conecte-se conosco


Destaque

Você sabe amarrar o cadarço do tênis? Conheça esta e outras curiosidades

Publicado

Você sabe usar todos os furos do tênis na amarração do cadarço? E você tem ideia do que significa o desgaste maior de um lado do que de outro na sola? Os tênis de corrida têm curiosidades interessantes que valem a pena ser conhecidas.

 Você sabe escolher o tênis certo? Veja
dicas e evite lesões durante a corrida 

Seu tênis tem maior desgaste na parte de fora
A afirmação acima é verdadeira para a grande maioria dos corredores e não tem muita relação com o tipo de pisada. Você pode ter uma pisada para dentro (pronada) e ainda assim gastar mais o tênis na parte de fora. Isso acontece porque, na biomecânica normal da corrida, o pé toca o chão primeiramente com a região lateral, e é esse o momento de maior impacto e desgaste para o tênis. Então não se preocupe muito com essa assimetria da sola. Muito provavelmente ela é normal.

Usando todos os furos para o cadarço Sabe o último furo do tênis, aquele que fica mais próximo ao tornozelo? Ele é pouco usado, mas muito útil. Passando o cadarço por ali o tênis fica firme no pé, mesmo que esteja um pouco grande na parte da frente. A amarração é simples, mas é complicado explicá-la com palavras. Portanto procure vídeos da internet sobre o assunto e mantenha o tênis bem ajustado no pé.

           Impacto, tênis, fortalecimento: confira as novidades do universo da corrida

Como saber se é um modelo para pisada pronada, supinada ou neutra? Tênis para pisada pronada costumam ter uma estrutura mais rígida na parte interna, muitas vezes de uma cor distinta do restante (cinza, por exemplo). Algumas marcas também escrevem nesses tipos de tênis palavras com menção a “suporte” (como por exemplo, “dinamic support”).

Os calçados para pisada supinada são comumente comercializados como os de pisada neutra. Neles você não encontrará estruturas diferentes na parte interna ou externa.

Tênis com prazo de validade? Você deve aposentar o tênis após 500 km? Ou 600 km? Na verdade não existe embasamento científico forte para essa ideia de que o calçado deve ser trocado após certa quilometragem. Minha sugestão é trocar o tênis quando você julgar que ele está velho e pronto. Uma dica é se basear pelas ranhuras da sola: se seu tênis estiver muito careca, pode ser a hora de deixá-lo de lado.

          Tênis para todos os gostos: conheça os tipos diferentes para cada ocasião

Ter mais de um par é legal
Uma pesquisa mostrou que corredores que alternavam entre tênis diferentes se machucavam menos. Os calçados tinham que diferir entre um dos seguintes fatores: marca, modelo ou estilo. Sendo assim, com dois tênis diferentes você pode reduzir o risco de se machucar.

*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com

Comentários Facebook

Destaque

SÉRIE B: Cuiabá vence o CRB-AL fora de casa a avança na tabela

Publicado

Foto: Assessoria

O Cuiabá conseguiu mais um ótimo resultado fora de casa pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O Dourado venceu na noite deste sábado (7)o CRB-AL por 1 a 0 no estádio Rei Pelé, e se reaproximou da competição.

O gol da vitória dos mato-grossenses foi anotado no segundo tempo por Felipe Alves.

O resultado coloca o dourado na décima posição com 20 pontos.

Na próxima rodada, o Cuiabá recebe o São Bento-SP na Arena Pantanal no sábado (10).

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Estadual de tênis começa nesta terça-feira em Cuiabá

Publicado

O público tem acesso gratuito para assistir as partidas da Copa Borges

Foto: Assessoria

A 5ª edição da Copa Borges Veículos Open de Tênis começará nesta terça-feira (25), válida pela 6ª etapa do Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso, e findará com as finais no domingo (30.06), no Cuiabá Tênis Clube, em Cuiabá-MT. E três meninas disputam a liderança do ranking mato-grossense na segunda Classe Feminina: Lara Bela Santos, Anna Laura França e Carolina de Campos.

“A Lara Bela tem treinado para aperfeiçoar as transições de fundo para dentro da quadra junto com variações de jogadas. Temos dado ênfase à movimentação e ao jogo de pernas. A Copa Borges é importante e servirá para avaliarmos o desempenho dela. Temos a expectativa de bons resultados devido as muitas horas de trabalho tático”, disse o professor de tênis, Livas Tarcilio Damazio.

Lara Bela Santos, de 14 anos, disputou quatro dos cinco torneios já realizados do Circuito Estadual de Tênis de 2019, foi campeã num deles e vice-campeã em outros dois. Ela lidera o ranking estadual com 500 pontos, seguido por Anna Laura França, de 12 anos, com 350 pontos e participação em três torneios e por Carolina de Campos, de 12 anos, com 180 pontos e participação em um torneio.

“Intensifiquei os treinamentos diários e tenho me fortalecido mentalmente. Me sinto confiante devido a regularidade de treinos e por causa disso espero ter um bom resultado no torneio. E, atualmente, estou dedicada ao aperfeiçoamento do saque e das bolas de ataque”, comentou a tenista da 2ª Classe Feminina, Anna Laura França, de 12 anos de idade.

A Copa Borges é considerada um dos maiores torneios de MT por dois motivos: detém os recordes de quantidade de inscrições de tenistas em torneios estaduais (313 inscrições em 2017 e 393 inscrições em 2018) e detém a terceira e quarta posição em maior premiação em dinheiro (R$ 9.000,00 em 2018 e R$ 14.000,00 em 2019). E, além disso, sempre reúne bom público para prestigiar as partidas.

“O Circuito Estadual está no auge. Tem mais torneios que anos anteriores, maior participação de tenistas, mais público, mais cidades-sede e etapas com maior premiação. E teremos outros dois grandes torneios já no próximo mês, o Bruna Paes Open, de 11 a 14 de julho, no Caiçara Tênis Clube, em Rondonópolis, e a Casa Prado Open, de 23 a 28 de julho, no Cuiabá Tênis Clube”, menciona o presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa.

O Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso conta com dezesseis torneios em 2019, um aumento de 60% na comparação de 2019 com 2015 (ano marco), sendo seis deles promovidos no primeiro semestre deste ano e outros dez no segundo semestre. E circula por sete cidades do estado: Cuiabá, Sinop, Sorriso, Rondonópolis, Alto Araguaia, Primavera do Leste e Lucas do Rio Verde.

Serviço

O Cuiabá Tênis Clube está localizado na rua Trinidade e Tobago, n° 375, no bairro Coxipó da Ponte, entrada pela Avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá. E mais informações podem ser obtidas pelo telefone (65)99925-5536 e ou pelo site www.tenisintegrado.com.br da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT).

Comentários Facebook
Continue lendo

Ouça Agora

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana