixou a sua marca, assim como Arrascaeta. Thiago Neves descontou para a Raposa.

LEIA MAIS: Renato Gaúcho contesta Sampaoli no Santos: “ganhou alguma coisa?”

Com o resultado, o Flamengo segue na liderança do Campeonato Brasileiro, agora com 45 pontos. O Cruzeiro permanece na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 18 pontos. Ambas as equipes voltam a campo pela competição na quarta-feira – enquanto os mineiros visitam o Ceará, os cariocas recebem o Internacional.

‘HOJE TEM GOL DO GABIGOL’
Artilheiro do Brasil e do Campeonato Brasileiro até agora, Gabigol demorou apenas seis minutos para abrir o marcador e ampliar os números desta grande fase que vive com a camisa do Flamengo. Com cruzamento preciso de Gerson, subiu entre dois e colocou o 1 a 0 no placar. Os comandados de Jorge Jesus não estavam dando tempo de o Cruzeiro respirar. O time de Rogério Ceni respondeu somente aos 24, quando Pedro Rocha mandou com perigo no gol defendido por Diego Alves.

EMPATE EM PÊNALTI
O Flamengo foi perdendo um pouco a intensidade inicial com o passar do primeiro tempo. O Cruzeiro, esperto, acordou e passou a aumentar o ritmo na busca do empate. Aos 35 minutos, em chegada de Pedro Rocha, Rodrigo Caio o derrubou – em lance polêmico, que ao menos o vídeo deveria ser acionado, como foi no gol do Flamengo, um erro da arbitragem neste sentido. Dois minutos mais tarde, Thiago Neves foi para a cobrança e converteu, 1 a 1. O jogo foi ao intervalo desta forma.

LÁ, CÁ E TRAVE!
A volta para o segundo tempo foi bastante movimentada. O Cruzeiro chegou logo com Pedro Rocha, obrigando Diego Alves a se esticar. Gabigol respondeu pelo Flamengo, com Fábio defendendo em dois tempos. Neste lá e cá, o lance seguinte foi da Raposa – e desta vez quase o gol da virada. Aos seis minutos, Ezequiel mandou para o gol, a bola desviou e foi na trave. O Rubro-Negro não deixou barato: Bruno Henrique fez Fábio fazer grande defesa após cruzamento de Arrascaeta…

LEIA MAIS: São Paulo vence o Botafogo com gol nos acréscimos 

LEI DO EX E RECORDE
Arrascaeta, por sinal, faria o gol da vitória do Flamengo, em mais um episódio de lei do ex no futebol. Aos 21 minutos, Willian Arão mandou rasteiro, Gabigol fez um corta-luz e Arrascaeta, de primeira, estufou as redes e colocou o Rubro-Negro novamente na frente do placar, 2 a 1. O ex-jogador do Cruzeiro, agora destaque do time da Gávea, não comemorou por respeito no Mineirão, mas os torcedores do Fla fizeram a festa fora de casa. Vitória confirmada, a sétima seguida, recorde da equipe na história, e um bom início de segundo turno.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 2 FLAMENGO

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 21/9/2019, 17h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP) – Nota LANCE!: 5,5 (deveria ter revisto o lance do pênalti do Cruzeiro no vídeo para afastar a polêmica)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Neuza Ines Back (SP)
Árbitro de vídeo: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Gramado: Ruim
Público/renda: Indisponíveis
Cartões amarelos: Orejuela, Fred (CRU) e Bruno Henrique, Rafinha (FLA)
Cartão vermelho:

GOLS: Gabigol 6’/1ºT (0-1), Thiago Neves 37’/1ºT (1-1) e Arrascaeta 21’/2ºT (1-2)

CRUZEIRO: Fábio, Orejuela, Cacá, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Éderson (Dodô 19’/2ºT), Robinho e Thiago Neves (Ezequiel intervalo); Pedro Rocha (Fred 26’/2ºT) e David. Técnico: Rogério Ceni.

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Arrascaeta (Rhodolfo 45’/2ºT) e Gerson; Vitinho (Piris da Motta intervalo), Bruno Henrique (Berrío 41’/2ºT) e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.

Comentários Facebook

Esportes

Pandemia: Pan-Pacífico de natação é adiado de 2022 para 2026

Publicado

source

Os organizadores do Pan-Pacífico de natação anunciaram o adiamento das competições, que seriam disputadas no Canadá, inicialmente marcadas para o início do segundo semestre de 2022 para 2026. Os quatro países responsáveis pelo gerenciamento do evento, Austrália Candá, Estados Unidos e Japão, decidiram por unanimidade o adiamento.

A decisão foi tomada devido a alterações sofridas no calendário internacional, por causa da pandemia do novo coronavírus. Com as mudanças, dois eventos de grande porte estão confirmados para ocorrer próximo a este período do ano: os Jogos da Commonwealth, previstos para 27 de julho a 7 de agosto de 2022, em Birmingham, na Inglaterra; e o Campeonato Mundial de 2021, que ocorreria em maio, em Fukuoka, no Japão, mas também foi adiado.

De acordo com a nota divulgada no site da Swimming Canada, a federação de natação canadense, um terceiro campeonato traria grandes desafios.

“Estamos ansiosos para sediar este evento, mas, em geral, todos podem se beneficiar da decisão de adiar o Campeonato Pan Pacífico por quatro anos. Continuará sendo um evento de referência no futuro. Agora, estamos ansiosos para sediar um grande evento em 2026, acolhendo nossos colegas Austrália, Japão e Equipe EUA, bem como outros convidados de todo o mundo para uma celebração do nosso esporte da melhor forma possível”, disse a presidente da Swimming Canada.

Os quatro países responsáveis pelo gerenciamento do evento, Austrália Candá, EUA e Japão, decidiram por unanimidade a alteração da data. Por outro lado, o local das disputas permanecerá em solo canadense.

Outra competição afetada foi o Pan-Pacífico Júnior, que ocorrerá em 24 e 27 de agosto de 2022. A princípio aconteceria em 2020.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

COI aprova novo calendário de classificação do Skate para Olimpíadas

Publicado

source

A federação internacional de skate World Skate anunciou a aprovação da mudança de calendário das competições esportivas pelo Conselho Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI), devido alteração dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 para 2021. De acordo com o novo cronograma, todos os eventos classificatórios para as Olimpíadas vão encerrar em 29 de junho do ano que vem, diferentemente da previsão inicial, que determinava o prazo até amanhã (31).

Em nota publicada em site oficial, a entidade explica que “todos os resultados já alcançados serão preservados e que as mudanças foram feitas apenas em relação à pandemia(novo coronavírus). Nenhuma alteração foi feita no sistema de classificação de eventos e nenhuma alteração no sistema de cotas.”

Ou seja, os dois melhores resultado obtidos na primeira janela, em 2019, serão mantidos. Restam ainda 4 eventos que serão levados em consideração. As pontuações conquistadas através de campeonatos nacionais de cada país serão atualizadas trimestralmente no Ranking Mundial de Skate. Já aquelas alcançadas via competições continentais sofrerão alteração no término delas.

Ao todo serão 20 skatistas de cada gênero disputando o ouro olímpico em Tóquio. O masculino e feminino utilizam o mesmo critério de classificação: uma vaga destinada ao país-sede, 16 pelo Ranking Mundial e três alcançadas via Campeonato Mundiais.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana