Delegação do Grêmio experimenta trajes e viaja de terno e gravata ao Mundial

16

Não serão apenas nas jogadas de Luan ou em ações de Pedro Geromel que o Grêmio mostrará elegância no Mundial de Clubes nos Emirados Árabes. A delegação gremista já mostrará no uniforme uma situação diferenciada.

Todos os integrantes do grupo – jogadores, funcionários e dirigentes – estarão vestindo trajes padronizados. Os atletas e a comissão técnica usarão paletó e calça da cor cinza-chumbo, com camisas brancas e gravatas azuis. 

Para dirigentes, haverá trajes com casacos e calças pretos ou azuis escuros. Em todos os trajes estão mantidas as cores para camisa e gravata. O escudo do clube monocromático estará aplicado no bolso no lado esquerdo do peito. 

Não será a primeira vez que este figurino – confeccionado pela grife gaúcha Spirito Santo – será usado, numa ação do Departamento de Marketing associado ao de futebol. Na Libertadores 2014, quando o grupo era treinado por Enderson Moreira, inciativa semelhante também foi realizada.

Zero Hora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here