conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Abaixo de meta de pontuação, Grêmio precisará compensar em "sprint" final

Publicado

Botafogo Grêmio (Foto: Andre Durão)Grêmio perdeu para o Botafogo no domingo e estacionou na tabela (Foto: Andre Durão)

Uma das marcas registradas do técnico Roger Machado é a
maneira como encara o Campeonato Brasileiro. Separa a competição em grupos de
cinco jogos, que formam um bloco, para tentar projetar pontuações e o que pode
ser feito ao longo das 38 rodadas. Segundo o técnico, o ideal é completar cada
etapa com aproveitamento na casa dos 60% para o time se manter na parte de cima
da tabela. Neste ano, o Grêmio esteve abaixo deste percentual por duas vezes e
precisará, mantendo o seu padrão até o momento, de um “sprint” final se quiser seguir vivo na briga pelo título.

LEIA MAIS
> Direção quer evitar “desconcentração”> Grêmio tem números de Z-4 em seis jogos> Grêmio quer contar com Grohe e Geromel

Roger contabiliza seis grupos de cinco jogos (30 rodadas), enquanto as últimas oito partidas serão reservadas justamente para o “sprint” final. Atualmente, o Grêmio vai para o terceiro jogo do penúltimo bloco (entre a 21ª e a 25ª rodada). Empatou com o Atlético-MG e perdeu para o Botafogo. Completará a série com jogos com Coritiba, fora, Palmeiras, na Arena, e Ponte Preta, fora.  

O Tricolor precisará se superar longe da Arena, onde não ganha há mais de dois meses, para manter o padrão que tem feito nos últimos blocos. Até o momento, o quadro é o seguinte: no primeiro bloco, 66,6%; no segundo, 53,3%; no terceiro, 60%; no quarto, 53,3% (veja na tabela).

tabela, Grêmio, jogos, sprint, blocos (Foto: Reprodução)

Para chegar aos 66% de aproveitamento no quinto bloco, melhor cenário possível, o Grêmio precisa ganhar as próximas três partidas. Com duas vitórias e um empate, chega a 53,3%. Dois triunfos e uma derrota resultam em 46,6%.

Em uma análise hipotética e otimista feita pelo GloboEsporte.com dentro do comportamento da equipe ao longo da competição, o time de Roger Machado somaria mais sete pontos no quinto bloco ? vitórias sobre Coritiba e Palmeiras e empate com a Ponte. Na sequência, entende-se que possa triunfar em casa contra Fluminense, Chapecoense e Atlético-PR e somar pelo menos mais um ponto fora, diante de Cruzeiro e Vitória. Assim, chegaria na 30ª rodada com 53 pontos.

Aí entra o momento da arrancada citado por Roger, e o parâmetro passa a ser o Palmeiras, com 65% de aproveitamento atualmente. Se manter o desempenho, o Verdão terá 74 pontos ao final da competição. Para chegar a 75, o Grêmio necessitaria de 20 dos últimos 24 pontos, um aproveitamento de 83%. 

– Tudo ainda muito embolado, claro que Brasileiro é muito difícil, ainda mais no segundo turno. Mas, enquanto tiver chance de poder sonhar, vamos sonhar. Não estamos jogando conversinha. Temos um jogo importantíssimo fora de casa e depois pegamos um concorrente direto em casa. Tem que ser o pensamento nosso – destacou o lateral Edílson. 

Roger Machado Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)Roger Machado trabalha com blocos de cinco jogos (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

A projeção do GloboEsporte.com leva em conta bons resultados nas próximas rodadas, claro. Algo que não vem acontecendo nas últimas seis partidas, quando o Grêmio atingiu rendimento de Z-4 e teve queda na tabela. Mas os números estão dentro do que vem acontecendo nos blocos anteriores. Nenhum abaixo de 50% de aproveitamento, por exemplo. 

Os gremistas também podem pegar a calculadora para analisar as chances de vaga na Libertadores. Se o Corinthians, quarto colocado, mantiver o aproveitamento de 56,1%, chegará ao final da competição com 63 pontos. Com o rendimento médio nos próximos blocos, o Tricolor poderia chegar aos 51 pontos antes do “sprint”. Aí precisaria fazer 13 pontos em 24 para superar o Timão e se consolidar no G-4. O Atlético-MG, dono de uma hipotética vaga direta para a competição continental, mantendo os 59,1% atuais, estaria com 67. 

– Faltam 15 rodadas e a gente entende que pode recuperar o
bom futebol para brigar pelo topo da tabela – garante o vice de futebol
Alberto Guerra.

Já em Curitiba, onde joga na quarta, o Grêmio faz um treino antes de enfrentar o Coritiba. Marcelo Grohe e Pedro Geromel devem ser reforços. Chegarão na capital paranaense no dia do jogo e passarão por uma avaliação antes de entrarem em campo.

Confira todas as notícias do esporte gaúcho em www.globoesporte.com/rs

Comentários Facebook

+ Esportes

Quarta de Brasil x Argentina, Copa do Brasil, Libertadores e mais no SporTV

Campeonato FrancêsCopa do BrasilPrimeira LigaFutebol de areiaSul-Americano Sub-20LibertadoresA quarta-feira no Canal Campeão está movimentada com muita ação nos gramados do Brasil e do exterior. O dia tem Copa do Brasil, Primeira Liga, Libertadores, Campeonato Francês e Sul-Americano Sub-20. Internacional e Fluminense duelam às 19h30 (de Brasília). O Corinthians encara a Caldense, às 21h45. O Atlético-PR pega o Millonarios, da Colômbia, no mesmo horário, enquanto a seleção brasileira sub-20 enfrenta a Argentina, às 23h30. Confira a programação completa abaixo.

O “Redação SporTV” começa às 10h, dando vez ao “É Gol!!!” ao
meio-dia. O “Seleção SporTV” chega às 13h. O “Tá na Área” é às 17h. O “Troca de
Passes” analisa tudo que rolou nos gramados às 23h45. No SporTV2, o “Giro
SporTV” é destaque ao meio-dia, enquanto o “Planeta SporTV” começa às 16h, e o “SporTV
News”, às 23h45.

01Campeonato Francês

Em terceiro lugar na tabela, o Nice encara o Saint-Ettiene
pela 24ª rodada do Francês, à..

Publicado

  1. Campeonato Francês
  2. Copa do Brasil
  3. Primeira Liga
  4. Futebol de areia
  5. Sul-Americano Sub-20
  6. Libertadores

A quarta-feira no Canal Campeão está movimentada com muita ação nos gramados do Brasil e do exterior. O dia tem Copa do Brasil, Primeira Liga, Libertadores, Campeonato Francês e Sul-Americano Sub-20. Internacional e Fluminense duelam às 19h30 (de Brasília). O Corinthians encara a Caldense, às 21h45. O Atlético-PR pega o Millonarios, da Colômbia, no mesmo horário, enquanto a seleção brasileira sub-20 enfrenta a Argentina, às 23h30. Confira a programação completa abaixo.

O “Redação SporTV” começa às 10h, dando vez ao “É Gol!!!” ao
meio-dia. O “Seleção SporTV” chega às 13h. O “Tá na Área” é às 17h. O “Troca de
Passes”
analisa tudo que rolou nos gramados às 23h45. No SporTV2, o “Giro
SporTV” é destaque ao meio-dia, enquanto o “Planeta SporTV” começa às 16h, e o “SporTV
News”
, às 23h45.

01

Campeonato Francês

Em terceiro lugar na tabela, o Nice encara o Saint-Ettiene
pela 24ª rodada do Francês, às 16h, no SporTV3, na voz de Daniel Pereira e
análise de Carlos Eduardo Lino. O jogo acontece no Allianz Riviera – a equipe
do litoral francês tem 49 pontos, três a menos que o líder Monaco.

02

Copa do Brasil

Vitória da Conquista e Coritiba se encaram pela primeira
fase da Copa do Brasil, às 19h15, no estádio Lomanto Júnior. A narração é de
Thiago Mastroianni, com análise de Gustavo Castelucci. Confira o duelo no
SporTV2.

Jô, primeiro gol, Corinthians x São Bento (Foto: Marcos Ribolli)Corinthians encara a Caldense (Foto: Marcos Ribolli)

No mesmo canal, o Corinthians encara a Caldense, às 21h45,
com narração de Jota Jr e comentários de Wagner Vilaron. A partida rola no
estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG).

01

Primeira Liga

O Internacional encara o Fluminense pela Copa da Primeira
Liga, no SporTV, às 19h30, na narração de Luiz Carlos Jr e análise de Ricardo
Rocha. O jogo é válido pela 2ª rodada do Grupo A, no Beira-Rio, em Porto Alegre
(RS).

01

Futebol de areia

Brasil e Peru duelam pelas eliminatórias da Copa do Mundo de
futebol de areia, às 20h30, no SporTV3, direto do Paraguai. A narração é de
Clayton Carvalho, ao lado do comentarista Robertinho.

01

Sul-Americano Sub-20

A seleção brasileira sub-20 encara a Argentina pela fase
final da competição, que acontece no Equador. O duelo acontece às 23h30, no
SporTV3, na narração de Guto Nejaim e comentários de André Loffredo. Mais cedo,
Uruguai e Venezuela entram em campo a partir das 21h30.

01

Libertadores

Fique ligado no duelo de volta entre Millonarios, da
Colômbia, e Atlético-PR, às 21h45, no SporTV, na voz de Linhares Jr e análise
de Maurício Noriega. O jogo é válido pela segunda fase – o Furacão venceu a
primeira partida por 1 a 0, na Arena da Baixada.

Comentários Facebook
Continue lendo

+ Esportes

Rival do Bota, Colo-Colo trava batalha além da Libertadores para salvar vidas

Bandeira do Colo-Colo é erguida entre um dos vários incêndios florestais no Sul do Chile (Foto: Divulgação/Colo-Colo)Assim como será para o Botafogo, o jogo da noite desta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Monumental, é o mais importante do ano para o Colo-Colo. Se perder a disputa, estará eliminado da Taça Libertadores da América e também ficará fora da Copa Sul-Americana. Ainda assim, o clube e seus torcedores dividiram o foco durante a preparação do time em prol de uma ação de solidariedade: ajudar as pessoas afetadas pelos incêndios no Sul do Chile, que já duram três semanas e deixaram cerca de três mil desabrigados, dezenas de povoados arrasados e mais de mil residências destruídas, segundo informe da Corporação Nacional Florestal (Conaf).

Nas últimas semanas, o Colo-Colo abriu as portas de seu estádio para receber doações. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, cerca de sete toneladas de roupas, água e alimentos foram recebidos e enviados através de cami..

Publicado

Colo-Colo, incêndios (Foto: Diego Alvujar / Colo-Colo)Bandeira do Colo-Colo é erguida entre um dos vários incêndios florestais no Sul do Chile (Foto: Divulgação/Colo-Colo)

Assim como será para o Botafogo, o jogo da noite desta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Monumental, é o mais importante do ano para o Colo-Colo. Se perder a disputa, estará eliminado da Taça Libertadores da América e também ficará fora da Copa Sul-Americana. Ainda assim, o clube e seus torcedores dividiram o foco durante a preparação do time em prol de uma ação de solidariedade: ajudar as pessoas afetadas pelos incêndios no Sul do Chile, que já duram três semanas e deixaram cerca de três mil desabrigados, dezenas de povoados arrasados e mais de mil residências destruídas, segundo informe da Corporação Nacional Florestal (Conaf).

Nas últimas semanas, o Colo-Colo abriu as portas de seu estádio para receber doações. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, cerca de sete toneladas de roupas, água e alimentos foram recebidos e enviados através de caminhões para a cidade de Constitución, no início do mês. Até mesmo a rivalidade com a Universidad de Chile, a La U, ficou de lado durante a tragédia. As duas equipes chilenas mais populares se uniram para promover um amistoso beneficente, que só não aconteceu ainda por falta de datas devido à participação na Libertadores. A expectativa é que o jogo para levantar fundos seja em março, no Sul do país.

Colo-Colo, incêndios (Foto: Diego Alvujar / Colo-Colo)Clube abriu as portas do Estádio Monumental para receber doações nas últimas semanas (Foto: Divulgação/Colo-Colo)

– Colo-Colo e Universidad de Chile, arquirrivais, estão comprometidos com a ajuda para os prejudicados pelos incêndios no Sul do Chile. Ofereceram amistosos para arrecadação, mas também realizaram ações concretas como por exemplo: juntaram muita água, roupa, coisas para habitação em caminhões… E os próprios jogadores foram entregar pessoalmente – explicou o jornalista chileno Eugenio Salinas, da "Rádio Bio Bio" e "ESPN" em Santiago.

O GloboEsporte.com chegou a marcar uma entrevista com o presidente do Colo-Colo, Aníbal Mosa, para falar sobre o assunto, mas o dirigente não apareceu. Questionado se a preparação para a Libertadores acabou prejudicada pelo foco nos incêndios, Salinas refutou a ideia.

– Não creio (que tenha atrapalhado). Acho até que ajudou, porque toda a atenção está sobre os incêndios. Então a própria imprensa não estava preocupada com o que o Colo-Colo estava fazendo. Creio que tiveram menos pressão – opinou o repórter chileno.

Colo-Colo, incêndios (Foto: Diego Alvujar / Colo-Colo)Colo-Colo arrecadou cerca de 7 toneladas de água, alimentos e roupas para doação (Foto: Divulgação / Colo-Colo)

Outros países também se solidarizaram, entre eles Brasil e Estados Unidos, que enviaram aviões-tanque para jogar água sobre as chamas. Mais de 11 mil bombeiros voluntários, brigadistas (bombeiros florestais), militares, policiais, funcionários públicos e vizinhos combatem o fogo nas zonas afetadas, e 43 suspeitos já foram presos pela polícia chilena. Após passar por situação crítica, aos poucos a força-tarefa vai conseguindo reverter o quadro. Fevereiro começou com 118 incêndios ainda ativos, sendo 59 combatidos, 51 já controlados e oito extintos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana