conecte-se conosco


Atletismo

36° edição da Corrida de Reis conta com participação de 170 Policiais Penais

Publicado

Foto: Assessoria

170 Policias Penais de Mato Grosso participaram da 36° edição da Corrida de Reis representando o Sistema Penitenciário. A Corrida de Reis é a maior prova de rua do Centro-Oeste brasileiro e a edição de 2020 foi realizada no domingo (12), com largada na Ponte Nova, passando pela Orla do Porto, Avenida Miguel Sutil e término na Arena Pantanal.

E a Policial Penal, Gislaine Ferreira de Souza foi uma das vinte primeiras mulheres a chegarem à largada final. Gislaine correu na classificação geral, na qual saiu na ultima largada e mesmo assim conseguiu se destacar. Para ela a satisfação é pessoal. “Conquistar um lugar que muitos almejam e poucos conquistam e eu consegui isso é uma satisfação muito grande, ainda mais em saber que no ano que vem eu possa estar na posição de elite”.

Corrida de Reis

Como já é tradição na corrida de Reis o Sindspen disponibiliza aos sindicalizados que se dispõe a participar do desafio uma linda camiseta personalizada. Esse ano não foi diferente porém, a camiseta ganhou um destaque a mais, o brasão de Polícia Penal imprimindo na lembrança uma importante conquista para toda a categoria.

O vice-presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários, Gilciney Mendes Gomes participou e concluiu o trajeto e se revelou grato a seus companheiros. “Poder participar da Corrida de Reis é gratificante ainda mais por ter ao lado os nossos colegas, inclusive quero parabenizar a todos que se dispuseram a participar desse movimento que visa saúde e bem estar, além de alegria”.

Corrida de Reis

No Sistema Penitenciário de Mato Grosso há um servidor que sempre se destaca nas corridas de rua inclusive na Corrida de Reis, nos últimos anos ele conseguiu ficar entre os 50 primeiros atletas que chegaram. Porém esse ano Gletson Ferreira da Silva teve uma lesão, o que não foi empecilho para ele concluir a corrida. “Houve um momento que eu diminuí muito a velocidade, passei mal de dor e por esse motivo acredito que não tenha conseguido uma boa classificação”.

Aposentado vira tradição

Os servidores do Sistema Penitenciário se encantaram com a desenvoltura e dedicação do aposentado Cedil Pereira, 94 anos, que participa da Corrida de Reis pela 23° edição. Cedil já se tornou tradição nessa corrida e este ano ele foi presenteado pelos Policias Penais com uma camiseta da categoria.

“O senhor Cedil é um exemplo a ser seguido por todos nós”, disse o deputado João Batista que esteve presente no evento.

Corrida de Reis

“Nós preparamos tudo com a melhor intenção, teve tenda com frutas, águas e também um instrutor para orientar os nossos atletas, para nós não precisa ter a melhor classificação, o que importa é o esporte, a emoção e a alegria deles participaram de uma corrida como esta”, disse a presidente em substituição do Sindspen, Jacira Maria.

Além dos 170 atletas estiveram presente prestigiando o evento os diretores do Sindspen, Antonio Júlio Rodrigues, Arthur Rodrigues, Josi Muniz, Jorge Moraes e Maria Elena Machado.

Comentários Facebook

Atletismo

Atleta de Barra do Garças vai representar o Brasil em torneio no Canadá

Publicado

O atleta de Barra do Garças, Lucas Pinho Leite, de 17 anos, viaja daqui a pouco, às 23 horas para São Paulo. O jovem vai se apresentar à Seleção Brasileira de Atletismo, que irá para o Canadá, na cidade de Victoria.

Ele irá representar o Brasil no Pan-Americano de Cross Country. Lucas Pinho é atleta da Barra do Garças Associação de Atletismo e a informação foi passada por seu treinador, o professor Sivirino Santos. A competição será realizada no próximo sábado, dia 29 de fevereiro.

O currículo de Lucas é excelente, principalmente pela pouca idade dele. Já foi Bi-Campeão Sul-Americano de Escolares em Assunção, no Paraguai; Bi-Campeão Sul-Americano sub-18, no Chile; Campeão Sul-Americano sub-20, na Colômbia. Além disso conquistou o 10º nos Jogos Olímpicos da Juventude na Argentina e ainda foi quinto colocado no Campeonato Pan-Americano de Atletismo sub-20 na Costa Rica.

Para conseguir a viagem, a equipe rendeu rifa na cidade, que contou com o apoio de inúmeros parceiros para conseguir realizar o sonho do jovem para disputar a seletiva em Serra, no Espírito Santo, em janeiro e assim, Lucas Pinho venceu a categoria sub-20 e agora, convocado pela seleção brasileira, vai representar toda a nação nesta importante competição. Boa sorte ao atleta!

Comentários Facebook
Continue lendo

Atletismo

Secel busca incluir COT UFMT em políticas públicas de incentivo ao esporte

Publicado

Com uma pista de atletismo de padrão internacional, o Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (COT UFMT) foi entregue pelo Governo do Estado há menos de um mês e, como era de se esperar, já traz boas expectativas para o desenvolvimento do esporte mato-grossense.

O investimento do Governo do Estado no complexo esportivo – remanescente da Copa do Mundo de 2014 e concluída pela atual gestão – foi de R$ 17,1 milhões.  Além da pista de atletismo, o COT UFMT possui um campo de futebol e uma arquibancada com capacidade para receber até 1.500 pessoas. O equipamento é composto ainda por vestiários climatizados – com espaços para aquecimento dos atletas, comissão técnica e apoio médico, banheiros, auditório e salas para aula e suporte às atividades.

Para garantir que o complexo esportivo faça parte de políticas públicas de melhorias do cenário esportivo em Mato Grosso, a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) busca formas de contribuir com a gestão do espaço que hoje é feita pelo Departamento de Educação Física da UFMT.

“O COT conta com a estrutura adequada para a formação e consolidação de várias modalidades esportivas, especialmente do atletismo. Cabe à Secel ajudar a encontrar formas de que esse investimento público ajude a fortalecer o esporte de rendimento melhorando os resultados de nossos atletas e paratletas, a promover eventos esportivos e a fomentar o esporte educacional”, esclarece o secretário da Secel, Allan Kardec.

Veja Mais:  Samu realiza atualização para servidores que atuam no trânsito

Atualmente, o termo de uso da pista prevê sua utilização por atletas federados a um clube mato-grossense e que esteja classificado até a 20ª colocação no ranking Centro-Oeste de Atletismo. Também é necessário que o clube informe antecipadamente os nomes dos atletas e o cronograma de treinos contendo dias e horários à Faculdade de Educação Física da instituição federal.

Dentre as normas de utilização foram ainda determinadas condições que visam a preservação da pista, como uso de calçados apropriados para a prática de atletismo, limitações de exercícios com sapatilhas, rodízio diário das raias e necessidade de acompanhamento técnico durante os treinos.

De acordo com o secretário adjunto de Esportes e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, há tratativas em andamento com a UFMT e com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), pasta responsável pela retomada da obra, para definições sobre o papel do Estado no gerenciamento das atividades no local.

“Estamos em fase de diálogo, ajustando as determinações para atender melhor a comunidade esportiva. Entendemos que o investimento feito pelo Estado precisa retornar para a população, nesse caso, facilitando e assegurando o direito aos benefícios trazidos pelo esporte”,  relata Jefferson.

Enquanto aguarda as decisões conjuntas, a atuação da Secel obteve junto à UFMT algumas liberações para treinamento no espaço, como a do atleta paralímpico Joenil Rosa de Barros. Ele utiliza a pista do COT UFMT para treinamento às terças, quartas e quintas-feiras e, segundo ele, a estrutura é fundamental para os resultados em esportes de alto rendimento.

Veja Mais:  Governo anuncia que salário será pago a partir deste mês em parcela única no dia 10

Joenil Barros – tricampeão no Circuito Brasil de Atletismo realizado no início do mês

“Treinar ali melhorou 100% no meu rendimento pelo fato de treinar em uma excelente pista e quando chego em uma competição consigo competir de igual com os outros atletas”, avalia Joenil. Competindo em cadeira de rodas, o paratleta foi recentemente campeão nas provas de 100, 200 e 400m na Etapa Rio-Sul do Circuito Brasil Loterias Caixa organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Além das liberações específicas, a equipe da Secel considera importante que os atletas com registros na Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt)  possam utilizar o complexo esportivo para treinos. “Sabemos que é um anseio dos atletas mato-grossenses, afinal treinos em centros de excelência são fundamentais para garantir bons resultados em competições. Partindo do princípio de que as normas para preservar a pista e todo o patrimônio serão seguidas, queremos que o COT UFMT cumpra sua missão de propiciar condições para o desenvolvimento de talentos e do esporte em geral”, finaliza o adjunto da Secel.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Esporte Amador

Estadual

Mais Esportes

Mais Lidas da Semana