conecte-se conosco


Esportes

Allana Brittes mandou mensagens para testemunhas para combinar versão do crime

Publicado

Allana Brittes e Cris Brittes arrow-options
Reprodução

Cris Brittes e Allana Brittes

A jovem Allana Brittes, filha de Edison Brittes, assassino confesso do jogador Daniel, mandou mensagens no dia seguinte ao crime para marcar um encontro com as pessoas que estavam em sua festa.

Leia também: Caso Daniel: Busca de Cris Brittes por casas de swing muda rumo da investigação

A RPC, canal de televisão paranaense, teve acesso ao celular de Lucas Mineiro, amigo de Allana Brittes . Nas mensagens, a garota insiste por um encontro com ele e outras testemunhas do caso Daniel no dia seguinte ao crime.

“Os Purkote vão sair junto com você? Que horas você volta mais ou menos, você acha? Ou que horas, tipo, que dá um ar pra gente? Que é só pra gente conversar rapidinho”, disse no Allana em uma das mensagens por áudio.

As mensagens foram trocadas na noite de 27 de outubro, dia em que o jogador Daniel foi encontrado pela manhã.

O encontro das testemunhas com Edison Brittes, marcado por Allana, aconteceu apenas  no dia 29 de outubro, em um shopping da cidade de São José dos Pinhais. Câmera de segurança flagraram a conversa.

Família Brittes combina versão da morte de Daniel com testemunhas arrow-options
Reprodução

Família Brittes combina versão da morte de Daniel com testemunhas


Quem são os acusados

Além da  família Brittes  (Edison, Cristiana e Allana), outras quatro pessoas são acusadas do crime.

O empresário Edison Brittes já confessou ter matado Daniel no mês de outubro do ano passado, alegando que jogador tentou estuprar Cristiana Brittes, sua esposa, em casa. Por outro lado, a Polícia Civil e o MP-PR (Ministério Público do Paraná) entendem que não houve tentativa de estupro.

Leia também: “Espero que você morra”! Cris Brittes buscava divórcio com Edison antes do crime

De todos os acusados, apenas Evellyn Perusso responde em liberdade. Os outros seguem detidos.

Veja quem são os réus:

Edison Brittes arrow-options
Reprodução/RPC

Caso Daniel: Edison Brittes, assassino confesso do jogador Daniel Corrêa

Edison Brittes Júnior : acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor e coação no curso do processo;
Cristiana Brittes : acusado de homicídio qualificado por motivo torpe, coação do curso de processo, fraude processual e corrupção de menor;
Allana Brittes : acusada de coação no processo, fraude processual e corrupção de adolescente;
Ygor King : acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor;
Eduardo da Silva : acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor;
David Willian da Silva : acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de menor e denunciação caluniosa;
Evellyn Brisola Perusso : acusada de denunciação caluniosa, fraude processual, corrupção de menor e falso testemunho.

Leia também: Novo capítulo do caso Daniel: definida data do interrogatório da família Brittes

A juíza do  caso Daniel  já ouviu testemunhas de acusação e defesa em outras duas fases de audiência, em fevereiro e em abril deste ano de 2019. Prestaram depoimento pessoas que estavam na festa de aniversário de Allana Brittes, na véspera do crime, e familiares do jogador e dos acusados. 

Comentários Facebook

Esportes

Caxias do Sul sediará Surdolimpíada no ano que vem

Publicado

source

O Comitê Internacional de Esportes para Surdos (ICSD) confirmou nesta semana que o Brasil será sede da edição de 2021 das Surdolimpíadas. Envolvendo 6 mil atletas de mais de 100 países em 22 modalidades, os jogos ocorrerão entre os dias 5 e 21 de dezembro do ano que vem em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha.    

Em documento divulgado na quarta-feira (26), o comitê parabenizou a Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS) e toda a equipe pelo trabalho feito para garantir que o país tenha condições de receber a competição, que será disputada pela primeira vez na América do Sul.

Em uma reunião realizada em janeiro, representantes da prefeitura local, da Universidade de Caxias do Sul, do ICSD e do Caxias Convention & Visitors Bureau definiram ações para sediar o evento esportivo.

O prefeito Flávio Cassina designou o secretário de Esportes e Lazer, Gabriel Citton, para fazer um projeto de captação de recursos financeiros junto aos governos federal e estadual. “Não podemos perder um evento dessa grandeza e de relevância na área do esporte, da inclusão social, mas que também movimenta o comércio e turismo. Temos tempo para juntos fazermos um belo trabalho”, disse Cassina, lembrando que o investimento para a realização do evento no Brasil deve passar de R$ 10 milhões.

O plano prevê competições na Vila Olímpica da universidade e em outros locais de Caxias do Sul, como o ginásio e as pistas de atletismo do Serviço Social da Indústria (Sesi), as piscinas Recreio da Juventude e os Estádios Centenário e Alfredo Jaconi. Cidades vizinhas, como Gramado, Bento Gonçalves e a capital, Porto Alegre, também poderão receber disputas esportivas ou auxiliar na acomodação das delegações das Surdolimpíadas.

Até agora, foram realizadas 23 edições dos Jogos Surdolímpicos. A primeira, conhecida na época como Jogos Internacionais em Silêncio, foi em 1924, em Paris.

Disputados de quatro em quatro anos, os jogos foram interrompidas apenas durante a segunda guerra mundial (de 1939 a 1945). A última Surdolimpíada foi realizada em 2017 e teve como sede a Turquia, com provas disputadas na cidade de Samsun.

Edição: Nádia Franco

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Argentino Martín Benítez chega ao Rio para jogar no Vasco

Publicado

source

Martín Benítez é o novo reforço vascaíno. O argentino de 25 anos desembarcou, nesta quinta-feira (25), no Aeroporto Internacional Tom Jobim, e explicou porque aceitou jogar pelo Vasco da Gama.

“Pela história que tem, pelos torcedores, porque sei que é um clube muito grande e a verdade é que estou muito contente de poder chegar ao Vasco. Sei que chego a um grande clube e sei que posso dar muito ao Vasco. Espero que eu possa dar meus 100% e estar em meu melhor nível no Vasco para ajudar a equipe e que o Vasco possa alcançar coisas e que possa estar no lugar que tem que estar”.

O meia-atacante veio emprestado por um ano para o clube carioca. Benítez é jogador do Independiente e fez parte do elenco que derrotou o Flamengo, nas finais da Copa Sul-Americana de 2017. Benítez também falou sobre a cidade que vai viver este ano. “Vim em 2016 e 2017 de férias. É um lugar muito bonito e espero que eu possa aproveitar com a família, mas sempre com responsabilidade sabendo que eu vim para jogar futebol e me entregar 100% ao Vasco”.

Com passagens pelas seleções de base da Argentina, Benítez não vivia um bom momento do Rei de Copas e espera reencontrar o bom futebol no Gigante da Colina. A previsão, feita pelo próprio jogador, é que ele possa estar disponível para Abel Braga na próxima quinta-feira (2), quando o Vasco enfrenta o ABC pela Copa do Brasil. Benítez e o conterrâneo Germán Cano foram as únicas contratações da gestão Alexandre Campello para a temporada.

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana