conecte-se conosco


Estadual

Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia volta a Cuiabá

Publicado

Foto: Assessoria

A maior competição de vôlei de praia do país está de volta a Cuiabá. Após sete anos longe da capital mato-grossense, a disputa do Circuito Brasileiro Open desembarca na cidade neste mês, de 23 a 27 de outubro. Com a presença de vários medalhistas olímpicos, o torneio será realizado no estacionamento do ginásio Aecim Tocantins e conta com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).  A entrada será gratuita.

Será a quinta vez que Cuiabá recebe a competição nacional, o que ocorreu também em 2001, 2002, 2003 e 2012. Nesta última edição disputada no estado, os campeões olímpicos Emanuel, que se aposentou em 2016, e Alison, foram os vencedores no masculino, enquanto Juliana e Larissa venceram no feminino. As cidades mato-grossenses de Cáceres, Rondonópolis, Sinop e Várzea Grande também receberam etapas do Circuito Brasileiro Open (veja a lista completa abaixo).

A competição ocorre com 24 duplas em cada categoria. Os 16 times mais bem colocados no ranking de entradas já estão garantidos na fase de grupos que só começa a partir de quinta-feira (masculino) e sexta-feira (feminino) , enquanto outras oito vagas permanecem ‘abertas’ para duplas fora do ranking, e serão decididas no torneio classificatório, realizado a partir na quarta (masculino) e quinta (feminino).

As 24 equipes classificadas são divididas em seis grupos de quatro e jogam entre si, com os dois melhores times de cada grupo e os quatro melhores terceiros colocados avançando às oitavas de final. A competição segue no formato eliminatório tradicional, com quartas de final, semifinais e disputas de bronze e ouro.

O torneio terá a participação dos medalhistas olímpicos Alison (ES), Bárbara Seixas (RJ), Juliana (CE) e Ricardo (BA), além do campeão mundial André Stein (ES) e dos medalhistas pan-americanos Álvaro Filho (PB), Ângela (DF), Carol Horta (CE) e Vitor Felipe (PB) e vários atletas revelação da nova geração.

No naipe masculino, dois atletas que representam Mato Grosso estão inscritos na disputa do classificatório: Alcir e Paulo. No feminino, são cinco atletas representando o estado: Ana, Bárbara, Dani, Laryssa e Priscila.

O Circuito Brasileiro 19/20 conta com sete etapas, três realizadas no segundo semestre deste ano, e quatro que acontecem no primeiro semestre de 2020. A estreia do tour aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Após Cuiabá, o torneio segue para Ribeirão Preto (SP), em novembro. Já as etapas de 2020 ainda serão divulgadas.

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.

As partidas também serão transmitidas ao vivo pelo site voleidepraiatv.cbv.com.br e pelo Facebook da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), a partir de quinta-feira (24.10). Já as disputas de medalha dos dois naipes, sábado (26.10) e domingo (27.10), serão exibidas ao vivo exclusivamente pelos canais SporTV.

Campeões das edições realizadas em Mato Grosso:

2001 (Cuiabá): Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Harley/Luizão (DF/AM)

2002 (Cuiabá): Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Márcio/Benjamin (CE/MS)

2003 (Cuiabá): Sandra Pires/Ana Paula (RJ/MG) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)

2004 (Rondonópolis): Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Fábio Luiz/Paulo Emílio (ES/BA)

2005 (Sinop):  Juliana/Larissa (CE/PA) e Márcio/Fábio Luiz (CE/ES)

2006 (Várzea Grande): Juliana/Larissa (CE/PA) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)

2008 (Cáceres): Juliana/Larissa (CE/PA) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)

12/13 (Cuiabá): Juliana/Larissa (CE/PA) e Alison/Emanuel (ES/PR)

12/13 (Sinop)*: Vivian/Pri Lima (PA/RJ) e Fábio Luiz/Oscar (ES/RJ)

2014 (Rondonópolis): Elize Maia/Carolina (ES/RJ) e Leonardo Gomes/Gilmário (RJ/PB)

*Etapas do Circuito Challenger

Credenciamento de imprensa

Os profissionais de imprensa devem se credenciar através do site http://2018.cbv.com.br/imprensa/credenciamento, preenchendo todos os campos requisitados e selecionando na aba evento ‘Circuito Brasileiro – Etapa Cuiabá (MT)’. O credenciamento será encerrado na terça-feira (22.10), às 13h.

Comentários Facebook

Estadual

Formar X Revelar

Publicado

Eduardo Henrique- Treinador de Futebol Licenciado CBF

Em se tratando de futebol de base, deparamos sempre com a mesma pergunta é gasto ou investimento. Talvez se façam essa pergunta por que os clubes não têm uma interação e planejamento entre futebol profissional e categoria de base. E poucos têm a noção que nas categorias menores, o fundamental é a formação do atleta, e não é só pensar em ganhar jogos e campeonatos. Mais já informando que é essencial saber a importância de ganhar.

Sempre falo que na categoria de base, você tem que fazer seus atletas terem um alicerce forte. Ensinando o lado Técnico, Físico, Tático e nunca deixar o psicológico de lado. E também falar com eles sobre as necessidades para a vida, importância dos estudos, e tudo que vem pela vida adulta. A serem não só atletas, mais cidadãos.

Mais um grande detalhe que muitos se enganam, é pensar que a base, que revela jogadores. O jogador só é “revelado“ quando esse atua no profissional. Por isso a importância de ter uma boa relação entre a base e o profissional. Um exemplo típico disso é a Sociedade Esportiva Palmeiras, que nos últimos anos, ganhou quase tudo na base e com vários atletas convocados para a Seleção Brasileira, mais se revelou muito pouco, por que tiveram poucas oportunidades de atuar no profissional. Do lado contrário temos o Santos Futebol Clube, que ganhou poucas competições de base, mais sempre revelou muitos atletas.

Veja Mais:  Não atrair problemas já afastados por Deus

Podemos ter vários motivos para isso, necessidade de vender, pouco poderio de contratar atletas de nível. Mais ainda acredito que é muito cultural dos clubes.

Aqui no Mato Grosso, temos muito disso, algumas equipes tem formado muitos atletas, mais infelizmente revelando pouco, por que não estão tendo oportunidades para esses jovens se firmarem no futebol profissional. Exceções de certas surpresas agradáveis, que vimos no estadual desse ano. Tomara que tenham continuidade, para voltarmos a revelar grandes atletas.

“Falar de Touros não é a mesma coisa que entrar na Arena” um proverbio Espanhol que se aplica muito bem para nosso futebol.

Eduardo Henrique

Treinador de Futebol

Licença CBF

Comentários Facebook
Continue lendo

Estadual

Após pedido de demissão do presidente, Conselho Deliberativo convocará assembleia para validar saída

Publicado

Foto: Assessoria

O Conselho Deliberativo do Mixto Esporte Clube recebeu a carta de renúncia do atual presidente Walter Hudson Fernandes e vai se reunir em assembleia para ratificar a saída do agora ex-presidente. Esta reunião, que é de caráter extraordinário, também vai estabelecer prazos para a apresentação de chapas e data para as novas eleições da diretoria executiva do clube.

Durante o encontro será definida a data da eleição e também um plano de ação para dar sequência no projeto, que foi assumido pelo Conselho Gestor há dois anos.

Renúncia do presidente

Presidente do Mixto desde agosto de 2016, Walter Hudson entregou a carta de renúncia nesta segunda-feira, 25 de maio, e alegou motivos de ordem pessoal.

O clube agradece os anos de serviços prestados à instituição e deseja sorte em sua trajetória.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana