conecte-se conosco


Esportes

Com Messi e só um que atua no Brasil, Argentina solta pré-lista da Copa América

Publicado

Lance


Messi olhando para cima
Divulgação

Messi está na lista da Argentina para Copa América

O técnico da seleção da Argentina, Lionel Scaloni, divulgou ao público uma lista com 36 nomes pré-selecionados para a disputa da Copa América no Brasil, tentando conquistar uma taça que não vai para a galeria Albiceleste desde o ano de 1993.

Leia também: Irmão de Dybala diz que Cristiano Ronaldo é um problema dentro da Juventus

Dentro dessa convocação, os nomes mais conhecidos do grande público que acabaram ficando de fora das escolhas do comandante da Argentina foram dois atletas que estão em baixa no futebol inglês: o goleiro Sergio Romero (Manchester United) e o atacante Gonzalo Higuaín, emprestado pela Juventus ao Chelsea.

Por sua vez, outras figuras carimbadas nos últimos anos que acabaram recebendo críticas pesadas mediante a falta de conquistas marcantes foram lembradas: Nicolás Otamendi, Sergio Agüero (ambos do Manchester City – Inglaterra), Ángel Di María (PSG – França) e Lionel Messi (Barcelona – Espanha).

Leia também: Real Madrid estuda fazer proposta ao Liverpool por Salah, diz TV

Com uma distensão muscular, quem tem chances consideráveis de acabar sendo cortados por problemas físicos é o jovem Matías Zaracho, um dos bons valores do Racing na campanha que resultou no título da Superliga Argentina de 2018/2019.

Confira os convocados da Argentina:


Goleiros

: Franco Armani (River Plate), Esteban Andrada (Boca Juniors), Agustín Marchesín (América), Juan Musso (Udinese – Itália) e Gerónimo Rulli (Real Sociedad – Espanha);


Defensores

: Nicolás Otamendi (Manchester City – Inglaterra), Renzo Saravia (Racing), Marcos Acuña (Sporting Lisboa – Portugal), Gabriel Mercado (Sevilla – Espanha), Germán Pezzella (Fiorentina – Itália), Walter Kanemann (Grêmio), Nicolás Tagliafico (Ajax – Holanda), Ramiro Funes Mori (Villarreal – Espanha), Gonzalo Montiel (River Plate), Leonardo Sigali (Racing) e Juan Foyth (Tottenham – Inglaterra);


Meio-campistas

: Guido Rodríguez (América), Leandro Paredes (Paris Saint Germain – França), Giovani Lo Celso (Betis – Espanha), Exequiel Palacios (River Plate), Roberto Pereyra (Watford – Inglaterra), Rodrigo De Paul (Udinese – Itália), Matías Zaracho (Racing), Ángel Di María (Paris Saint Germain – França), Gonzalo Martínez (Atlanta United), Paulo Dybala (Juventus – Itália), Iván Marcone (Boca Juniors), Maximiliano Meza (Monterrey), Ignacio Fernández (River Plate) e Manuel Lanzini (West Ham – Inglaterra);


Atacantes

: Mauro Icardi (Internazionale – Itália), Ángel Correa (Atlético de Madrid – Espanha), Lionel Messi (Barcelona – Espanha), Sergio Agüero (Manchester City – Inglaterra), Lautaro Martínez (Internazionale – Itália) e Matías Suárez (River Plate).

Comentários Facebook

Esportes

Recheados de reservas, Internacional e Grêmio ficam no empate

Publicado

Lance

O Gre-Nal 421 terminou sem vencedor. No Beira-Rio, o Internacional abriu vantagem em gol contra de Paulo Miranda, mas levou o empate na etapa final com Luan. Com o placar, o Colorado está na quinta colocação, com 17 pontos. O Tricolor é o décimo, com 15 pontos.

Leia também: Com titulares, Palmeiras é derrotado pelo Ceará e encerra série invicta

jogo Internacional e Grêmio arrow-options
Max Peixoto/DiaEsportivo/Agência O Globo

Internacional e Grêmio empataram por 1 a 1 no Campeonato Brasileiro

Na próxima rodada, o Internacional recebe o Ceará, no Beira-Rio. Enquanto isso, o Grêmio visita o CSA, no Rei Pelé.

O duelo

Com o apoio da torcida, o Internacional resolveu partir para cima desde os primeiros minutos. A prova do abafa Colorado veio com duas chances na mesma jogada através de Edenílson e Wellington Silva, que obrigaram Júlio César a salvar.

Leia também: Sem “fome” pela vitória, Cruzeiro fica no empate com o Bahia

Melhor na partida o gol do Inter veio na bola parada. Sobis levantou, Paulo Miranda tentou cortar e jogou contra o próprio patrimônio.

Nem mesmo a desvantagem fez o Tricolor mudar a sua postura. Sem as principais peças, os comandados de Renato Gaúcho demonstravam dificuldade na criação e foram presas fáceis para os contra-ataques do rival.

Na etapa final o ritmo do confronto caiu de maneira surpreendente. Sem reação, o Grêmio continuava estéreo dentro de campo e não assustava o Inter, que administrava o jogo tranquilamente.

Na casa dos 25 minutos, em raro momento de lucidez, o Tricolor conseguiu trabalhar a posse de bola e Tardelli deu passe açucarado para Juninho Capixaba. O lateral levantou na medida para Luan, ganhar de Klaus e mandar para o fundo da rede, 1 a 1.

Se a temperatura ficou morna ao logo do confronto, nos acréscimos o jogo pegou fogo. Após dividida entre Edenilson e Thaciano, os dois jogadores começaram a trocar empurrões e Anderson Daronco teve trabalho para acalmar os ânimos.

INTERNACIONAL 1 X 1 GRÊMIO
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 20/7/2019 – 19h
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepocumuceno de Andrade Junior (RS)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral(SP)
Público/renda: 33.958 pagantes/R$ 1.697.655,00
Cartões amarelos: Heitor, Rafael Sobis, Edenilson (INT), Thaciano, Romulo (GRE)
Cartões vermelhos: –
Gols: Paulo Miranda (21’/1ºT) Luan (25/2ºT)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Heitor, Emerson Santos (Klaus, aos 30/1ºT), Victor Cuesta e Natanael; Rodrigo Lindoso, Edenilson e Nonato (Pedro Lucas, aos 34/2ºT); Guilherme Parede (Patrick, aos 19/2ºT), Wellington Silva e Rafael Sobis. Técnico: Odair Hellmann.

Leia também: Diego reage e protesto da torcida do Flamengo acaba em confusão no Rio; assista

GRÊMIO: Júlio César; Léo Moura, David Braz, Paulo Miranda e Juninho Capixaba; Romulo, Thaciano e Rafael Galhardo (Everton, aos 14/2ºT); Luan, Pepê e Diego Tardelli (Darlan, aos 35/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Com titulares, Palmeiras é derrotado pelo Ceará e encerra série invicta

Publicado

Lance

O Palmeiras entrou em campo com os titulares diante do Ceará, neste sábado, para dar uma resposta às criticas de sua torcida e se recuperar da eliminação na Copa do Brasil. Irreconhecível, porém, o Alviverde foi derrotado por 2 a 0 pelo Vozão, que terminou o duelo sob gritos de olé no Castelão. A equipe paulista ainda viu cair uma invencibilidade de 33 jogos em partidas de Campeonato Brasileiro – todas sob o comando de Felipão. O último revés do Verdão havia sido contra Fluminense, em 15 de julho do ano passado.

ceará e palmeiras arrow-options
Marcelo D. Sants / FramePhoto / Agência O Globo

Gol de Matheus Gonçalves abriu caminho para vitória do Ceará contra o Palmeiras, no Campeonato Brasileiro

Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana