conecte-se conosco


Destaque

A musculação na 3ª idade é benéfica à saúde

Publicado

Outro dia, conversando com um amigo, campeão de fisiculturismo, comentou que as pessoas idosas podem fazer musculação, pois é uma atividade que traz muitos benefícios a essas pessoas. Fiquei pensando….será? Como pode uma pessoa acima dos 60 anos começar a fazer musculação? Ela vai se machucar com os movimentos.

Fui buscar explicação para a conversa desse meu amigo, e não é que realmente a musculação traz benefícios as pessoas da terceira idade! E quem explica isso é o  Maycon Leandro Moesch, bacharel em educação física há oito anos, proprietário da Academia Boston Fitnes.

“A musculação na terceira idade, melhora a força e a flexibilidade: isto é importante para manter o idoso seguro em suas atividades diárias, tornando-o menos vulnerável a quedas, uma das maiores preocupações das pessoas na terceira idade e que, muitas vezes, levam o idoso a não sair de casa, resultando em seu isolamento.Aumenta a densidade óssea: a musculação na terceira idade pode ajudar a proteger o corpo contra a osteoporose, uma doença na qual os ossos se tornam frágeis e mais suscetíveis às fraturas.Reduz a gordura corporal: além de uma dieta saudável, a musculação na terceira idade é importante para a manutenção do peso. Este tipo de exercício, diferente de modalidades aeróbicas, é de baixo impacto, e isso reduz as chances das lesões e das fraturas. Diminuidor articular: pesquisas demonstram que a musculação na terceira idade pode contribuir para a redução de dores das articulações, como coluna, ombros e joelhos.Melhora a postura corporal: ao treinar a musculação na terceira idade, pode-se perceber uma melhora na postura, já que com o avanço da idade, o sistema muscular esquelético vai perdendo a sua tonicidade.Reduz os sintomas de doenças crônicas: a musculação na terceira idade pode ajudar a reduzir os sintomas de depressão, doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e distúrbios do sono. Isso porque aumenta os níveis de serotonina do corpo e melhora a frequência cardíaca e a pressão arterial e melhora a autoestima: melhorar a sua força e seu físico podem contribuir para que o idoso tenha mais confiança no seu dia a dia, o que influencia em uma melhor qualidade de vida e em uma melhora em sua autoestima.

Quanto aos cuidados que as pessoas idosas devem tomar ao iniciar a musculação, ele alerta que começar musculação é uma tarefa para poucos, afinal de contas, entrar em uma academia requer compromisso, dedicação e esforço. “Se você faz parte dos iniciantes, siga algumas dicas para conseguir manter a empreitada com sucesso.Os especialistas indicam aos iniciantes da musculação que comecem os exercícios com treinos leves e fáceis, para não prejudicar um futuro rendimento, nem o próprio corpo. O importante é focar primeiro na execução dos exercícios e não no resultado final na academia. Por isso, se o objetivo dos treinos é aumentar os músculos (hipertrofia muscular), vá aumentando gradativamente a intensidade dos exercícios e os pesos nos aparelhos.No começo da academia, procure pela ajuda de um professor que esteja sempre à sua disposição. Além de tirar dúvidas, um acompanhamento profissional durante a musculação ajuda a chegar melhor nos resultados, executar melhor os exercícios, evitar movimentos errados que possam ocasionar lesões e, também, a ver os próprios limites do corpo”.

Procurar a academia parece ser um dos pontos menos importantes para os iniciantes da musculação, mas só parece. Buscar por um local que tenha os equipamentos necessários para o seu objetivo e que tenha uma proximidade com o local de trabalho, ou residência também faz a diferença. Separar um horário da rotina para dedicá-lo à malhação também influencia no desempenho nos treinos.

Maycon lembra que a academia e a preguiça não combinam. Por isso, se for para entrar de cabeça na musculação, reserve um tempo no seu dia exclusivo para os exercícios e o torne parte da sua rotina. “Entrar na academia só para criar coragem, não trará efeitos, muito menos fazer uma horinha por semana. Se quiser ver resultados, terá que pegar pesado nos aparelhos. Essa dúvida permeia não só a cabeça de iniciantes, mas também de muitos outros praticantes de longa data. O aquecimento é um momento que é desconsiderado em treinos. Há quem faça aquecimentos com exercícios cardiorrespiratórios, e há também aqueles que aquecem com os próprios aparelhos de musculação, não contabilizando os movimentos com suas séries”, diz o professor.

Quanto a idade para fazer exercício de musculação, ele lembra não há idade máxima para não se praticar musculação desde que sempre bem orientadas buscando o objetivo do aluno sejam elas para, busca de força, resistência, hipertrofia, equilíbrio, fortalecimento, melhora da capacidade aeróbica e outros.

Então está aí minha dica de saúde para as pessoas da terceira idade, pratique musculação e tenha melhor qualidade de vida!

Agora, quero ver todo mundo malhando, sem colocar a culpa na idade hein!

Fonte: Elaine Sampaio

Comentários Facebook

Destaque

SÉRIE B: Cuiabá vence o CRB-AL fora de casa a avança na tabela

Publicado

Foto: Assessoria

O Cuiabá conseguiu mais um ótimo resultado fora de casa pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O Dourado venceu na noite deste sábado (7)o CRB-AL por 1 a 0 no estádio Rei Pelé, e se reaproximou da competição.

O gol da vitória dos mato-grossenses foi anotado no segundo tempo por Felipe Alves.

O resultado coloca o dourado na décima posição com 20 pontos.

Na próxima rodada, o Cuiabá recebe o São Bento-SP na Arena Pantanal no sábado (10).

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Estadual de tênis começa nesta terça-feira em Cuiabá

Publicado

O público tem acesso gratuito para assistir as partidas da Copa Borges

Foto: Assessoria

A 5ª edição da Copa Borges Veículos Open de Tênis começará nesta terça-feira (25), válida pela 6ª etapa do Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso, e findará com as finais no domingo (30.06), no Cuiabá Tênis Clube, em Cuiabá-MT. E três meninas disputam a liderança do ranking mato-grossense na segunda Classe Feminina: Lara Bela Santos, Anna Laura França e Carolina de Campos.

“A Lara Bela tem treinado para aperfeiçoar as transições de fundo para dentro da quadra junto com variações de jogadas. Temos dado ênfase à movimentação e ao jogo de pernas. A Copa Borges é importante e servirá para avaliarmos o desempenho dela. Temos a expectativa de bons resultados devido as muitas horas de trabalho tático”, disse o professor de tênis, Livas Tarcilio Damazio.

Lara Bela Santos, de 14 anos, disputou quatro dos cinco torneios já realizados do Circuito Estadual de Tênis de 2019, foi campeã num deles e vice-campeã em outros dois. Ela lidera o ranking estadual com 500 pontos, seguido por Anna Laura França, de 12 anos, com 350 pontos e participação em três torneios e por Carolina de Campos, de 12 anos, com 180 pontos e participação em um torneio.

“Intensifiquei os treinamentos diários e tenho me fortalecido mentalmente. Me sinto confiante devido a regularidade de treinos e por causa disso espero ter um bom resultado no torneio. E, atualmente, estou dedicada ao aperfeiçoamento do saque e das bolas de ataque”, comentou a tenista da 2ª Classe Feminina, Anna Laura França, de 12 anos de idade.

A Copa Borges é considerada um dos maiores torneios de MT por dois motivos: detém os recordes de quantidade de inscrições de tenistas em torneios estaduais (313 inscrições em 2017 e 393 inscrições em 2018) e detém a terceira e quarta posição em maior premiação em dinheiro (R$ 9.000,00 em 2018 e R$ 14.000,00 em 2019). E, além disso, sempre reúne bom público para prestigiar as partidas.

“O Circuito Estadual está no auge. Tem mais torneios que anos anteriores, maior participação de tenistas, mais público, mais cidades-sede e etapas com maior premiação. E teremos outros dois grandes torneios já no próximo mês, o Bruna Paes Open, de 11 a 14 de julho, no Caiçara Tênis Clube, em Rondonópolis, e a Casa Prado Open, de 23 a 28 de julho, no Cuiabá Tênis Clube”, menciona o presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa.

O Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso conta com dezesseis torneios em 2019, um aumento de 60% na comparação de 2019 com 2015 (ano marco), sendo seis deles promovidos no primeiro semestre deste ano e outros dez no segundo semestre. E circula por sete cidades do estado: Cuiabá, Sinop, Sorriso, Rondonópolis, Alto Araguaia, Primavera do Leste e Lucas do Rio Verde.

Serviço

O Cuiabá Tênis Clube está localizado na rua Trinidade e Tobago, n° 375, no bairro Coxipó da Ponte, entrada pela Avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá. E mais informações podem ser obtidas pelo telefone (65)99925-5536 e ou pelo site www.tenisintegrado.com.br da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT).

Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana