conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Análise: suplentes se encaixam no Flue seguram as pontas… Na marcação

Publicado

 

Se o objetivo de Levir Culpi era manter o padrão tático do Fluminense das rodadas passadas, mesmo com desfalques, ele pode dizer que conseguiu. Ao menos no que diz respeito ao encaixe do time. Com Edson e Danilinho nas vagas dos suspensos Cícero e Marcos Júnior, a equipe manteve a pegada na marcação e praticamente não foi ameaçada na vitória por 1 a 0 sobre o Santa Cruz no último domingo, no Arruda (veja os melhores momentos no vídeo acima): o Tricolor só foi ameaçado com uma chance real de gol uma única vez durante os 90 minutos.

tabela, Danilinho e Edson, Fluminense (Foto: Arte Esporte)

Das caras novas na equipe, quem mais mostrou serviço foi Danilinho, que fez sua estreia como titular. Substituto de Marcos Júnior, o atacante na prática desempenhou no primeiro tempo a função que era de Scarpa nas últimas rodadas: fechar o lado direito e dobrar a marcação com Wellington Silva. Teve duas roubadas de bola e foi um dos que mais acertaram passes no Flu. Na etapa final, com o jovem Igor Julião na lateral direita, Levir inverteu Scarpa com Danilinho, e o jogador passou a exercer um papel mais ofensivo, flutuando pelos flancos e puxando contra-ataques. Conseguiu um que deixou Scarpa na cara do gol, mas ele perdeu.

Edson não jogou tão bem, foi um dos que mais erraram passes do time, esteve pouco efetivo no combate direto e ficou longe de repetir as boas atuações de quando era titular. Mas cumpriu as exigências táticas da formação. Com o volante ao lado de Douglas preso à marcação, deu mais liberdade para Scarpa atacar no primeiro tempo e usou sua avantajada estatura de 1,83 para ajudar nas bolas aéreas na área tricolor. Nos 45 minutos finais, sentiu a falta de ritmo, fez mais faltas, levou cartão e foi substituído por Pierre, outro que ajudou a segurar as pontas lá atrás.

Se por um lado não sofreu sustos, por outro também pouco levou perigo: foram apenas duas chances claras de gol em seis finalizações. O aproveitamento pode até ter sido bom, mas o setor de criação deixou a desejar, e o Fluminense voltou a apresentar um velho problema de produção ofensiva ? Cícero e Marcos Júnior fizeram falta neste sentido. Em entrevista coletiva após o jogo, Levir admitiu que essa é uma cobrança que será feita ao grupo.

? O time ficou seguro, o sistema defensivo ficou tranquilo, mas tivemos poucas arrancadas para frente. Essa é uma cobrança que vou fazer ? afirmou.

Com 31 pontos, o Fluminense subiu uma posição, agora é o oitavo colocado do Brasileiro, e diminuiu a distância para o G-4 para cinco pontos, sendo que ainda tem um jogo a menos que os demais. O Tricolor ganhou a segunda e a terça de folga e se reapresenta na tarde de quarta-feira, nas Laranjeiras. O time de Levir Culpi volta a campo no próximo domingo, contra o líder Palmeiras, às 16h (de Brasília), no Mané Garrincha, no Distrito Federal.

Comentários Facebook

+ Esportes

Quarta de Brasil x Argentina, Copa do Brasil, Libertadores e mais no SporTV

Campeonato FrancêsCopa do BrasilPrimeira LigaFutebol de areiaSul-Americano Sub-20LibertadoresA quarta-feira no Canal Campeão está movimentada com muita ação nos gramados do Brasil e do exterior. O dia tem Copa do Brasil, Primeira Liga, Libertadores, Campeonato Francês e Sul-Americano Sub-20. Internacional e Fluminense duelam às 19h30 (de Brasília). O Corinthians encara a Caldense, às 21h45. O Atlético-PR pega o Millonarios, da Colômbia, no mesmo horário, enquanto a seleção brasileira sub-20 enfrenta a Argentina, às 23h30. Confira a programação completa abaixo.

O “Redação SporTV” começa às 10h, dando vez ao “É Gol!!!” ao
meio-dia. O “Seleção SporTV” chega às 13h. O “Tá na Área” é às 17h. O “Troca de
Passes” analisa tudo que rolou nos gramados às 23h45. No SporTV2, o “Giro
SporTV” é destaque ao meio-dia, enquanto o “Planeta SporTV” começa às 16h, e o “SporTV
News”, às 23h45.

01Campeonato Francês

Em terceiro lugar na tabela, o Nice encara o Saint-Ettiene
pela 24ª rodada do Francês, à..

Publicado

  1. Campeonato Francês
  2. Copa do Brasil
  3. Primeira Liga
  4. Futebol de areia
  5. Sul-Americano Sub-20
  6. Libertadores

A quarta-feira no Canal Campeão está movimentada com muita ação nos gramados do Brasil e do exterior. O dia tem Copa do Brasil, Primeira Liga, Libertadores, Campeonato Francês e Sul-Americano Sub-20. Internacional e Fluminense duelam às 19h30 (de Brasília). O Corinthians encara a Caldense, às 21h45. O Atlético-PR pega o Millonarios, da Colômbia, no mesmo horário, enquanto a seleção brasileira sub-20 enfrenta a Argentina, às 23h30. Confira a programação completa abaixo.

O “Redação SporTV” começa às 10h, dando vez ao “É Gol!!!” ao
meio-dia. O “Seleção SporTV” chega às 13h. O “Tá na Área” é às 17h. O “Troca de
Passes”
analisa tudo que rolou nos gramados às 23h45. No SporTV2, o “Giro
SporTV” é destaque ao meio-dia, enquanto o “Planeta SporTV” começa às 16h, e o “SporTV
News”
, às 23h45.

01

Campeonato Francês

Em terceiro lugar na tabela, o Nice encara o Saint-Ettiene
pela 24ª rodada do Francês, às 16h, no SporTV3, na voz de Daniel Pereira e
análise de Carlos Eduardo Lino. O jogo acontece no Allianz Riviera – a equipe
do litoral francês tem 49 pontos, três a menos que o líder Monaco.

02

Copa do Brasil

Vitória da Conquista e Coritiba se encaram pela primeira
fase da Copa do Brasil, às 19h15, no estádio Lomanto Júnior. A narração é de
Thiago Mastroianni, com análise de Gustavo Castelucci. Confira o duelo no
SporTV2.

Jô, primeiro gol, Corinthians x São Bento (Foto: Marcos Ribolli)Corinthians encara a Caldense (Foto: Marcos Ribolli)

No mesmo canal, o Corinthians encara a Caldense, às 21h45,
com narração de Jota Jr e comentários de Wagner Vilaron. A partida rola no
estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG).

01

Primeira Liga

O Internacional encara o Fluminense pela Copa da Primeira
Liga, no SporTV, às 19h30, na narração de Luiz Carlos Jr e análise de Ricardo
Rocha. O jogo é válido pela 2ª rodada do Grupo A, no Beira-Rio, em Porto Alegre
(RS).

01

Futebol de areia

Brasil e Peru duelam pelas eliminatórias da Copa do Mundo de
futebol de areia, às 20h30, no SporTV3, direto do Paraguai. A narração é de
Clayton Carvalho, ao lado do comentarista Robertinho.

01

Sul-Americano Sub-20

A seleção brasileira sub-20 encara a Argentina pela fase
final da competição, que acontece no Equador. O duelo acontece às 23h30, no
SporTV3, na narração de Guto Nejaim e comentários de André Loffredo. Mais cedo,
Uruguai e Venezuela entram em campo a partir das 21h30.

01

Libertadores

Fique ligado no duelo de volta entre Millonarios, da
Colômbia, e Atlético-PR, às 21h45, no SporTV, na voz de Linhares Jr e análise
de Maurício Noriega. O jogo é válido pela segunda fase – o Furacão venceu a
primeira partida por 1 a 0, na Arena da Baixada.

Comentários Facebook
Continue lendo

+ Esportes

Rival do Bota, Colo-Colo trava batalha além da Libertadores para salvar vidas

Bandeira do Colo-Colo é erguida entre um dos vários incêndios florestais no Sul do Chile (Foto: Divulgação/Colo-Colo)Assim como será para o Botafogo, o jogo da noite desta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Monumental, é o mais importante do ano para o Colo-Colo. Se perder a disputa, estará eliminado da Taça Libertadores da América e também ficará fora da Copa Sul-Americana. Ainda assim, o clube e seus torcedores dividiram o foco durante a preparação do time em prol de uma ação de solidariedade: ajudar as pessoas afetadas pelos incêndios no Sul do Chile, que já duram três semanas e deixaram cerca de três mil desabrigados, dezenas de povoados arrasados e mais de mil residências destruídas, segundo informe da Corporação Nacional Florestal (Conaf).

Nas últimas semanas, o Colo-Colo abriu as portas de seu estádio para receber doações. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, cerca de sete toneladas de roupas, água e alimentos foram recebidos e enviados através de cami..

Publicado

Colo-Colo, incêndios (Foto: Diego Alvujar / Colo-Colo)Bandeira do Colo-Colo é erguida entre um dos vários incêndios florestais no Sul do Chile (Foto: Divulgação/Colo-Colo)

Assim como será para o Botafogo, o jogo da noite desta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Monumental, é o mais importante do ano para o Colo-Colo. Se perder a disputa, estará eliminado da Taça Libertadores da América e também ficará fora da Copa Sul-Americana. Ainda assim, o clube e seus torcedores dividiram o foco durante a preparação do time em prol de uma ação de solidariedade: ajudar as pessoas afetadas pelos incêndios no Sul do Chile, que já duram três semanas e deixaram cerca de três mil desabrigados, dezenas de povoados arrasados e mais de mil residências destruídas, segundo informe da Corporação Nacional Florestal (Conaf).

Nas últimas semanas, o Colo-Colo abriu as portas de seu estádio para receber doações. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, cerca de sete toneladas de roupas, água e alimentos foram recebidos e enviados através de caminhões para a cidade de Constitución, no início do mês. Até mesmo a rivalidade com a Universidad de Chile, a La U, ficou de lado durante a tragédia. As duas equipes chilenas mais populares se uniram para promover um amistoso beneficente, que só não aconteceu ainda por falta de datas devido à participação na Libertadores. A expectativa é que o jogo para levantar fundos seja em março, no Sul do país.

Colo-Colo, incêndios (Foto: Diego Alvujar / Colo-Colo)Clube abriu as portas do Estádio Monumental para receber doações nas últimas semanas (Foto: Divulgação/Colo-Colo)

– Colo-Colo e Universidad de Chile, arquirrivais, estão comprometidos com a ajuda para os prejudicados pelos incêndios no Sul do Chile. Ofereceram amistosos para arrecadação, mas também realizaram ações concretas como por exemplo: juntaram muita água, roupa, coisas para habitação em caminhões… E os próprios jogadores foram entregar pessoalmente – explicou o jornalista chileno Eugenio Salinas, da "Rádio Bio Bio" e "ESPN" em Santiago.

O GloboEsporte.com chegou a marcar uma entrevista com o presidente do Colo-Colo, Aníbal Mosa, para falar sobre o assunto, mas o dirigente não apareceu. Questionado se a preparação para a Libertadores acabou prejudicada pelo foco nos incêndios, Salinas refutou a ideia.

– Não creio (que tenha atrapalhado). Acho até que ajudou, porque toda a atenção está sobre os incêndios. Então a própria imprensa não estava preocupada com o que o Colo-Colo estava fazendo. Creio que tiveram menos pressão – opinou o repórter chileno.

Colo-Colo, incêndios (Foto: Diego Alvujar / Colo-Colo)Colo-Colo arrecadou cerca de 7 toneladas de água, alimentos e roupas para doação (Foto: Divulgação / Colo-Colo)

Outros países também se solidarizaram, entre eles Brasil e Estados Unidos, que enviaram aviões-tanque para jogar água sobre as chamas. Mais de 11 mil bombeiros voluntários, brigadistas (bombeiros florestais), militares, policiais, funcionários públicos e vizinhos combatem o fogo nas zonas afetadas, e 43 suspeitos já foram presos pela polícia chilena. Após passar por situação crítica, aos poucos a força-tarefa vai conseguindo reverter o quadro. Fevereiro começou com 118 incêndios ainda ativos, sendo 59 combatidos, 51 já controlados e oito extintos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana