conecte-se conosco


Futebol / CBF

Brasil vence a Argentina pela última rodada do Sul-Americano Sub-20

Publicado

No Chile

Brasil vence a Argentina pela última rodada do Sul-Americano Sub-20



Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF




Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF



Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF



Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF



Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF



Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF



Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF



Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

+7

Brasil vence a Argentina por 1 a 0 na última rodada do Sul-Americano Sub-20

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF


Pela rodada final do Sul-Americano Sub-20, Brasil encerra participação na competição batendo a Argentina por 1 a 0

O Brasil fechou a participação no Sul-Americano Sub-20 com triunfo sobre o maior rival. Na noite deste domingo (10), em Rancagua, no Chile, a Seleção derrotou a Argentina por 1 a 0, em confronto válido pela última rodada do hexagonal final. Lincoln, ainda no primeiro tempo, fez de pênalti o único gol no Estádio Estádio El Teniente.  Com o resultado, a Seleção termina o hexagonal na quinta colocação, somando cinco pontos.

Confira a tabela completa do Sul-Americano Sub-20!

O jogo

Necessitando vencer, o Brasil começou adiantando a marcação e pressionando a saída de bola argentina. A primeira boa oportunidade veio aos 16 minutos, em jogada individual de Vitinho, mas que parou na defesa do goleiro Roffo. Três minutos depois foi a vez da Argentina assustar, com Maroni, que só não finalizou porque o goleiro Phelipe se antecipou e fez boa defesa, salvando a Seleção. Foi quando aos 37 minutos o Brasil teve pênalti marcado. Em jogada dentro da área, a bola pegou nas mãos de Sosa e o árbitro apitou. Na cobrança, Lincoln bateu colocado, o goleiro ainda conseguiu espalmar, mas a bola morreu no fundo do gol.

A Argentina voltou do intervalo buscando ter maior posse de bola. Logo aos oito, levou perigo ao Brasil com Maroni. Mais tarde, o técnico Carlos Amadeu promoveu as entradas de Jonas Toró e Papagaio respectivamente nos lugares de Lincoln e Igor. Mas ainda assim os argentinos seguiram pressionando. A Seleção seguia com dificuldade na criação. Na tentativa de marcar mais gols para se classificar, o treinador ainda colocou, aos 28 minutos, Marquinhos Cipriano no lugar de Vitinho. A Seleção teve a melhor chance da etapa aos 41 minutos, mas Jonas Toró chutou na trave o cruzamento rasteiro de Marquinhos Cipriano.

Brasil: Phelipe; Emerson, Vitão, Walce e Lucas Cândido; Gabriel Menino, Marcos Bahia e Igor (Papagaio); Vitinho (Marquinhos Cipriano), Rodrygo e Lincoln (Jonas Toró)

Fonte: CBF
Comentários Facebook

Futebol / CBF

Multicampeão na China, Elkeson lista momentos marcantes da carreira

Publicado

Aos 29 anos, atacante do Shanghai SIPG coleciona troféus na China. Em exclusiva à CBF, Elkeson conta ainda que sonha um dia jogar pelo clube do coração

Ex-Botafogo, Elkeson está desde 2016 no Shanghai SIPG

Ex-Botafogo, Elkeson está desde 2016 no Shanghai SIPG
Créditos: Site oficial Shanghai SIPG

Há sete anos na China, Elkeson vem a cada temporada acumulando títulos e marcas expressivas. O atacante brazuca partiu para o outro lado do mundo no fim de 2012, após figurar entre os goleadores do Brasileirão daquele ano, quando jogava pelo Botafogo. Na terra da grande muralha, o jogador já faturou quatro vezes o Campeonato Chinês, duas vezes a Liga dos Campeões da Ásia e uma Supercopa.

Atualmente defendendo o Shanghai SIPG, Elkeson falou em entrevista exclusiva ao site da CBF. Aos 29 anos de idade, o atacante, que se vê no melhor momento da carreira, resgatou na lembrança os tempos de Alvinegro carioca, quando, inclusive, foi convocado para a Seleção Brasileira.

— Esse é o meu sétimo ano na China. Estou muito feliz. Conquistei muitos títulos importantes pelo Guangzhou Evergrande, agora, mais dois pelo Shanghai SIPG. São momentos marcantes na minha carreira, assim como minha passagem pelo Botafogo, que foi especial. Foi jogando lá que fui convocado para a Seleção Brasileira, que era meu sonho e consegui realizar —  disse Elkeson, antes de projetar mais títulos na China:

—  Muito feliz com o meu momento, mas espero conquistar ainda mais títulos no futebol chinês, onde pretendo ficar por mais três ou quatro anos.

Atacante tem 44 gols marcados com a camisa do Shanghai SIPG

Atacante tem 44 gols marcados com a camisa do Shanghai SIPG
Créditos: Site oficial Shanghai SIPG

Apesar de querer seguir na China por mais tempo, o maranhense nascido em Coelho Neto revelou que sonha voltar ao Brasil e defender o time de coração. Qual? Ele deu apenas uma pista.

—  No futuro, eu pretendo voltar para jogar no futebol brasileiro, sim. Eu tenho um sonho de vestir a camisa do meu clube de coração, que prefiro não revelar qual é agora. Posso dizer que é um grande clube de São Paulo. Quem sabe um dia eu ainda consiga realizar esse sonho — contou.

Contando os gols marcados por Guangzhou Evergrande (2013 a 2015) e Shanghai SIPG (desde 2016), Elkeson balançou 121 vezes as redes na China. Ao lado dos compatriotas Oscar e Hulk no Shanghai, o atacante brazuca busca agora seu quinto título nacional. Revelado pelo Vitória, ele jogou no Rubro-Negro baiano até 2011, antes de se transferir para o Botafogo.

Confira a tabela completa do Campeonato da China

CONTRIBUIÇÃO DO BRASIL AO FUTEBOL CHINÊS

O chinês tem se interessado cada vez mais pelo futebol, são torcedores apaixonados. E como fãs do esporte, têm uma admiração muito grande pelo Brasil. Então, os jogadores brasileiros são muito queridos, bem recebidos e bem vistos pelo torcedor chinês. Não só os brazucas, mas os jogadores estrangeiros têm sido, de uma maneira geral, muito importantes para o aumento da popularidade do esporte aqui.

BRAZUCAS NA CHINA

A relação é ótima. Aqui no Shanghai, além de mim, tem o Hulk e o Oscar. Somos amigos dentro e fora de campo, estamos juntos nas folgas e isso é muito importante. A China é um país muito diferente do Brasil, então, principalmente no início, é muito importante essa boa relação para ajudar na adaptação. Eu não tenho do que reclamar, vivo muito bem na China, mas, com certeza, ter brasileiros por perto ajuda muito. Não tem alguém especial que eu goste de enfrentar, mas é sempre bom ter contato com jogadores do Brasil.

SELEÇÃO BRASILEIRA

Todo jogador sonha em vestir a camisa da Seleção. Eu já tive esse prazer. A concorrência é enorme, temos excelentes jogadores, principalmente na parte ofensiva. Eu procuro sempre fazer o meu trabalho da melhor forma possível, me dedico muito, me cuido. Penso que se eu continuar fazendo o meu trabalho bem feito no Shanghai, as chances aumentam. Seria um prazer ter meu nome lembrado novamente.

<!–

–>

Fonte: CBF
Comentários Facebook
Continue lendo

Futebol / CBF

Com três de Verena, Vitória goleia Sport pelo Brasileirão Feminino

Publicado

Baianas levaram a melhor no confronto de rubro-negras, no Barradão. Goleada por 5 a 0 coloca o Vitória na 13ª posição; Sport segue na lantera

Vitória 5 x 0 Sport - Brasileirão Feminino A-1 2019

Créditos: Divulgação/E. C. Vitória

No duelo das leoas, as baianas rugiram mais alto: nesta quinta-feira (18), em confronto válido pela quinta rodada do Brasileirão Feminino A-1, o Vitória goleou o Sport por 5 a 0 e venceu a primeira no torneio nacional. Verena, autora de três gols no confronto, foi o grande destaque das donas da casa no Barradão, em Salvador (BA). Tatielly (de pênalti) e Itacaré completaram a goleada rubro-negra.

Verena marcou todos os seus três gols ainda na primeira etapa, abrindo o placar logo aos quatro minutos de partida. Tatielly converteu o pênalti sofrido por Joyce e ainda deu assistência para o gol de Itacaré, que entrou na vaga de Bruna.

– Fizemos um bom resultado fora de casa. Verena foi muito bem nesta tarde. Estávamos fazendo bons jogos e os resultados não mostravam isso para o torcedor. Agora é curtir a vitória, aproveitar o momento e se preparar para nossa próxima batalha ao lado da torcida. Precisamos fazer mais para ter tranquilidade no campeonato e trabalharemos para isso – analisou Lucas Grillo, técnico do Vitória.

O resultado positivo coloca o Vitória na 13ª posição da tabela do Feminino A-1, com três pontos somados. Na próxima rodada, as baianas encaram o Minas Icesp-DF, na sexta-feira (26), também no Barradão. O Sport segue na lanterna da competição nacional, sem somar quaisquer pontos. O próximo compromisso das pernambucanas é contra o o Internacional, às 17h de sábado (27).

Audax 3 x 0 Vitória-PE

No outro duelo desta quinta-feira (18), o Audax-SP venceu o Vitória-PE por 3 a 0 e mostrou que é forte candidato à briga no topo da tabela. Lulu (duas vezes) e Lucero marcaram os gols da equipe de Osasco no estádio José Liberatti. Com o triunfo, o time alvirrubro agora está na terceira colocação da tabela do Brasileirão Feminino A-1, com dez pontos somados. Já as pernambucanas estão em 15º lugar, com dois pontos.

Na próxima quinta-feira (25), o Audax visita o Foz Cataratas/Athletico-PR no estádio Pedro Basso, às 16h. O Vitória-PE recebe o São Francisco-BA no mesmo dia, no Barbosão (Chã Grande, PE) às 15h.

<!–

–>

Fonte: CBF
Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana