conecte-se conosco


Esportes

Campeonato Brasileiro de 2018: as principais informações da Chapecoense

Publicado

Desde que chegou à elite do futebol brasileiro em 2014, a Chapecoense vem ascendendo e teve em 2017, sua melhor campanha, quando ficou na oitava colocação. Assim, conquistou vaga para a segunda fase da Libertadores deste ano, mas foi eliminada antes de chegar à fase de grupos.

Leia também: Botafogo, Cruzeiro, Grêmio… Os campeões estaduais de 2018 pelo Brasil


Escudo da Associação Chapecoense de Futebol
Reprodução

Escudo da Associação Chapecoense de Futebol

Em 2018, a Chapecoense se viu vice-campeã do Campeonato Catarinense, mas tenta esquecer o resultado do estadual e quebrar sua marca no Brasileirão. Para a nova temporada, o time de Santa Catarina conta com algumas chegadas como a do ex-Flamengo Márcio Araújo, do ex-Atlético-GO Bruno Pacheco e do jovem Guilherme, que teve destaque no ano passado com a camisa do Botafogo.

Informações do clube

Nome oficial : Associação Chapecoense de Futebol

Fundação : 10 de maio de 1973

Cidade : Chapecó (SC)

Mascote : Índio Condá

Estádio (público) : Arena Condá (20.089 pessoas)

Presidente : Plínio David de Nês Filho

Uniforme 1 : Camisa, shorts e meiões verdes

Uniforme 2 : Camisa, shorts e meiões brancos

Twitter : https://twitter.com/ChapecoenseReal

Instagram : https://www.instagram.com/chapecoensereal

Facebook :   https://www.facebook.com/AChapeF/

Elenco


Time da Chapecoense na final do Catarinense 2018
Chapecoense/ Sirli Freitas

Time da Chapecoense na final do Catarinense 2018

Time base : Jandrei, Rafael Thyere, Eduardo, Bruno Pacheco, Douglas; Luiz Antônio, Canteros, Amaral; Guilherme Augusto, Márcio Araújo e Wellington Paulista

Goleiros : Jandrei, Elias, Tiepo, Ivan, Igor Campos

Defensores : Nery Barreto, Neto, Douglas, Fabricio Bruno, Luiz Otávio, Thyere, Hiago, V. Freitas, Apodi, Bruno, Bruno Pacheco, Eduardo

Meio-campistas : Luiz Antônio, Canteros, Moisés Ribeiro, Márcio Araújo, Khevin, Amaral, Elicarlos, Junior Santos, Nenén, Alan, Nadson, Kendy

Atacantes : Wellington Paulista, Arthur Caike, Osman Jr, Bruno, Vinicius, Guilherme, Perotti

Técnico : Gilson Kleina

Capitão : Wellington Paulista

Os que chegaram: Márcio Araújo (M-Flamengo), Guilherme (A-Botafogo), Rafael Thyere (Z-Grêmio), Bruno Pacheco (LE-Atlético-GO), Eduardo (LD-Bahia), Ivan (G-Joinville), Vinícius (A-Adanaspor-TUR), Vinícius Freitas (LE-AEK Atenas-GRE), Nery Bareiro (Z-Guaraní-PAR), Junior Santos (A-Suwon Bluewings-CDS)

Os que saíram: João Pedro (LD-Bahia), Luiz Antônio (M), Reinaldo (LE-São Paulo), Dodô (M-Botafogo-SP), Túlio de Melo (A-Avispa Fukuoka-JAP), Diego Renan (LE-Figueirense), Moisés Gaúcho (M-Londrina), Artur Moraes (G-Aves-POR), Seijas (M-Internacional), Zeballos (LD-Defensor Sporting-URU), Douglas Grolli (Z-Bahia), Lucas Marques (M-Vitória)

Leia também: Campeonato Brasileiro de 2018: as principais informações do Flamengo

Para ficar de olho: Guilherme

O mais novo reforço da Chapecoense para a temporada de 2018 chegou em janeiro depois de uma negociação com o Grêmio. O jovem de 22 anos de idade ganhou destaque ao fazer uma boa campanha no Campeonato Brasileiro de 2017 como empréstimo ao Botafogo e marcou sete gols em 62 partidas com a camisa do Alvinegro carioca.

Histórico

Participações em pontos corridos (2003-2018):  5ª participação

Melhor colocação:  8º lugar (2017)

Colocação em 2017:  8º lugar

Campanha no Estadual 2018: Vice-campeão

Como você acha que a Chapecoense vai se sair no Campeonato Brasileiro de 2018? Deixe sua mensagem no campo de comentários abaixo.

Comentários Facebook

Esportes

Brasil derrota Itália e está nas semifinais do Mundial Sub-17

Publicado

source

O Brasil se classificou para as semifinais da Copa do Mundo de futebol sub-17 após derrotar a Itália por 2 a 0 nesta segunda (11) em partida realizada no Estádio Olímpico de Goiânia.

Com a classificação o Brasil enfrenta a França nas semifinais, e continua na caminhada em busca de seu quarto título na competição.

Quem teve a primeira oportunidade clara de marcar foi o Brasil. Aos 4 minutos Kaio Jorge toca para Pedro Lucas chutar para defesa do goleiro Molla.

Porém, um minuto depois não tem jeito. O lateral-esquerdo Patryck, da base do São Paulo, avança com liberdade e chuta forte para abrir o marcador.

Aos 15 minutos a Itália cria oportunidade de empatar. Pirola cabeceia com liberdade após cobrança de escanteio, mas o goleiro Matheus Donelli consegue espalmar para fora.

Brasil e Itália se enfrentam por uma vaga nas semifinais do Mundial  no Estádio Olímpico, em Goiânia

Patryck comemora primeiro gol do Brasil contra a Itália – Divulgaçã/CBF

Cinco minutos depois a equipe italiana tem nova chance clara, em cobrança de falta perigosa do meia Brentan, que passa muito perto do gol brasileiro.

Com o passar do tempo a Itália passa a dominar as ações. Mas encontra dificuldades de criar chances claras.

E a equipe europeia chega novamente com perigo aos 35 minutos, quando o atacante Gnonto cabeceia com perigo após cobrança de falta. Mas a bola vai para fora.

Mas se a Itália não transforma as suas oportunidades em gols, o Brasil aproveita as chances que aparecem. E aos 39 minutos o meia Pedro Lucas toca para João Peglow, que acerta um belo chute cruzado que bate na trave do gol italiano antes de entrar. 2 a 0 para o Brasil, e o terceiro gol do jogador da base do Internacional em 5 partidas na competição.

Segundo tempo sem gols

O segundo tempo começa muito amarrado, com as duas equipes concentrando as ações no meio de campo. Com isso as chances diminuem muito.

A primeira oportunidade do Brasil aparece aos 16 minutos, quando Veron recupera a bola, se livra dos marcadores e chuta com muito perigo, mas o goleiro Molla consegue espalmar para fora.

Aos 22 minutos a seleção brasileira volta a ter outra boa chance. O lateral Yan avança e toca para Talles Costa, que encontra Pedro Lucas, que bate para fora com perigo. Mas o Brasil não consegue aproveitar.

E a Itália tem a sua melhor oportunidade aos 36 minutos, quando o atacante Gnonto recebe lançamento em profundidade para ficar cara a cara com o goleiro Matheus Donelli. Porém, o goleiro brasileiro é decisivo ao avançar e conseguir matar a jogada adversária.

A partir daí a seleção brasileira administra a partida até o final para garantir a vitória de 2 a 0.

Semifinais

Brasil e Itália se enfrentam por uma vaga nas semifinais do Mundial  no Estádio Olímpico, em Goiânia

Equipe do Brasil busca quarto título do país no Mundial sub-17 – Divulgaçã/CBF

O adversário do Brasil nas semifinais será a França, que goleou a Espanha por 6 a 1 também nesta segunda.

A outra semifinal colocará frente a frente as seleções do México e da Holanda, que se enfrentam na próxima quinta no Estádio do Bezerrão, no Gama (DF).

Ficha técnica:

ITÁLIA 0 X 2 BRASIL

Competição: Mundial sub-17 (quartas-de-final).

Local: Estádio Olímpico, Goiânia.

Público: 8.743 torcedores.

Juiz: Adonai Escobedo (México).

Itália: Molla; Lamanna (Barbieri), Dalle Mura, Pirola e Ruggeri; Panada, Brentan (Oristanio) e Udogie; Gnonto, Cudrig (Capone) e Tongya. T: Carmine Nunziata.

Brasil: Matheus Donelli; Yan, Henri, Luan Patrick e Patryck; Daniel Cabral, Talles Costa e Peglow (Garcia); Veron (Matheus Araújo), Kaio Jorge e Pedro Lucas (Sandry). T: Guilherme Dalla Dea.

Gols: No primeiro tempo: Patryck (5) e Peglow (39).

Edição: Fábio Lisboa
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Botafogo vence Avaí e deixa zona do rebaixamento

Publicado

source

No jogo que encerrou a 32ª rodada do Campeonato Brasileiro o Botafogo venceu o Avaí por 2 a 0 nesta segunda (11) no estádio Nilton Santos. Com este resultado a equipe carioca deixou a zona do rebaixamento.

O Botafogo abriu o marcador aos 12 minutos graças a um gol contra do zagueiro Ricardo. O meia Cícero levanta na área e o defensor acaba cabeceando, por cobertura, para a meta defendida por Vladimir.

O segundo gol do time carioca saiu apenas aos 42 minutos da etapa final, em cobrança de pênalti de Diego Souza.

Edição: Fábio Lisboa
Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana